PRINCIPAIS MENSAGENS RESPONSÁVEIS DO MESSIAS AINDA NÃO TER VOLTADO

“E este evangelho do Reino será pregado em todo o mundo habitado, como testemunho a todas as nações, e então chegará o fim” Mt 24. 14.

Gente, tenho dito em meus Conteúdos Doutrinários, os apóstolos evangelizaram a Europa Ásia e África, não foram além? Ou seja, não evangelizaram a Oceania e nem as Américas, razão de o Messias não ter voltado nos dias apostólicos.

Visto que é a pregação do Evangelho do Reino que, determina a vinda do Messias, que a Europa Ásia e África foram evangelizadas no primeiro século, também nos tempos inquisitórios, estamos no século 21, também as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Chegaram na Oceania, se espalharam pelas Américas, e o Messias ainda não voltou, o que está impedindo a sua Volta? São as mensagens dos Mandamentos da lei de Deus incompletos que, estão sendo pregadas é óbvio, agregadoras e transmissoras de sinais de heresias perversos nocivos, mensagens que em vez de juntarem, espalham, que não contribuem no sentido da sua volta em nada, pelo contrário, atrapalham, razão de o Messias ainda não ter voltado.

Vou comentar as principais mensagens que estão atrapalhando a volta do Messias, como não foi revelado aos apóstolos que existiam mais dois continentes além da Europa Ásia e África para serem evangelizados, esperavam a vinda do Messias para os seus dias, se o Messias tivesse voltado naquela época, o seu reinado não teria chegado aos confins da terra At 1. 8.Ou seja, na Oceania e nas Américas, para cumprimento da Palavra Mt 28. 19; Mc 16. 15; Lc 24. 47. Também da Palavra do Messias que disse: “E este evangelho do Reino será pregado em todo o mundo habitado, como testemunho a todas as nações, e então chegará o fim” Mt 24. 14.O fim ainda não veio, porque a Oceania e as Américas ainda não foram evangelizadas, com a Mensagem dos que os profetas e os apóstolos entregaram aos Santos Jd 3.Ou seja, a Mensagem dos Mandamentos da lei de Deus completos, que não vai além Dt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19…Ou seja, que não agrega sinais de heresias perversos nocivos tipos nenhum.

As mensagens que chegaram nos dois continentes citados, se tratam de mensagens dos Mandamentos da lei de Deus incompletos,vão além Dt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19…Ou seja, agregam sinais de heresias perversos nocivos, que, não contribuem para a volta do Messias em nada, pelo contrário, atrapalham, espalham.

Visto que o Messias disse: Que, “onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou no meio deles” Mt 18. 20.Serve também para o cumprimento das Profecias, no sentido de que, a hora que o Evangelho do Reino, ou seja, dos Mandamentos da lei de Deus completos, que não vai além Dt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19… Ou seja, que não agrega sinais de heresias perversos nocivos, batizar no mínimo duas ou três pessoas em todos os países dos continentes citados que ainda não batizou, Ele voltará com certeza!

Em Israel, por exemplo, em mais ou menos doze anos de pregação dos apóstolos, foram batizados 144 mil israelitas em Nome do Messias, para remissão de pecados At 2. 38; 4. 12; 8. 12, 16; 10. 48.Doze mil de cada tribo de Israel Ap 7. 1 a 8. Receberam a Mensagem dos Mandamentos da lei de Deus completos, que jamais vai além Dt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19…Ou seja, que não agrega sinais de heresias perversos nocivos tipos nenhum.

É a Mensagem genuína citada, que precisa chegar em todos os países dos dois continentes que os apóstolos não evangelizaram citados.

Tanto a mensagem do clero romano quanto a mensagem dos ministrantes das rupturas supostas reformistas, também se tratam de mensagens dos Mandamentos da lei de Deus incompletos, também vão além Dt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19…Ou seja, também agregam sinais de heresias perversos nocivos, também não contribuem para a volta do Messias em nada, também espalham, e não adianta os ministrantes das rupturas batistas do Sétimo Dia, os ministrantes das rupturas adventistas que, também repousam no Santo Sábado Ex 20. 8 a 11; 31. 13, 14; Ez 20. 12, 20. Os adventistas que também não comem carnes de animais que o Mandamento manda não comer Dt 14. 1 a 21; Lv 11. 1 a 47.Ficarem bravos, porque a mensagem deles também não contribuem para a expansão do Reino em nada, também espalha, também viola Mandamentos, além de na celebração da CEIA, na Mensagem dos mil anos de reinado do Messias Is 11. 1 a 10; Mt 5. 5; Sl 25. 12, 13; 37. 9, 11, 22, 29, 34; Pv 2. 21; Is 60. 21; 57. 13. At 17. 26; At 17. 26.A mensagem deles também ser uma aberração, o primeiro Mandamentos básico da lei de Deus por exemplo, “não terás outros deuses diante de mim” Ex 20. 3.Eles também abandonam, no sentido de também perverterem as pessoas que ministram, também com a heresia perversa e nociva de que o Messias também é um Deus, de que o Espírito Santo também é uma Pessoa, e também é um Deus, também heresias perversas nocivas da mensagem do clero romano, que Lutero passou para eles, na mensagem que tentou reformar, também atitude perversa, também da parte dos ministrantes das rupturas batistas do Sétimo Dia, das rupturas adventistas, que também ajuda o clero romano a se destacar como o principal ministério religioso vendedor de sinais de heresias perversos e nocivos tipos os citados, que, eles também compram, também contextos dos Escritos dos apóstolos alterados, vão além, abandonam também o batismos dos apóstolos, em Nome do Messias, para remissão de pecados At 2. 38; 4. 2; 8. 12, 16; 10. 48…Para também batizarem as pessoas que ministram no dogma da trindade, aprovado pelo também imperador pagão Domingo Constantino, também imperador de Roma, em 325 d C. Em oposição ao batismo Bíblico At 2. 38; 4. 2; 8. 12, 16; 10. 48… Citado, também sinal de heresia perverso nocivo tentador, também não contribuem para a volta do Messias em nada, também atrapalham, ou seja, também espalham.

Se a mensagem das Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Também servisse, o Messias não teria dito também para eles “Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e roupas brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas”Ap 3. 18.Visto que também não filtraram a Mensagem que entregam para as pessoas que ministram, também não contribuem para a volta do Messias em nada, também atrapalham, ou seja, também espalham, razão de o Messias ainda não ter voltado.

Além do abandono a Regulamentos Bíblicos pelos ministrantes também das Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Outra coisa que atrapalhou a volta do Messias, foram as rupturas concretizadas no corpo da Igreja, foi o clero romano que provocaram e concretizaram a Primeira ruptura no Corpo da Entidade.

A era Éfeso Ap 2. 1 a 7.Uma das mais abençoada, começou com a pregação de João batistas na Galileia Mt 3. 1 a 17…Deu continuidade com a pregação do Messias, dos apóstolos, se estendeu até mais ou menos 325 d C.

Com o exilamento de Ário, destacado Presbítero em Alexandria, no fim da era Éfeso Ap 2. 1 a 7.No começo da era IsmirnaAp 2. 8 a 11. Uma casta de ministrante altiva e facciosa da Igreja, passaram a servir os imperadores romanos, como religiosos oficiais do império, concretizaram a primeira ruptura no Corpo da Entidade fundada por João na Galileia, deram origem ao império religioso romano, criadores da injusta inquisição, dos instrumentos de torturas, para punirem principalmente os Santos do Altíssimo, para se cumprirem as Profecias Dn 7. 25; Ap 12. 13, 17; Ap 13. 5.Embora também sejam portadores da linhagem da Igreja, são portadores de uma das mensagens dos Mandamentos da lei de Deus incompletos, também vai além Dt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19…Ou seja, também agregam sinais de heresias perversos nocivos na mensagem que entregam, também não contribuem na expansão do Reino em nada, pelo contrário, também espalham.

O mal do clero romano, também dos ministrantes das rupturas supostas reformistas… dos ministrantes das rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Não é a falta de linhagem, porque ambos possuem.

O maior mal de ambos os ministrantes citados, vai além de tentarem o Deus Eterno, também no sentido de terem concretizado rompimentos no corpo da Entidade, é também no sentido de ambos agregarem sinais de heresias perversos nocivos na mensagem que entregam para as pessoas que ministram, ambos não contribuem na expansão do Reino em nada, pelos motivos citados, ambos espalham, se ajudassem, o Messias já teria voltado.

Além de o mundo conhecer também o clero romano, ministrantes do primeiro rompimento concretizado no Corpo da Igreja, agregadores e transmissores de sinais de heresias perversos nocivos, perseguidores principalmente dos Santos do Altíssimo, foram quatro eras, ou seja, mais ou menos 1260 anos de atrocidades do tribunal inquisitório principalmente contra os Santos do Altíssimo para se cumprirem também as Profecias Dn 7. 25; Ap 12. 13, 17; Ap 13. 5.Perseguições e maus tratos que começaram a acontecer na era Pérgamo Ap 2. 12 a 17.Ou seja, em 538 d C. Se estenderam até a era Filadélfia Ap 3. 7 a 13.Ou seja, até mais ou menos 1798 d C.

Na era FiladelfiaAp 3. 7 a 13.Ou seja, a partir do início do século xvi, quase no fim da injusta inquisição, o mundo passou a conhecer também a suposta reforma religiosa de Lutero, composta por rupturas supostas reformistas, também ministradas por mensageiros agregadores e transmissores de sinais de heresias nocivos, tanto é que Lutero passou os principais sinais de heresias perversos nocivos da mensagem do clero romano para eles, na mensagem que tentou reformar, também atitude perversa também da parte deles, que também ajuda o clero romano a se destacar como o principal ministério religioso vendedor de sinais de heresias nocivos, também de regulamentos e contextos Bíblicos alterados, também não ajudam na expansão do Reino em nada, também atrapalham, ou seja, também espalham.

Na última era da Igreja, ou seja, na era Laodiceia Ap 3. 14 a 22.O mundo passou a conhecer também as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 28. Rompimentos que começaram a acontecer nos EUA, também se contaminaram com heresias nocivas da mensagem do clero romano, também da mensagem das rupturas supostas reformistas no país Americano, também chegaram a Oceania, se espalharam também pelas Américas, transmitindo uma das Mensagens dos Mandamentos da lei de Deus incompletos, também vai além Dt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19… Ou seja, também agrega sinais de heresias perversos nocivos, também não contribuem na expansão do Reino em nada, também atrapalham, ou seja, também espalham, razão de o Messias ainda não ter voltado.

Visto que o Messias disse: Que, “onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou no meio deles” Mt 18. 20.Serve também para o cumprimento das Profecias, no sentido de que, a hora que o Evangelho do Reino, ou seja, dos Mandamentos da lei de Deus completos, que não vai além Dt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19… Ou seja, que não agrega sinais de heresias perversos nocivos, a partir do momento que mensageiros da Entidade portadores da mensagem citada batizarem no mínimo duas ou três pessoas em todos os países dos continentes citados, que, ainda não batizou, Ele voltará com certeza!

Gente, basta as Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18. Espalhadas nos dois continentes citados ouvirem o Conselho do Messias, filtrarem a mensagem! Ou seja, “comprarem ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e roupas brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas” Ap 3. 18.E então terão condições de batizar para cumprimento da Palavra do Messias, “E este evangelho do Reino será pregado em todo o mundo habitado, como testemunho a todas as nações, e então chegará o fim” Mt 24. 14.Ou seja, a vinda do Messias acontecerá, voltará, que o Mensagem dos Mandamentos da Lei de Deus completos, que não vai além Dt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19… Ou seja, que não agrega sinais de heresias perversos nocivos, chegar em todos os países da Oceania e das Américas…

Que os mensageiros das Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Criem vergonha na cara, filtrem a mensagem, começando na celebração da CEIA, celebrando na Noite do Dia 15 de (nisã), de acordo com o Regulamento Ex 12. 8 a 10; 24 a 27; 42; Ex 13. 8 a 10, 14 a 17. Também na Mensagem dos mil anos de reinado do Messias.

AS QUATRO MENSAGENS MAIS ABOMINÁVEIS DO MUNDO! PARTE I

Primeira parte! Uma boa meditação!

“Vigiai e orai”Mt 26. 41.O Messias mandou vigiar a tua vida, ou seja, filtrar a tua mensagem Ap 3. 18.“E então cuidarás em tirar a trave do olho do teu irmão”Mt 7. 5.

O Mestre se refere principalmente a ministrantes de rupturas religiosas com os olhos tapados de cataratas, agregadores e transmissores de sinais de heresias nocivas, também orientados por Ele a vigiarem e arrumarem primeiramente as suas vidas espirituais Ap 3. 18.Também as das pessoas que ministram,agem ao contrário, também no sentido de ficarem vigiando a mensagem dos outros, contestando sinais de heresias nocivos da mensagem das demais rupturas religiosas, e fazem de conta que não enxergam os anátemas nocivos Gl 1. 9.Que matam a alma lentamente. que também agregam na mensagem que entregam para as pessoas que ministram. O Messias mandou você vigiar a tua vida! No sentido da Palavra, ou seja, mandou filtrar primeiro a tua mensagem Ap 3. 18.A partir do momento que a tua mensagem agregar os Mandamentos da lei de Deus completos, e não ir além Dt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19…Ou seja, não agregar heresias nocivas! “E então cuidarás em contestar as heresias dos outros”Mt 7. 41.

Como os ministrantes das Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Também ficam vigiando a mensagem dos outros no sentido de contestar sinais de heresias perversos nocivos principalmente da mensagem do clero romano, dos mensageiros supostos reformistas, e não vigiam as suas.

Tiram as escamas do clero, contestando sinais de heresias da mensagem romana, enquanto o clero da rizada da cara deles, sabem que também ingerem heresias romanas.

Arrancam os olhos também dos ministrantes das rupturas batistas do Sétimo Dia, dos ministrantes das rupturas adventistas, demais ministrantes supostos reformistas, enquanto os mensageiros supostos reformistas também dão risadas da cara deslavada deles, porque também sabem que eles ingerem sinais de heresias perverso e nocivos também da mensagem suposta reformistas, e não diga que não, porque meus Conteúdos Doutrinários postados esclarecem que sim.

Também de quatro olhos na mensagem romana, na mensagem suposta reformista, contestando heresias principalmente deles, e também não param para vigiar os sinais de heresias perversos nocivos principalmente da mensagem romana, da mensagem suposta reformistas que também ingerem, principalmente na celebração da CEIA, nos mil anos de reinado de Cristo, a mensagem deles também é uma aberração.

Não vejo possibilidade nenhuma de contestar sinais de heresias perversos nocivos principalmente da mensagem do clero romano, também dos ministrantes supostos reformistas… sem precisar cutucar também os mensageiros das Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Visto que além de também tentarem pregar salvação com uma das mensagens mais abomináveis do mundo, ou seja, com uma das mensagens dos Mandamentos incompletos, também vão além Dt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19… Ou seja, também ficam cavalgando no caminho das trevas das heresias nocivas, a ponto de agregarem sinais de heresias perversos e nocivos tanto da mensagem do clero romano quando da mensagem dos mensageiros supostas reformistas, neste conteúdo por exemplo, vou contestar as quatro mensagens mais abomináveis e perversas do mundo, ou seja, dos Mandamentos da lei de Deus incompletos, que vão além Dt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19…No sentido de agregarem sinais de heresias nocivos que matam a alma lentamente,infelizmente, a mensagem das Igrejas de Deus espalhadas ligadas às rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.É uma delas, também fecham a porta, também não entram e também não deixam as pessoas que ministram entrarem no Reino de Deus, porque também tentam pregar salvação com uma das mensagens dos Mandamentos incompletos, também agregadora e transmissora de heresias nocivas.

O meu maior desgosto, é, não conseguir arrumar um jeito de contestar heresias nocivas principalmente da mensagem do clero romano, dos ministrantes supostos reformistas, sem precisar cutucar as Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas dera Laodiceia Ap 3. 18.Visto que também agregam sinais de heresias perversos nocivos romanos e supostos reformistas, principalmente na celebração da CEIA, nos mil anos de reinado de Cristo Is 11. 1 a 10;Mt 5. 5; Sl 25. 12, 13; 37. 9, 11, 22, 29, 34; Pv 2. 21; Is 60. 21; 57. 13. At 17. 26; At 17. 26. A mensagem deles também é uma aberração!

Demonstração de que também ingerem heresias, também das mãos do clero, também aplicam principalmente o Contexto “bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.
Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite” Sl 1. 1, 2.
Para também iludirem as pessoas que ministram, principalmente no sentido de dizer: Que também guardam os Mandamentos completos, e as pessoas que eles ministram também são tão ingênuas, que também acreditam.

O Santo Sábado como Dia de Repouso Ex 20. 8 a 11; 31. 13, 14. Ez 20. 11, 12, 19, 20…Por exemplo, é um dos Mandamentos que, também agregam.

O Contexto, “bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.
Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite” Sl 1. 1, 2.
Determina principalmente a Igreja de Deus a não “andar segundo o conselho dos ímpios”.

Para vergonha do Evangelho do Reino, e desgosto meu, também cavalgam no conselho do homem mais ímpio do mundo, ou seja, no conselho do homem do pecado, o filho da perdição 2 Ts 2. 3.Guia do clero romano, também ingerindo Contextos alterados e acrescentados nos Escritos dos apóstolos, principalmente nos Contextos que regulam a celebração da CEIA, também nas Palavras do apóstolo Paulo, as palavras: “Na noite em que foi traído” 1 Co 15. 23.

Também no termo, “fazei isso em memória de mim” 1 Co 15. 24.Também se tratam de alterações praticadas pelos agentes do clero romano tradutores também dos Escritos dos apóstolos, objetivos maléficos, induzirem também as Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18. A também abandonarem, também o Regulamento da CEIA, em todos os sentidos, o clero conseguiu também os objetivos nocivos maléficos.

Como também não vigiam a sua mensagem, para conferir se também não vão além Dt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19…Ou seja, para conferir se também não agregam sinais de heresiasnocivos que mata a alma lentamente, também agem do jeitinho que o semeador de joio gosta, ou seja, também ficam vigiando a mensagem do clero romano, das demais rupturas religiosas, contestando sinais de heresias deles, enquanto tanto o clero romano quanto as rupturas supostas reformistas, dão risadas da cara deslavada deles, porque também ingerem sinais de heresias nocivos, que matam a alma lentamente tanto da mensagem do clero romano, também da mensagem de rupturas supostas reformistas, razão de eu não achar um jeito de contestar as heresias nocivas da mensagem do clero romano em geral,  também da mensagem das rupturas supostas reformistas, sem ter que cutucar também as Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18. E contestar também as heresias perversas nocivas da mensagem deles, também portadores de uma das mensagens mais abomináveis do mundo, também dos Mandamentos da lei de Deus incompletos, também vão além Dt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19…Ou seja, também ingerem as alterações praticadas pelos agentes romanos tradutores também dos Escritos dos apóstolos, principalmente nos Contextos que regulam a celebração da CEIA, e também abandonam, também o Regulamento da CEIA em todos os sentidos, previsto pelo clero.

Também não sabem, se os agentes romanos tradutores também dos Escritos dos apóstolos não tivessem alterado, também o Contexto de 1 Co 11. 23, 24. Em duas alterações, no primeiro Versículo da CEIA narrada por Paulo, por exemplo, se não tivessem alterado, teria ficado assim! “Porque eu recebi do Senhor o que também vos ensinei: que o Senhor Jesus, na noite que celebrou a sua última CEIA tomou o pão; e, tendo dado graças, o partiu e disse: Tomai, comei; isto é o meu corpo que é partido por vós” 1 Co 11. 23, 24.

Se eles não tivessem praticado a segunda alteração “fazei isto, em memória de mim”, o Contexto também teria ficado assim! “Fazei isto, em memória das mortes dos primogênitos do Egito Ex 12. 29 a 36. Também da Saída dos filhos de Israel de lá” Ex 12. 37 a 51.

Gente, o único objetivo de o Regulamento regular a celebração da CEIA, também as Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Também sabem, não há outro objetivo, a não ser para o povo de Deus não esquecerem das mortes dos primogênitos do Egito Ex 12. 29 a 36.E nem da Saída dos filhos de Israel de lá Ex 12. 37 a 51.“Até que Eu venha” disse Jesus 1 Co 11. 24.Confirmação! “Portanto guardai isto por estatuto para vós, e para vossos filhos para sempre.
E acontecerá que, quando entrardes na terra que o Senhor vos dará, como tem dito, guardareis este culto.
E acontecerá que, quando vossos filhos vos disserem: Que culto é este?
Então direis: Este é o sacrifício da páscoa ao Senhor, que passou as casas dos filhos de Israel no Egito, quando feriu aos egípcios, e livrou as nossas casas. Então o povo inclinou-se, e adorou” Ap 12. 24 a 27; Ex 13. 14 a 17.

Os levitas, o Messias… jamais celebraram CEIAS, em memória de cordeiros, o último Cordeiro pascoal 1 Co 5. 7.Também morreu para celebrar a CEIA em memória das mortes dos primogênitos do Egito Ex 12. 29 a 36. Também da Saída dos filhos de Israel de lá”Ex 12. 37 a 51. Jamais para também ser homenageados no sentido citado.

Os termos, “na noite em que foi traído” 1 Co 15. 23.

“Fazei isso em memória de mim” 1 Co 15. 24.Ambos se tratam de alterações romanas nocivas e maléficas, que os ministrantes das Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18. Também ingerem, razão de o Messias aconselhá-los! Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e roupas brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas” Ap 3. 18.

O primeiro termo alterado, “na noite em que foi traído” 1 Co 15. 23. Foi para induzir também as Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18. A também abandonarem, também o Regulamento da CEIA, no mínimo antecipando um dia, não deu outra coisa, conseguiram seus objetivos maléficos.

Também o segundo, “fazei isso em memória de mim” 1 Co 15. 24. Objetivos também maléficos, induzir também eles, também abandonarem, também o Regulamento citado, também no sentido, de também não celebrarem no “Dia” estabelecido pelo Regulamento, ou seja, na “Noite” do “Grande Dia” 15 de (nisã) Ex 12. 8 a 10, 24 a 27, 42; Ex 13. 8 a 10, 14 a 17.Em memória das mortes dos primogênitos do Egito Ex 12. 29 a 36.Também da Saída dos filhos de Israel de lá” Ex 12. 37 a 51.Para também seguirem diretrizes do clero romano, também no sentido de celebrarem em memória da morte de Cristo, e da sua ressurreição, visto que o clero, as maiorias das rupturas supostas reformistas, celebram a CEIA, também em memória da sua ressurreição, ambas com argumentos maléficos, de que, Ele ressuscitou no primeiro dia da semana Mt 28. 1.Ambos tentando legitimar o dia citado, como dia de descanso, foi para este fim que veio o termo da parte do clero, “fazei isto em memória de mim”1 Co 11. 24.Conseguiram os seus objetivos maléficos, é isso que o semeador de joio quer. também as Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Também abandonam, também o Regulamento da CEIA em todos os sentidos, começando pela antecipação da Celebração um dia, vão além, também no sentido, de, também celebrarem em memória da sua morte e ressurreição de Cristo, iguaizinhos os romanos, iguaizinhos as rupturas supostas reformistas, também abandonaram também a regulação do Regulamento, em memória das mortes dos primogênitos do Egito Ex 12. 29 a 36.Também da Saída dos filhos de Israel de lá” Ex 12. 37 a 51.Também atitude perversa também da parte deles, que também ajuda o clero romano a se destacarem como o principal ministério religioso agregador e transmissor de heresias nocivas, vendedor de contextos Bíblicos alterados e acrescentados.

Alteraram também os Contextos de Mt 26. 26, 27; Mc 14. 22, 23; Lc 22.19, 20… Se não tivessem alterado, também os Contextos citados teriam ficado assim! “Jesus deu graças no pão e no cálice, partiu o pão e disse: Comei e bebei todos voz, isto é o meu corpo que é partido por vós”.

Gente, no café da manhã que você toma em sua casa com a família, em ocasião que têm somente pão e café, você da graça no pão, e autoriza os demais a comerem pão seco? Mt 26. 26: Mc 14. 22; Lc 22. 19.Da graça no café em uma oração a parte, e autoriza também eles a beberem o café puro? Mt 26. 27; Mc 14. 23; Lc 22. 20…

É isso que o clero romano esperava que, também os mensageiros das Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Também fizessem, ou seja, também violassem, também o Regulamento da CEIA, também no sentido de, também darem graças em partículas de massa assadas, também distribuíssem de mãos em mãos, e também autorizassem os participantes da CEIA, a, também comerem as partículas secas,iguaizinhos os romanos, a única diferença deles em relação ao clero, ou seja o consolo deles, visto que o clero não distribuem o cálice, é que dão graças no mesmo, também em uma oração a parte,  também autorizam as pessoas que ministram a também beberem o cálice puro, iguaizinhos as rupturas batistas do Sétimo Dia, as rupturas adventistas, de mais rupturas supostas reformistas.

Vocês acham que o Messias Iria dar graças no pão, partir, e autorizar os seus discípulos a também comerem pão seco? Mt 26, 26…

Voltar a dar graças no cálice, e autorizar os seus a também beberem o cálice puro? Mt 26. 27. Isso é coisa de mensageiros de rupturas do reino rompido do semeador de heresias.

Gente, Jesus também celebrou a última CEIA na mesa, também “deu graças no pão e no cálice” ao mesmo tempo, também “partiu o pão e disse: Comei e bebei todos voz, isto é o meu corpo que é partido por vós”.

Não há o que contestar, os agentes do clero romano tradutores também dos Escritos dos apóstolos alteram também os Contextos referentes a CIEA, Escritos em Mt 26. 26, 27; Mc 14. 22, 23; Lc 22. 19, 20; 1 Co 11. 23, 24.Contando que também as Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Também ingerissem das mãos deles, também os contextos alterados, e também abandonassem também o Regulamento que regula a CEIA, não deu outra coisa, para vergonha do Evangelho do Reino, também abandonam, também o Regulamento que regula a CEIA, em todos os sentidos citados.

Além da antecipação da celebração da CEIA um dia, pelas Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apostatas era Laodiceia Ap 3. 18.Se tratar de abandono também ao Regulamento que regula a Cerimônia, se trata de um ato dos mais abomináveis do mundo, agem da maneira profana e nociva citada, porque também ingerem Contextos alterados e acrescentados das mãos dos agentes do clero romano tradutores também dos Escritos dos apóstolos, que, alteraram também as Palavras do apóstolo Paulo: “Na noite em que foi traído” 1 Co 15. 23.

Também no termo, “fazei isso em memória de mim” 1 Co 15. 24.Tambémse tratam dealterações praticadas por eles, objetivos maléficos nocivos, induzirem também as Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18. A também abandonarem, também o Regulamento que regula a CEIA, em todos os sentidos, o clero conseguiu também os objetivos nocivos maléficos citados, induzindo também elas a abandonarem, também o Regulamento da CEIA, antecipando a Cerimônia um dia, também atropelam as Palavras do Altíssimo: “Portanto guardai isto por estatuto para vós, e para vossos filhos para sempre.
E acontecerá que, quando entrardes na terra que o Senhor vos dará, como tem dito, guardareis este culto.
E acontecerá que, quando vossos filhos vos disserem: Que culto é este?
Então direis: Este é o sacrifício da páscoa ao Senhor, que passou as casas dos filhos de Israel no Egito, quando feriu aos egípcios, e livrou as nossas casas. Então o povo inclinou-se, e adorou” Ex 152. 24 a 27; Ex 13. 174 a 17. Também fazem a leitura nos Contextos da TORÁ citados, fazem as pessoas que ministram também acreditarem que, tambémcelebram a CEIA de acordo com o Regulamento, também pura perversão nociva.

Visto que também abandonam,também o Regulamentoque regula a CEIA, também não celebram na “Noite” citadapelo SENHOR Ex 152. 24 a 27; Ex 13. 174 a 17.Ou seja, na“Noite” da morte dos primogênitos do EgitoEx 12. 29 a 36. Também as Saída dos filhos de Israel de LáEx 12. 37 a 51.

Como também abandonam, também o Regulamento da CEIA, e celebram um dia antes, também não celebram de acordo com a TORÁ coisa nenhuma, vão além, mentem para as pessoas que ministram, também a mentira perversa nociva de que, o Messias também antecipou a celebração da última CEIA um dia, é isso que o Semeador de joio quer que eles também façam, usou os agentes do clero romano tradutores da Bíblia Sagrada para alterarem e acrescentarem principalmente os  Contextos dos Escritos dos apóstolos referente a  CEIA para este fim, fazerem também eles blasfemarem dizendo: Que o Messias, também é mais um transgressor da Lei de Deus, ou seja, do Regulamentos dos sacrifícios dos Cordeiros.

Visto que o Regulamento determinava guardar os cordeiros até a tarde do dia 14 de (nisã) Ex 12. 6; Lv 23. 5…Se Ele tivesse autorizado os seus discípulos sacrificarem o cordeiro para a última CEIA uma tarde antes, também tivesse celebrado a última CEIA, uma noite antes, teria praticado violação dupla na Lei, um dos principais Regulamentos da TORA, jamais teria ressuscitado, jamais estaria nas alturas onde Ele está.

O Mestre não antecipou a última CEIA que celebrou com os seus discípulos! Celebrou também a Última de acordo com o Regulamento, acabaram de comera Ceia, cantaram um hino Mt 26. 30. Subiram ao monte das Oliveiras fazer orações.

O Mestre orou até a terceira vigília da noite Mt 26. 39 a 44. Ou seja, até mais ou menos três horas da madrugada.

Acabada a vigília, mandou os seus discípulos continuarem dormindo Mt 26. 45.

Principal evidencia de que Ele não foi preso e nem traído naquela noite.

Os bons entendedores sabem, o Mestre continuou a sua Missão, a traição aconteceu na páscoa seguinte, ou seja, na páscoa posterior, não participou da Ceia da traição, jamais poderia ter participado, morreu e foi sepultado horas antes Mt 27. 57 a 60.

Os seus discípulos também não participaram, em caso também de morte do ministrante, o Regulamento dava, e continua dando direito de adiar a Ceia para o mês posterior, foi isso que os discípulos fizeram, adiaram a Ceia da traição até o segundo mês do ano eclesiástico, celebraram na noite do dia 15 do mês de iyiy, ou seja, do mês posterior, entre abril e maio, sem ferir o Regulamento em nada, vemos um exemplo disso no tempo do rei Ezequias 2 Cr 30 2, 3.

Maus intencionados, os agentes do clero romano tradutores da Bíblia Sagrada, alteradores, acrescentadores, engolidores de Contextos principalmente dos Escritos dos apóstolos, também referente a CEIA,vendo que os discípulos adiaram a histórica Ceia da traição, ou seja, celebraram um mês depois, na noite do dia 15 do mês iyiy, entre abril e maio.

Maus intencionados, queimadores principalmente de arquivos Bíblicos, os agentes do clero romano, tradutores também dos Escritos dos apóstolos, excluíram também a narração, ou seja, as provas de que a traição aconteceu um ano depois, tentativa maléfica, tentar manter a aplicação falsa citada, que também as Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Também ingerem, de que o Mestre foi traído e preso na noite da sua última Ceia, também deu certo, também elas comem das mãos do clero,também o ensinamento perverso nocivo citado, e também abandonam também o Regulamento que regula a CEIA, também portadores de uma das mensagens mais abomináveis do mundo, uma das mensagens dos Mandamentos incompletos, também agregadora, também transmissora, também da heresia nociva citada, uma das razões de o Messias  ter demorado tanto para voltar, mensagem tipo a citada, não ajuda na expansão do Reino em nada, pelo contrário, também ajuda a espalhar, também se colocam na porta, também não entram, também não deixam  as pessoas que ministram entrarem no Reino de Deus,  por conta dos sinais de heresias perversos nocivos  que, também agregam na mensagem que recebem, cuidado, o dia do acerto  de Conta do Rei, com todos os agregadores e transmissores de heresias nocivas, está prestes a bater nas portas de ambos os agregadores Mt 25. 41; Mt 13. 41, 42; Ap 21. 8…

Daniel também disse: Que o clero romano viria para alterar Regulamentos Bíblicos… da Lei de Deus Dn 7. 25.Também as rupturas supostas reformistas, também não vigiam, também referente a CEIA, para não fazerem igual o clero e não celebrarem em todos os cultos, celebram de mês, em mês, de três em três meses, também estabelecem a sua própria justiça profana nociva, e também desprezam a que, vem de Deus, também no sentido de não celebrarem na “Noite” do Dia 15 Ex 2. 8 a 10, 24 a 27, 42. Ex 13. 8 a 10, 14 a 17…Em memória da morte dos primogênitos do Egito Ex 12. 29 a 36.Também as Saída dos filhos de Israel de lá” Ex 12. 37 a 51. Também celebram em dias que, dá na cabeça, também sem obedecer, também o Regulamento que regula a CEIA, tanto é que também não celebram e memória das mortes dos primogênitos do Egito Ex 12. 29 a 36.Também da Saída dos filhos de Israel de lá” Ex12. 37 a 51. Também celebram em Memória da morte e ressurreição de Cristo, também iguaizinhos o clero.

Para as Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Não fazerem igual o clero, que celebra em todas as missas, não fazerem iguais as rupturas supostas reformistas, que celebrem uma vês por mês, de três, em três meses, optam pela antecipação de um dia, também fazendo do jeitinho que o semeador de joio gosta, também abandonam, também o Regulamento que regula a CEIA, em todos os sentidos citados, também desprezam a justiça que vem de Deus, e também tentam estabelecer a sua, trazendo para si, e para as pessoas que ministram, várias consequências, principais delas, as CEIAS que, o Regulamento regulava para ser celebrada no segundo dia da semana, precaução, evitar que os levitas, também os discípulos do Messias sacrificassem cordeiros, limpassem, assassem carnes… no Santo Dia de Repouso Ex 31. 13, 14.Como também antecipam um dia, celebram no primeiro dia da semana, ou seja, no domingo pagão de Constantino.

As CEIAS que o Regulamento regulava, e continua regulando para ser celebrada no Santo Sábado de Repouso, como também antecipam um dia, celebram no feriado religioso pagão de sesta feira santa romano.

Vou adiantando, todas as CEIAS que o Regulamento regular para serem celebradas no segundo dia da semana, como antecipam um dia, consequência da antecipação, também celebrarão no primeiro dia da semana, ou seja, no domingo pagão de Constantino.

Todasque o Regulamento regular para serem celebradas no Santo Sábado do Repouso, comoantecipam um dia, consequência da antecipação, também celebrarão no feriado religioso pagão de sesta feira santa romano, com as pessoas que eles ministram também sendo vítimas de uma das mensagens mais perversas e abomináveis nocivas do mundo, ou seja, de uma das mensagens dos Mandamentos incompletos, também agregadora e transmissora de heresias nocivas.

Tenho dito em meus Conteúdos Doutrinários: O clero romano criou uma confusão quase generalizada na cabeça dos religiosos, analise bem a mensagem que você recebe, para ver se você também não é, mais uma vítima do clero romano, e também não agrega heresias perversas nocivas da mensagem deles.

 “Quem é injusto, faça injustiça ainda: e quem está sujo, suje-se mais ainda” Ap 22. 11.

Os frutos do Espírito vão além dos contidos emGl 5. 22.E só recebe as pessoas portadoras da mensagem dos Mandamentos completos e obedecem, jamais agregam sinais de heresias perversos nocivos.

Têm ministrantes da Mensagem dos Mandamentos completos, que, recebem apenas um dos Dons espirituais.

Têm aqueles que têm capacidade espiritual para ministrar mais de um, e recebem vários Dons espirituais 1 Co 12, 8 a 10.Paulo por exemplo, tinha capacidade e recebeu vários Dons, aplica-se principalmente aos Dons Ministeriais Ef 4. 12, 13; 1 Co 12. 28.Também aos Dons de realizar Sinais e prodígios Mc 16. 17.

Viso que o Messias mandou os apóstolos pregarem a Mensagem dos Mandamentos completos, primeiro aos judeus Mt 10. 6; Lc 24. 47; At 3. 26; At 10. 37; 11. 19; 13. 46…Cortados da Oliveira verde Rm 11. 17.Motivo, rejeição ao Enviado como o Messias Dt 18. 18, 19.Também os Fundamentos dos apóstolos Ef 2. 20.Também portadores da mensagem dos Mandamentos incompletos, visto que Moisés havia avisados eles a aceirarem a sua Pessoa como o Messias… Dt 18. 18, 19.

O Enviado sabendo que os judeus pediam algum tipo de sinal 1 Rs 12. 3; 1 Co 1. 22; Mt 12, 38, 39; 16. 1 a 4; Lc 11. 16 a 20; Jo 2. 18. Ou seja, como houve muitos falsos profetas entre o povo de Israel Jr 23. 21 a 22. O Espírito Santo de Deus deu poder de realizar sinais e prodígios também para os apóstolos At 5. 12.Porque sabia que os judeus iriam pedir algum tipo de Sinais, se eles não realizassem, também seriam rejeitados pelos Israelitas, se não tivessem realizado Sinais, jamais teriam realizados os 144 mil, doze mil de cada tribo de Israel Ap 7. 1 a 8.

A partir do momento que, os apóstolos partiram para as nações estrangeiras, as coisas mudaram, no sentido de que, os estrangeiros não pediam Sinais, pediam Sabedoria 1 Co 1. 22.Para serem instruídos na Mensagem dos Mandamentos da lei de Deus completos, jamais irem além Dt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19…Ou seja, também não agregarem sinais de heresias perversos nocivos na Mensagem que recebiam e transmitiam.

Essa febre doente e abominável de mensageiros estrangeiros tentando mostrar sinais para os gentios, falar as supostas línguas de anjos, é coisa de mensageiros sem sabedoria, portadores de uma das mensagens mais abominável do mundo, ou seja, uma das mensagens dos Mandamentos incompletos, também agregadora e transmissora de sinais de heresias perversos nocivos, que Jesus disse: Que não os conhece “Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade” Mt 7. 22 a 24.

Os apóstolos foram revestidos também de Sinais… a ponto de transmitirem a Mensagem dos Mandamentos completos para pessoas de outras línguas, ou seja, para pessoas de línguas estrangeiras, que, eles não entendiam e não falavam, e os estrangeiros de outras línguas entendiam e aprendiam a Mensagem dos Mandamentos completos na sua própria língua em que eram nascidos At 2. 5 a 12…A ponto de as línguas estrangeiras que o Espírito de Profecias Ap 19. 10…Colocava na boca dos apóstolos, para transmitirem aos gentios, também passar a ser um sinal entre os gentios 1 Co 14. 22…Me refiro a línguas estrangeiras transmitida também por apóstolos que falavam somente um aramaico corrompido, fizeram missões a nações de outras línguas, e o Espírito de Profecias Ap 19. 10…Colocava na boca deles, transmitiam a Mensagem dos Mandamentos completos a pessoas estrangeiras de outras línguas, eles entendiam e colocavam em prática.

Tanto os Dons de realizar Sinais e Prodígios quanto o Dom de falar em línguas cessaram.

Os Sinais e Prodígios, porque os estrangeiros jamais pediam Sinais, pediam Sabedoria, para serem instruídos na Mensagem dos Mandamentos da lei de Deus completos, jamais irem além Dt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19…Ou seja, também não agregarem sinais de heresias perversos nocivos na Mensagem que recebiam e transmitiam.

O Dom de línguas, porque a Bíblia foi traduzida para todas as nações da terra.

Os estrangeiros de nossos dias têm a Bíblia para pesquisar a verdade, também os membros das Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Têm a Bíblia para pesquisar, também sabem que, também são portadores de uma das mensagens mais abomináveis do mundo, ou seja, de uma das mensagens dos Mandamentos incompletos, também agregadora e transmissora de heresias nocivas, tanto é que principalmente na celebração da CEIA, nos mil anos de reinado de Cristo, a mensagem deles também é uma aberração.

Os mensageiros que o Messias disse que não os conhece Mt 7. 22 a 24.Falam as supostas línguas de anjos ao ar, por falta de conhecimentos gerais nas Profecias, serão punidos com certeza Mt 25. 41; Mt 13. 41, 42; Ap 21. 8…

Gente,estou falando de línguas estrangeiras faladas pelos apóstolos,os apóstolos não conheciam a língua da maioria dos estrangeiros, e transmitiam a Mensagens dos Mandamentos completos, pelo Espírito de Profecias Ap 19. 10…Além de eles entendiam e colocavam em prática, também passavam a transmitir.

Com a tradução da Bíblia as nações, o dom cessou… as pessoas das nações têm a Bíblia para conferir e aprender a verdade, a maioria das pessoas do mundo agregam e transmitem sinais de heresias nocivos, porque gostam de enganar e serem enganados, jamais por falta de meios para buscar o conhecimento da verdade.

Exemplo, estou a mais de 15 anos avisando os membros das Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Que eles também agregam sinais de heresias perversos nocivos na mensagem que recebem, eles também ignoram, cuidado, também fazem de conta que, também não sabem que, a chapa está prestes a ser aquecida para o acerto de Conta com todos os agregadores e transmissores de heresias nocivas Mt 25. 41; 13. 41. 42; Ap 21. 8;

Os sinais, as supostas línguas de anjos faladas pelos mensageiros que, o Messias disse: Que não os conhece Mt 7. 22 a 24.É uma aberração, tanto é que falam ao ar, para pessoas da mesma língua deles, como não entendem nada, se justificam dizendo: Que se tratam de línguas de anjos, também nas Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Além de também terem a Bíblia para pesquisar, a mais de 15 anos venho avisando que também vem recebendo uma das mensagens dos Mandamentos incompletos, também agregando e transmitindo heresias, também ignoram, no dia do acerto de conta, vai sobrar também para eles, se também continuarem agregando e transmitindo heresias nocivas.

Engraçado! O anjo do SENHOR falou com Abraão Gn 12. 1 a 3; 17. 2 a 4; 22. 18.Falou com Jacó Gn 28. 13 a 18; 35. 11, 12.E eles entenderam.

Falou com Moisés Ex 3. 4; 19. 24…Falou com Gideão Jz 6. 11 a 17.Falou com Daniel 10. 12.Com Maria Lc 1. 31 a 33. E eles entenderam.

Já as supostas línguas de anjos faladas ao ar, pelos mensageiros que Jesus disse: Que não conhece Mt 7, 22 a 24.Ninguém entende nada.

Que os mensageiros das Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18. Que também as mulheres falam as supostas línguas de anjos citadas: Criem vergonha na cara, e mande todos que falam colocar no lixão, e limpe a Mensagem também da heresia nociva citada, a Entidade começou a se dividir, se contaminou também com a heresia perversa nociva citada, nos EUA, se espalhou pelas Américas, com a mensagem contaminada também com a heresia nociva citada.

Gente, leia o Conteúdo com atenção! Porque vou comentar as quatro mensagens mais profanas do mundo, a mensagem que você recebe pode ser uma delas.

Se tratam de mensagens que tentam pregar salvação com os Mandamentos da lei de Deus incompletos, e agregam sinais de heresias perversos nocivos que mata a alma das pessoas que ministram lentamente.

Começando pela mensagem dos rabinos judeus endurecidos, que rejeitam o Enviado como o Messias Dt 18. 18, 19.Também os fundamentos dos apóstolos Ef 2, 20.Que também tentam pregar salvação com uma das mensagens mais incompletas do mundo, cortados da Oliveira verde Rm 11. 17.Motivos do corte, além de rejeitarem o Enviado como o Messias Dt 18. 18, 19. Também os fundamentos dos apóstolos Ef 2. 20.Também deveriam vigiar a mensagem dos Mandamentos incompletos que entregam para as pessoas que ministram, porque também agrega os sinais de heresias perversos nocivos citados, da rejeição ao Enviado como o Messias Dt 18. 18, 19. Também os Fundamentos dos apóstolos Ef 2. 20…Que também matam a alma lentamente, também fazem ao contrário, também ficam vigiando a mensagem dos outros, também tentando contestar heresias perversas da mensagem alheia, e não vigiam as suas, também “hipócritas”, filtrem primeiro a sua mensagem contaminada com as heresias nocivas citadas Ap 3. 18.Também se enxertem Rm 11. 23.Ou seja, também se batizem em nome do Messias para remissão de pecados At 2. 38; 4. 12; 8. 12, 16; 10. 48…E então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão” Mt 7. 5.

Gente, também não nos gloriando dos ramos israelitas cortados da Oliveira verde Rm 11. 18.

É óbvio que Deus é Poderoso para torná-los a enxertar, condicionalmente, se não permanecerem na incredulidade Rm 11. 17.

A partir dos dias dos apóstolos para cá, também os israelitas que não permanecem na incredulidade, ou seja, que aceitam o Enviado como o Messias Dt 18. 18, 19.Também os fundamentos dos apóstolos, também são enxertados para cumprimento também o Contexto Rm 11. 23.

Os que permanecem na incredulidade Rm 11. 17.Ou seja, os que continuarem rejeitando o enviado como o Messias Dt 18. 18, 19.Também os fundamentos dos apóstolos Ef 2. 20.Não são enxertados, ou seja, batizados At 2. 38.Por conta da incredulidade Rm 11. 23.

“Todo o Israel será salvo” Rm 11. 26. Da mesma forma que “toda criatura de Deus é boa” 1 Tm 4. 4.Também como alimento, “a toda criatura”, aplica-se para as espécies de animais que a Palavra de Deus permite o consumo como alimento Lv 11. 1 a 17; Dt 14. 1 a 21.

Que o “Espírito Santo de Deus desceu sobre toda a carne” Jl 2. 28.A “toda a carne”, aplica para toda a carne que obedece às condições At 5. 32.

“O todo o Israel que será salvo” Rm 11. 26.Também se aplica para todo o israelita que o Messias encontrar enxertado, ou seja, batizado em nome do Messias, para remissão de pecados At 2. 38.Obedecendo a mensagem dos Mandamentos completos.

Os que permanecem na incredulidade, ou seja, obedecendo uma das mensagens dos Mandamentos incompletos, obedecendo somente os Fundamentos dos profetas, rejeitando o Enviado com o Messias Dt 18. 18, 19. Também os fundamentos dos apóstolos Ef 2. 20.Jamais participarão do reinado de Cristo para fins nenhum, por conta da rejeição.

Também os mensageiros das rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Também tentam o Deus Altíssimo todos os dias, também no sentido de também tentarem colocar ramos contados da Oliveira verde Jr 11. 16.Que permanecem na incredulidade Rm 11. 23.No reinado de Cristo, também com argumentos perversos da suposta conversão também deles após a vinda de Cristo, também mentira perversa tentadora da parte deles, que também tenta e aborrece o Deus Altíssimo diariamente.

Existem uma Casta de mensageiros estrangeiros que tentam passar por judeus, também falsidade ideológica, também portadores de uma das mensagens mais abominável do mundo, uma das mensagens dos Mandamentos incompletos, também agregadora e transmissora de sinais de heresias nocivos, batizam as pessoas que ministram invocando o Nome do Messias na língua em que foram nascidos, vão além, usam de vãs repetições de palavras Mt 6. 7.Tentando invocar o Nome também na língua nobre dos hebreus, como também não entendem, e também não sabem falar a língua citada, as palavras deles não saem no mesmo som da língua hebraica, o batismo deles também não têm valor espiritual nenhum, pelos motivos citados, quando tentam invocar o Nome do Messias também na língua hebraica, as palavras deles parecem as supostas línguas de anjos, faladas na maioria das rupturas supostas reformistas, também heresia perversa e vergonhosa tentadora.

Os ministrantes das rupturas batistas do Sétimo Dia, os ministrantes das rupturas adventistas, que também batem no peito dizendo: Que também guardam os Mandamentos completos, também portadores de uma das mensagens mais abomináveis do mundo, também se trata de uma das mensagens dos Mandamentos incompletos, tanto é que começam violando também o primeiro Mandamentos da Lei de Deus contido emEx 20. 3.Ou seja, o Mandamento determina a existência de um único Deus! Confirmação! “Não terás outros deuses diante de mim” Ex 20. 3.A maior parte das rupturas supostas reformistas citadas, ingerem das mãos do clero romano, também a heresia perversa nociva aprovada pelo também imperador romano pagão Domingo Constantino em 325 d C. Dizendo: Que o Messias também é um Deus, ingerem também a heresia nociva de que o Espírito Santo de Deus, também é uma Pessoa, também é um Deus, ambas as heresias também são nocivas e tentadoras, daquelas que também matam a alma lentamente, vão além, agregam também a heresia perversa nociva do batismo no dogma da trindade, aprovado pelo mesmo imperador romano pagão citado… no mesmo concílio em Nicéia em 325 d C. Se não bastasse, também agregam os demais principais sinais de heresias perversos nocivos da mensagem do clero romano, exemplo, morada nos céus… Que Lutero passou para  eles a supostana mensagem que tentou reformar, também atitude perversa, também da parte  deles, que também ajudam o clero romano a se destacar como o principal ministério vendedor de sinais de heresias nocivas, também de Contextos bíblicos dos Escritos dos apóstolos alterados, também com caras deslavas, também mentindo descaradamente dizendo: Que também guardam os Mandamentos da lei de Deus, é com esse tipo de mensageiros também portadores de uma das mensagem mais incompletas do mundo, uma das mensagens dos Mandamentos incompletos, que as pessoas precisam se cuidar, também se tratam de mensageiros que ficam vigiando a mensagem dos outros, também arrancam os olhos do clero tentando contestar heresias perversas da mensagem deles, e não vigiam as heresias nocivas que agregam, principalmente da mensagem do clero, também “hipócritas”, filtrem primeiro a mensagem contaminada que também entregam, Ap 3. 18. E então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão” Mt 7. 5.

AS QUATRO MENSAGENS MAIS ABOMINÁVEIS DO MUNDO! PARTE II

Segunda parte, uma boa Meditação!!!

Também os ministrantes das Igrejas de Deus espalhadas, ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Que também batem no peito dizendo: Que também guardam os Mandamentos: Também mentira perversa nociva tentadora, além de também ingerirem sinais de heresias perversos nocivos tentadores das mãos do clero romano, também das mãos de ministrantes de rupturas supostas reformistas, na celebração da CEIA, nos mil anos de reinado de Cristo, a mensagem deles também é uma aberração.

Também ficam vigiando a vida dos outros, ou seja, a mensagem dos outros, e não vigiam a sua.

Também tiram as escamas do clero romano, no sentido de também contestar sinais de heresias nocivos romanas, e também ingeremtodos os contextos dos Escritos dos apóstolos alterados e acrescentados… pelos agentesromanos tradutores também dos Escritos dos apóstolos, principalmente referente a celebração da CEIA, a ponto de abandonarem também o Regulamento que regula a CEIA, antecipando a Celebração um dia,  trazendo também para as igrejas de Deus espalhadas que ministram várias consequências, “hipócritas”, filtrem primeiro a vossa mensagem contaminada com heresia nocivas, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho dos outros” Mt 7. 5.

Gente, não contestamos contra pessoas, contestamos heresias perversas nocivas, também da mensagem de rabinos judeus que, também tentam pregar salvação com uma das mensagens mais mentirosa do mundo, uma das mensagens dos Mandamentos incompletos, no sentido de insistirem e tentarem pregar salvação com uma das mensagens dos Mandamentos incompletos, obedecendo somente os Fundamentos dos profetas em partes, desprezando a Instrução que Moisés entregou para eles em partes, no quinto Livro da TORÁ, por exemplo, Moisés falou com a casa de Israel dizendo: “Eis que, lhes suscitarei um profeta do meio de seus irmãos, como tu, e porei as minhas palavras na sua boca, e ele lhes falará tudo o que eu lhe ordenar. E será que qualquer que não ouvir as minhas palavras, que ele falar em meu nome, eu o requererei dele” Dt 18. 18, 19. Moisés se refere ao Messias, Ele já veio a mais de dois mil anos atrás, Isaías havia Profetizado a respeito do Enviado dizendo: Que Ele seria levado por eles como “uma ovelha muda ao matadouro” Is 53. 7. Também a Profecia de Isaias se cumpriu, rejeitaram o Enviado e mataram Mt 27. 33 a 46; Mc 15. 22 a 34.

Visto que Moisés disse: “E será que qualquer que não ouvir as minhas palavras, que ele falar em meu nome, eu o requererei dele” Dt 18. 18, 19.Alémde a maior parte deles terem rejeitado, mataram a sua Pessoa, consequências,foram cortados da Oliveira verde Rm 11. 17.Por conta da incredulidade.

Esperaram o Enviado com “dores de parto, com ânsia de dar à luz” Ap 12. 2.Quando Ele veio, olharamcom olhar de desprezo, rejeitaram e mataram.

Maria, uma filha da casa de Judá deu à luz ao Enviado, um anjo do SENHOR, mandou colocar o Nome do Menino deJesusLc 1. 31 a 33.O semeador de heresias tentou matar o Menino ainda criança, não conseguiu, um anjo do SENHOR apareceu para José em sonho Mt 2. 13. Dizendo: “Toma o Menino e sua mãe, e foge para o Egito e demora-te lá, porque Herodes há de procurar o menino para o matar”Mt 2. 13.Após a morte de Herodes, de volta para casa, José vendo que Arquelau reinava na Judeia em lugar de Herodes, temeu voltar para lá, e foi morar na Galileia, em uma cidade chamada Nazaré com o Menino e sua mãe Mt 2. 33.

Visto que a Galileia constava a sua população de egípcios, árabes, fenícios e judeus que voltaram do cativeiro babilônico e foram morar na Galileia, bastante populosa, ao Enviado chamavam de Galileu Mt 2. 26 a 29.Porque Ele tinha sido educado nessa parte da Palestina e ali viveu, ensinou as suas Doutrinas e fez a chamada dos primeiros discípulos, começou com os de João 1. 43 a 51… Que foram dispersados com a morte dele Mt 4. 13 a 17; Mc 1. 39; Lc 4. 44; 8. 1; 23. 5; Jo 7. 1.

Visto que a Galileia se tornou um Nome de desprezo principalmente para os judeus de Jerusalém, porque os seus habitantes eram de uma raça mista, que usavam de um dialeto corrompido originado do fato de terem se misturado judeus que voltaram do cativeiro babilônico, com os estrangeiros gentios que moravam na Galileia Jo 1. 46; 7. 52; At 2. 7…O linguajar dos habitantes da Galileia era tão corrompido, que Pedro foi descoberto que era galileu só pela fala corrompida Mt 26. 69, 73; Mc 14. 70.Uma das principais razões de o Messias ter sido rejeitado pela maioria dos judeus, tanto é que diziam, alguém viu “alguma coisa boa vir da Galileia”? Se referiam ao linguajar profano, não do Messias, que falava também a nobre língua dos hebreus, se referiam ao linguajar dos galileus, também dos discípulos do Messias, que, eram quase todos galileus, também falavam um aramaico corrompido, quase todos os discípulos de Jesus, eram discípulos de João Batista, que, o Messias agregou após a sua morte1. 43 a 51…

O fato de o Messias também ter sido morador da Galileia, foi um dos principais motivos de a maioria dos israelitas terem rejeitado a sua Pessoa como o Messias, a maioria dos discípulos aceitaram de bom grado, porque além de também serem moradores da Galileia, quando João ainda estava vivo, preparou o caminho para este fim Jo 1. 29, 36.A maioria dos israelitas fizeram com Ele, exatamente o que o profeta Isaías havia Profetizado: Que, eles fariam Is 53. 1 a 12.Tinha que acontecer exatamente o que aconteceu, o Messias tinha que ser “propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo” 1 Jo 2. 1; Is 53. 7.Razão de ter nascido de uma mulher Mt 1. 18; Lc 1. 31 a 33…Da casa de Judá, a fuga do José a Maria com o Menino para o Egito, da não volta deles para Jerusalém, de terem ido morar na Galileia, aconteceram para este fim, ou seja, para confundir a maioria dos israelitas no sentido de rejeitá-lo, sabiam que as Profecias diziam que, o Messias nasceria em Belém da Judeia, como morava na Galileia, se confundiram, não investigaram, se tivessem investigado, saberiam que Ele nasceu em Belém da Judéia Mt 2. 1, 2… Isso acontece também com as Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18. Também abandonam, também o Regulamento da CEIA, porque também não investigam principalmente os Contextos alterados e acrescentados… pelos agentes do clero romano tradutores também dos Escritos dos apóstolos citados na mensagem acima, se também investigassem, jamais antecipariam um dia, também saberiam que a antecipação caracterizaria violação do Messsias, também dos seus discípulos, no Regulamento que regulava o sacrifício dos cordeiros, que determinavam que fossem imolados a tarde do dia 14 Ex 12. 6; Lv 23. 5…

Se o Messias tivesse autorizado os seus discípulos sacrificarem o cordeiro para a CEIA uma tarde antes, celebrado a Cerimônia da CEIA uma noite antes, teria praticado dupla violação à lei de Deus, jamais teria ressuscitado, jamais estaria nas Alturas onde Ele está.

Como os israelitas não investigaram, a maioria deles rejeitaram e matarem o Messias, estava dentro do Esperado pelos profetas, sabiam que Ele tinha que ser a “propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo” 1 Jo 2. 1; Is 53. 7.Não poderia ter sido diferente, o que nenhum profeta, nem o próprio Deus esperava, é que a casta de Israelitas endurecidos fosse continuar rejeitando o Enviado Dt 18. 18, 19.Também os Fundamentos dos apóstolos Ef 2. 20.Mantendo a falsa, a ponto de aplicarem o Messias que eles tanto espetaram, rejeitaram e sacrificaram, com aplicação para um judeu comum, jamais para o Enviado Dt 18. 18, 19; 1; Is 53. 7; 1 Jo 2. 2…

Para vergonha do Evangelho do Reino, pessoas que já foram membros de Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Correm atrás de rabinos judeus nas condições citadas, sem batismo At2. 38; 4. 12; 8. 12, 16; 19. 5…Sem Deus no mundo, também arvores sem frutos dignos de arrependimento, secas, prontinhas para aquecer a fornalha de fogo no dia do acerto de conta do Rei, com todos os agregadores e transmissores de heresias nocivas Mt 13. 41, 42; Ap 2. 8…Também portadores de uma das mensagens mais abomináveis do mundo, uma das mensagens dos Mandamentos incompletos.

Porque a maioria dos Israelitas continuam rejeitando o Messias que eles mataram a mais de 2 mil anos atrás? Manipuladas pela casta de rabinos israelitas incrédulos nas condições citadas, é óbvio.

Para piorar a situação, ministrantesdasIgrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Tentam colocar a casta endurecida nas condições citadas no reinado de mil anos do Messias na terra abrangente Is 11. 1 a 10; Mt 5. 5; Sl 25. 12, 13; 37. 9, 11, 22, 29, 34; Pv 2. 21; Is 60. 21; 57. 13. At 17. 26; At 17. 26.Com supostas conversões após a vinda do Rei, com aplicação principalmente do contexto Rm 11. 23.Para este fim, também sendo manipuladas por uma casta de ministrantes apóstatas abandonadoras também do Regulamento que regula a CEIA, agregadora e transmissoras de heresias nocivas, também portadora de uma das mensagens mais profanase abomináveis do mundo, ou seja, de uma das mensagens dos Mandamentos incompletos, também agregadora e transmissoras de heresias nocivas.

Foi dito: também não nos gloriando dos ramos israelitas cortados da Oliveira verde Rm 11. 18.

É óbvio que Deus é Poderoso para torná-los a enxertar, condicionalmente, se não permanecerem na incredulidade Rm 11. 17.

A partir dos dias dos apóstolos para cá, também os israelitas que não permanecem na incredulidade, ou seja, que aceitam o Enviado como o Messias Dt 18. 18, 19.Também os fundamentos dos apóstolos, também são enxertados para cumprimento também do Contexto Rm 11. 23.

Os que permanecem na incredulidade Rm 11. 17.Ou seja, os que continuarem rejeitando o Enviado como o Messias Dt 18. 18, 19.Também os fundamentos dos apóstolos Ef 2. 20.Jamais serão enxertados, ou seja, batizados At 2. 38.Por conta da incredulidade Rm 11. 23.

“Todo Israel será salvo” Rm 11. 23.Da mesma formaque, o apóstolo Paulo também disse: Que “toda a criatura de Deus é boa como alimento” 1 Tm 4. 4.A “toda a criatura”, ou seja, todos os animais que são bons como alimentos 1 Tm 4. 4.Aplica-se restritamente para as espécies que o Regulamento da alimentação determina que se pode comer Dt 14. 1 a 21; Lv 11. 1 a 47…O porco, por exemplo, Jamais Dt14.. 7, 8; Lv 11. 7, 8…

Que, o único Deus de Abraão prometeu “derramar o seu Espírito sobre toda a carne” Jl 2. 28 a 32… A “toda a carne”, também se aplica restritamente para “toda a carne” que serve a Deus At 2. 4; At 5. 32…Na obediência aos Mandamentos da lei de Deus completos, Jamais vão além Dt 4. 2, 12; Pv 30. 6; Dt 12. 32; Ap 22. 19…Ou seja, jamais agregam sinais de heresias nocivos tipos,os citados acima que matam a alma lentamente, agregados na mensagem que entregam para as pessoas que ministram, cuidado, depois não digam que também não foram avisados.

Os bons entendedores sabem que, “todo o Israel que será salvo” Rm 11. 23.A aplicação é a mesma, ou seja, “o todo Israel que será salvo” Rm 11. 23.Aplica-se para todos os israelitas que o Messias encontrar a Mensagem dos Mandamentos completos, que aceitaram também o Enviado como o Messias Dt 18. 18, 19.Os fundamentos dos apóstolos Ef 2. 20… Também batizados em seu Nome, para remissão de pecados At 2. 38; 4. 12. 8. 12, 16; 10. 48…

Se Cristo tivesse voltado nos dias dos apóstolos, todos os israelitas nas condições citadas teriam sidos salvos, na sua vinda será assim, todos os israelitas dentre os vivos que Ele encontrar servindo a Deus nas condições citadas, serão o “todo Israel que será salvo” Rm 11. 23.

As Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Vão além, também no sentido de ingerirem das mãos de mensageiros supostos reformistas, comprando deles também a heresia perversa nociva tentadora da entrada dos Santos para a eternidade a partir da vinda de Cristo, também para mais de mil anos antes de quem quer que seja tenha acesso a “água da vida Ap 22. 1. Frutos e folhas da árvore da vida” Ap 22. 5. Essência da vida eterna, “onde não haverá mais morte” Ap 21. 24 a 27; 22.1a 6.

As Profecias Esclarecem, Cristo voltará At 1. 11; Lc 19. 12.Tomará os domínios do Reinos Dn 7. 14; Ap 11. 15.No trono de Davi seu pai Sl 131. 11; Lc 1. 31 a 33; At 2. 29, 30… Reinará o Rei Is 11. 1 a 10; Ap 20. 6.Destruirá com todos os inimigos de Deus 1 Co 15. 25.O último inimigo que há de ser aniquilado será a malvada morte 1 Co 15. 26.Restaurará todas as coisas At 3. 21.Entregará o Reino restaurado e perfeito a Deus e seu Pai 1 Co 15. 24.Enquanto as Profecias citadas não se cumprirem, Santo nenhum entrará para a “Eternidade”, ou seja, “ao Reino eterno onde não haverá mais morte” Ap 21. 24 a 27; 22. 1 a 6…Por aí você pode fazer uma ideia, de como a mensagem dos Mandamentos da Lei de Deus incompletos pregada também pelos ministrantes das Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era LaodeciaAp 3. 18.Também agrega sinais de heresias perversos nocivos, principalmente de rupturas supostas reformistas.

Como também sabem que a malvada morte continuará em ação 1 Co 15. 26.Para matar os participantes do reinado do Rei, que, se rebelarem contra o seu sistema de governo, também mal-intencionadas, também tentam de todas as maneiras colocar uma suposta classe de pessoas de nações ímpias no seu reinado, também sem o revestimento de imortalidade como bodes expiatórios, também com aplicação das mortes dos mil anos Is 66. 24; Ap 20. 7 a 9.Para elas, que também aprendam mais essa, visto que nos dias de Noé, não restou ímpio nenhum na terra para contar a história 1 Pe 3. 20; 2 Pe 2. 5. Na vinda de Cristo também não restará, o Reino será restrito aos Santos, que obedecem a Mensagem dos Mandamentos da Lei de Deus completos, não vão além Dt 4. 2, 12; Pv 30. 6; Dt 12. 32; Ap 22. 19…Ou seja, jamais agregam heresias nocivas tipos as citadas que matam a alma lentamente agregados na mensagem que recebem.

“E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” Jo 8. 32.

Gente, a verdade que também as Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Também precisam receber e conhecer, é a mensagem dos Mandamentos da lei de Deus completos, não irem além Dt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19…Ou seja, jamais agregarem sinais de heresias perversos nocivos! Na mensagem que recebem! “E então cuidareis em contestar as heresias da mensagem dos outros” Mt 7. 41.

Gente, depois não diga que, também não foram avisados, a segunda mensagem mais abominável do mundo, se trata da mensagem dos mensageiros estrangeiros que tentam passar por judeus, que usam de vãs repetições de palavras em batismos Mt 6. 7.Invocando o Nome do Messias na sua própria língua em que foram nascidos,usam de vãs repetições de palavras tentandoinvocar o Nome também na língua nobre dos hebreus, como também não conhecem e não sabem falar a língua hebraica, as palavras do Nome que eles tentam repetir e invocarusando de vãs repetições de palavras em batismos também na língua hebraica, não saem no mesmo som da língua nobre dos hebreus, por não conhecerem, e não saberem falar a língua hebraica citada, além do batismo deles não ter valor espiritual nenhum principalmente pelos motivos citados, as palavras que eles tentam repetir em hebraico em vão ao ar, parecem as supostas línguas de anjos, faladas pelos mensageiros supostos reformistas dos últimos tempos, também daqueles que o Messias disse: Que não os conhece Mt 7. 22. 24.

Visto que foi o único Deus de Isaque que confundiu as línguas Gn 11. 7.Enquanto houver Cristãos estrangeiros não entendendo a nobre língua dos hebreus, são raros os que conhecem e falam, enquanto o mumdo for assim, Ele jamais exigirá a implantação de uma língua universal, ou seja,  da língua hebraica, muito menos a exigência de Ministrantes estrangeiros que não sabem falar a língua dos hebreus citada, terem que realizar batismos invocando o Nome do Messias na sua língua em que foi nascido, usarem de vãs repetições de palavras Mt 6. 7.Invocando o Nome também na língua dos hebreus, sem conhecerem e sem saberem falar a língua hebraica citada, o que seria um equívoco, Ele confundir as línguas, fazer de conta que não foi Ele o responsável, e jogar a responsabilidade para quem não teve nada com a confusão, ou seja, passar a exigir um ato de aberração da natureza citado, visto que Ele não é homem para se arrepender do que fez, jamais iria jogar a responsabilidade para os Ministrantes estrangeiros que não sabem falar a língua dos hebreus, celebradores principalmente  de batismos, terem que tentar invocar o Nome do Messias também na língua hebraica, o que seria um caos, porque as palavras jamais  sairiam no mesmo som da língua hebraica, os batismos jamais teriam valor espiritual nenhum, principalmente  os batismos realizados pelos mensageiros estrangeiros que tentam passar por judeus, que além de não saberem falar a língua hebraica, usam de vãs repetições de palavras Mt 6. 7.Tentando invocar o Nome do Messias também na nobre línguas dos hebreus, também heresia perversa nociva tentadora dos últimos tempos, depois não digam que não foram avisados, cuidado, o dia do acerto de conta do Messias com todos os agregadores e transmissores de heresias nocivas está prestes a bater na porta de todos eles Mt 12. 41, 42; Ap 21. 8…

Mais uma pincelada para depois não dizerem que, também não foram avisados, a terceira mensagem mais abominável do mundo, pregada por mensageiros estrangeiros dos milhares de rupturas religiosas espalhadas pelo mundo, também pelos mensageiros das Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Embora ambas aceitem o Cristo como o Messias Dt 18. 18, 19.Também os Fundamentos dos apóstolos Ef 2. 20.Também abandonam Fundamentos dos profetas indispensáveis para a salvação das pessoas que ministram.

Têm aquelas que abandonam também o Regulamento que regula o Repouso no Santo Sábado Ex 20. 8 a 11; 31. 14; Ez 20. 11, 20… Também o Regulamento que regula a alimentação Dt 14. 1 a 21; Lv 11. 1 a 47. ORegulamento que,regula o batismo Bíblico At 2. 38; 4. 12; 8. 12, 16; 10. 48…

No caso das Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Também abandonam, também o Regulamento que regula a CEIA Ex 12. 8 a 10, 24 a 27, 42; Ex 13. 8 a 10, 14 a 17…Também na mensagem dos mil anos de reinado de Cristo, a mensagem delas também é uma aberração.

Quem conhece a Instrução a Mensagem dos Mandamentos da lei de Deus completo, e não vai além Dt 4. 2, 12; Pv 30. 6; Dt 12. 32; Ap 22. 19… Ou seja, jamais agrega sinais de heresias perversos e nocivos que mata a alma lentamente, deve passar para a frente.

Quem recebe a Mensagem dos Mandamentos incompletos, e agrega sinais de heresias perversos nocivos tipos, celebração da CEIA em todas as missas, uma vez por mês, de três, em três meses, antecipação um dia, deve filtrar a Mensagem Ap 3. 18.Para não passar mensagem dos Mandamentos incompletos, não transmitir heresias nocivas para as pessoas interessadas em conhecer a Mensagem verdadeira citada.

Se tratam de mensageiros que aplicam também as Palavras de Paulo “o fim da lei é Cristo” Rm 10. 10. Que o apóstolo falou com os judeus endurecidos cortados da Oliveira verde Rm 11. 17. Por não terem chegado ao “fim da lei”, ou seja, por não terem ingerido toda alimentação Espiritual completa que, Deus mandou servir na Mesa principalmente para eles ingerirem, visto que a respeito do Cristo como o Messias… Moisés disse: “Eis lhes suscitarei um profeta do meio de seus irmãos, como tu, e porei as minhas palavras na sua boca, e ele lhes falará tudo o que eu lhe ordenar.

E será que qualquer que não ouvir as minhas palavras, que ele falará em meu nome, eu o requererei dele” Dt 18. 18, 19.

Por falta de conhecimentos gerais nas Escrituras, manipulados por rabinos judeus incrédulos, nas condições citadas, a maioria dos israelitas rejeitaram, a maioria continua rejeitando o Enviado como o Messias Dt 18. 18, 19.Também os fundamentos dos apóstolos, foram cortados da Oliveira verde Rm 11. 17.Pelos motivos citados, sem batismo At 2. 38; 4. 12; 8. 12, 16; 10. 48… Sem Deus no mundo, também portadores de uma das mensagens mais abominável do mundo, uma das mensagens dos Mandamentos incompletos, também agregadora e transmissora de heresias nocivas.

Tentando pregar salvação com uma das mensagens mais profanas e abomináveis do mundo, uma das mensagens dos Mandamentos incompletos,  de que as pessoas podem servir o único Deus de Abraão obedecendo somente os Fundamentos dos profetas, rejeitando o Cristo como o Messias Dt 18. 18, 19. Também os fundamentos dos apóstolos Ef 2. 20.Coisa de ramos cortados Rm 11. 17. Sem batismo A 2. 38; 4. 12; 8. 12, 18; 10. 48…Sem Deus no mundo.

Os bons entendedores sabem, nem israelitas nas condições citadas acima, cortados da Oliveira verde Rm 11. 17.Pelos motivos citados serão poupados, jamais poupará estrangeiros abandona dores também do Regulamento que regula o Repouso no Santo Sábado? Ex 20. 8 a 11; 31. 14; Ez 20. 11, 20…

Jamais poupará mensageiros estrangeiros que abandona também o Regulamento que regula a alimentação? Dt 14. 1 a 21; Lv 11. 1 a 47.

Jamais poupará mensageiros estrangeiros abanadores também do Regulamento que Regula a CEIA? Ex 12. 8 a 10, 24 a 27, 42; Ex 13. 8 a 10, 14 a 17…Ambos portadores da mensagem dos Mandamentos incompletos,daqueles que o Rei dirá: “Apartai-vos de mim, malditos, que praticais iniquidade”, ou seja, aquilo que é contra a Lei 1 Jo 3. 4. Para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos” Mt 25. 41; 13. 41, 42. Ap 21. 8.

Têm pessoas que acham que Jesus era bonzinho, que ele não contestava heresias, só faltou arrancar as escamas dos israelitas que rejeitavam Ele como o Messias Dt 18. 19, 19.Também os fundamentos dos apóstolos dizendo: “Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos” Mt 25. 41; 13. 41, 42. Ap 21. 8.

Sabia que principalmente os israelitas “que desvia os seus ouvidos de ouvir a instrução completa, até a sua oração será abominável” Pv 28. 9.

Chapéu que cai como uma luva na carapuça de todas as pessoas portadoras da mensagem dos Mandamentos incompletos, agregadora e transmissora de heresias nocivas, depois não digam que não foram avisadas.

“Porque vivemos por fé, e não pelo que vemos” 2 Co 5. 7.Você também vive espiritualmente por fé? Ou seja, também coloca a sua confiança de Salvação na Mensagem que os profetas entregaram? Também nos Fundamentos dos apóstolos? Ou seja, na Mensagem dos Mandamentos completos? Que não vai além? Dt 4. 2, 12; Pv 30. 6; Dt 12. 32; Ap 22. 19…Ou seja, também não agrega sinais de heresias nocivos que mata a alma lentamente? Não caia na conversa profana de ministrantes agregadores e transmissores de heresias nocivas, o Messias falou que um cego que segue outro cego, ambos cairão no mesmo buraco Mt 15. 14…Seguir mensageiros agregadores e transmissores de heresias, é pagar para perecer junto.

Também as rupturas supostas reformistas que acham que a alma não morre? Que também agregam, também a heresia perversa nociva da imortalidade da alma, também filosofada por Sócrates e Platão, filósofos do também antigo império político, e também religioso pagão grego de antes de Cristo, que filosofaram também a heresia perversa nociva da subida de humanos para também habitarem nos céus… uma das heresias nocivas mais perversas do mundo, Lutero passou também as heresias perversas nocivas citadas para a suposta reforma religiosa, na mensagem que tentou reformar, também heresias nocivas perversas tentadoras que jamais foram servidas na mesa como alimento Espiritual pelos profetas e nem pelos apóstolos Ef 2. 20.Heresias que também fazem parte da mensagem da maioria das rupturas supostas reformistas, também portadora dos Mandamentos incompletos, também agregadora e transmissoras de heresias nocivas.

Gente, se não houvesse tanta ruptura no Corpo da Igreja de Deus, as rupturas aplicam-se ao império religioso romano, rupturas supostas reformistas, rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18. Se não tivesse acontecido tantas rupturas, se todo mundo ingerisse o alimento espiritual completo, recebesse e entregasse a Mensagem dos Mandamentos completos, Cristo já teria voltado a muito tempo com certeza.

Paulo também disse: “Não pelo que vemos”1 Co 5. 7.Porque os judeus também ficavam correndo atrás de sinais, pediam sinais para o Messias, para os apóstolos, mesmo Eles realizando os sinais que eles pediam, a maioria negou a sua Pessoa como o MessiasDt 18. 18, 19.Também os Fundamentos dos apóstolos Ef 2. 20.Por que? Manipulação religiosa, também rabinos judeus agregadores e transmissores das heresias nocivas citadas, mal-intencionados, manipulando os israelitas que ministravam, as coisas não mudaram em nada.

Os membros das Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Também sabem, que, a mensagem que eles recebem não contem os Mandamentos completos, também agrega sinais de heresias nocivos, por que se acomodam? Influência dos seus ministrantes é obvio, situação que os seus próprios ministrantes criaram, se romperam, se apostataram, é os membros também vão pagar o preço de uma coisa que não foram eles os responsáveis? Vão continuar mantendo mensageiros que criaram a situação citada com os seus dízimos…? Sabia que entregar dízimos para manter ministrantes portadores de mensagem de Mandamentos incompletos, agregadores e transmissores de heresias nocivas, também é pecado? É óbvio que sim, cuidado, depois não diga que não foi avisado.

No Contexto: “Porque todos os que são pelo Espírito guiados de Deus, esses são filhos de Deus” Rm 8. 14.As pessoas “guiadas pelo Espírito de Deus”, o apóstolo Paulo também se referiu as pessoas que recebem a Mensagem dos Mandamentos da Lei de Deus completos, ou seja, das Pessoas guiadas em todas as verdades Escritas Jo 13. 26; Jo 16. 13…Jamais vão além Dt 4. 2, 12; Pv 30. 6; Dt 12.32; Ap 22. 19… Ou seja, livres de qualquer tipo de heresias nocivas.

Ambos os apóstolos sabem o apóstolo sabiam que, o Espírito Santo de Deus jamais guia pessoas que agregam heresias perversas nocivas, que recebem uma das mensagens mais abomináveis e mentirosas do mundo, ou seja, a mensagem dos Mandamentos incompletos, pessoas que jamais recebem os “Frutos do Espírito” Gl 5. 22. Ou seja, jamais recebem os SinaisMc 16. 17.Jamais recebem os Dons Ministeriais Ef 4. 12, 13; 1 Co 12. 28. Jamais recebem os Dons Espirituais 1 Co 12. 8 a 10.Mensagem dos Mandamentos incompletos não salva ninguém, pelo contrário, condena.

Gente, quando o Messias realizava sinais, pedia para as pessoas que aram curadas não contarem nada a ninguém Mc 1. 44; t 9. 30; Mc 5. 43; Lc 8. 56…Não queria ver esse tipo de coisas que vem acontecendo no meio dos mensageiros que Ele disse: Que não os conhece Mt 7. 22 a 24.Que as pessoas que eles ministram ficam correndo atrás de “Sinais”, recurso repudiado pelo Messias, que os falsos profetas dos últimos tempos Mt 24.11.Exercem, para fazer as pessoas que eles ministram… correr atrás deles.

“Enganarão a muitos”, o Messias sabia que os mensageiros dos últimos templos citados Mt 7. 22, 24.Usariam os “Sinais” Mc 26. 27.Como armadilha para atrair as pessoas que eles ministram a correr atrás deles, Ele estava certo, no Brasil por exemplo, multidões correm atrás de mensageiros tipos os citados, atrás de “Sinais”, e são enganadas por eles, recebendo mensagens dos Mandamentos incompletos que para nada serve a não ser para condená-las.

O Messias falou que os “Sinais” Mc 16. 17.Seguiriam ministrantes que não agregam todos os Mandamentos? Vão além Dt 4. 2, 12; Pv 30. 6; Dt 12.32; Ap 22. 19…Ou seja, agregam e transmitem heresias nocivas? Jamais.

Também na sua transfiguração, pediu os seus discípulos para não contarem nada a ninguém Mt 17…O objetivo da transfiguração foi mostrar que Ele, e as demais pessoas que recebem a Mensagem dos Mandamentos completos, jamais vão além Dt 4. 2, 12; Pv 30. 6; Dt 12.32; Ap 22. 19… Ou seja, jamais agregam heresias, após o revestimento de Imortalidade, também serão pessoas com os seus rostos brilhando como o Sol Mt 17. 2.

O que aconteceu em Ap 1. 14.Não foi uma demonstração, foi coisa real, mostrou Ele revestido de imortalidade1 Co 15. 51 a 53.Transformará também as pessoas que observam os a Mensagem dos Mandamentos completos, para serem iguais a sua Pessoa, como Ele é revestido de imortalidade 1 Co 15. 51 a 53.Nós também seremos 1 Jo 3. 2.

Adão… com certeza também era revestido, pecaram Gn 3. 1 a 6.Perderam o poder do revestimento com certeza, foram expulsos do Éden Gn 3. 23, 24.Se espalharam pelos Continentes em buscada alimentação, vulneráveis, passaram a morrer espalhados, razão de a arqueologia mundial encontrar fósseis de humanos com mais de 400 mil anos espalhados pelos continentes.

O Messias Profetizou: Que nos últimos tempos surgiriam esse tipo de ministrantes portadores da mensagem mais mentirosa do mundo, ou seja, mensagem dos Mandamentos incompletos, ministrantes que Ele disse: Que não os conhece Mt 7. 22 a 24. Agregando sinais de heresias nocivos que mata a alma lentamente

Gente, não pensem que que o Messias não sabia separar uma coisa da outra, no sentido de saber que “fé”, jamais pode ser “comparada a grão de mostarda” Mt 17. 20. Também se trata de mais uma heresia romana, mais um contexto acrescentado pelos agentes do clero romano tradutores também dos Escritos dos apóstolos, para desviar o sentido da Palavra fé, para algo tipo grão de mostarda, jamais para os Mandamentos da lei de Deus completos, tentativa, desviar as veracidades dos fatos também neste sentido.

“Aqui está a paciência dos santos; aqui estão os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus” Ap 14. 12.

Visto que a maior parte dos israelitas endurecidos negaram o Enviado como o Messias, também os fundamentos dos apóstolos, também não têm a “fé”, ou seja, a Instrução completa, que os profetas e os apóstolos entregaram aos Santos, jamais iam além Dt 4. 2, 12; Pv 30. 6; Dt 12.32; Ap 22. 19…Ou seja, jamais agregavam heresias nocivas, a única Mensagem que transmite salvação, a Mensagem dos Mandamentos completos, que os Cristãos verdadeiros recebem.

“Irmãos, não sejais meninos no entendimento, mas sede meninos na malícia, e adultos no entendimento” 1 Co 20. Os Santos, são comparados com os membros do nosso corpo 1 Co 12. 12 a 31.São muitos membros, os dons são distribuídos de acordo com a necessidade, não têm como todo mundo ser manso, ou seja, todo mundo ser dedo, todo mundo ser pé, ou seja, todo mundo ser longânime, todo mundo ser perna, ou seja, todo mundo ser temperado, todo mundo ser braço, ou seja, todo mundo receber os dons Ministeriais, todo mundo ser nariz, ou seja, todo mundo receber o dom de curar, tono mundo ser olho, ou seja, todo mundo receber os dons de discernir os espíritos, se fosse possível, Deus colocaria o dom de discernir os espíritos em todo mundo, e os mensageiros que o Messias disse: Que não conhece Mt 7. 22 a 24.Portadores da mensagem mais perversa do mundo, ou seja, portadores da mensagem dos Mandamentos incompletos jamais enganariam ninguém.

“Examinai os Espíritos”1 Jo 4. 1.O exame, aplica-se ao fato de as pessoas que recebem a Mensagem, examinar o mensageiro que entrega a mensagem antes de ingerir, para conferir se ela entrega os Mandamentos completos, e não agrega heresias nocivas, pregadores de ambas as mensagens que entregam os Mandamentos incompletos, e agregam heresias nocivas, não são de Deus.

Os ministrantes das rupturas batistas do sétimo dia, os das rupturas adventistas não tomam café… objetivo, tentar adquirir um pouco de mansidão, nem sempre conseguem, a maioria finge que são mansos diante dos homens para enganar, com aplicação dos frutos do Espírito Gl 5. 22.Mais precisamente para a mansidão… também malandragem deles, tentar passar por pessoas mansas, com aplicação dos Frutos do Espírito para os fins citados, que não é portador da mensagem dos Mandamentos completos, e agrega heresias nocivas, tipos, as que abandonam também o Regulamento que regula o Repouso no Santo Sábado Ex 20. 8 a 11; 31. 14; Ez 20. 11, 20… Também o Regulamento que regula a alimentação Dt 14. 1 a 21; Lv 11. 1 a 47. O Regulamento que,regula o batismo Bíblico At 2. 38; 4. 12; 8. 12, 16; 10. 48…

No caso das Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Também abandonam, também o Regulamento que regula a CEIA Ex 12. 8 a 10, 24 a 27, 42; Ex 13. 8 a 10, 14 a 17…Também na mensagem dos mil anos de reinado de Cristo, a mensagem delas também é uma aberração.

Se fosse depender deles, Cristo não viria nunca, disse que virá, quando o Evangelho do Reino for “pregado em todo o mundo” Mt 28. 19; Mc 16. 15; Cc 24. 47…Mensagem dos Mandamentos incompletos, agregadora e transmissora de heresias nocivas, não contribuem na expansão do Reino em nada, pelo contrário, atrapalham, fecham aporta, não entram, e não deixam as pessoas que ministram entrarem, cuidado, depois não diga que também não foram avisados.

Finalizo dizendo: É triste a situação de pessoas que dedicam a sua vida, entrega também a sua família em uma Entidade religiosa tipo, as citadas, que as pessoas esperam a vinda do Messias, acreditando que também observam a Mensagem dos Mandamentos completos, não passam de portadores da mensagem dos Mandamentos incompletos, agregadores e transmissores de heresias nocivas, ambos candidatos a assar na chapa quente Mt 25. 41; 13. 41, 42; Ap 21. 87. Cuidado, depois diga quer não foi avisado.

A PREDIÇAO DA HISTÓRIA MUNDIAL! UMA BOA MEDITAÇÃO!

As Profecias esclarecem, Nabucodonosor teve um sonho Dn 2. 31 a 33.Visto que ele esqueceu, e os sábios de Babilônia não conseguiram revelar o sonho Dn 2. 1 a 12.O rei colocou no seu coração que mataria todos os sábios de Babilônia Dn 2. 13.O decreto complicaria também a vida de Daniel e dos seus companheiros, se o sonho do imperador não tivesse sido revelado.

Como Daniel era um homem sábio e de muita oração, recomendou a Arioque, oficial da guarda do imperador, tempo para ele e seus companheiros suplicarem ao único Deus Eterno a interpretação do sonho Dn 2. 14 a 17.

Daniel foi para a sua casa, e fez saber o caso a Hananias, Misael e Azarias, seus companheiros, ambos caíram de Joelhos em orações e súplicas, pedindo ao seu único Deus, que revelasse o sonho, o Altíssimo respondeu as orações deles e revelou o sonho a Daniel Dn 2. 17 a 23.

O profeta comunicou a Arioque, que, tinha recebido do Altíssimo a revelação do sonho, foi levado na presença do imperador, e Daniel interpretou o sonho ao imperador Dn 2, 24 a 38.Dizendo: “Tu, ó rei, estavas vendo, e eis aqui uma grande estátua; esta estátua, que era imensa, cujo esplendor era excelente, e estava em pé diante de ti; e a sua aparência era terrível” Dn 2. 31.

Descrição da estátua simbólica do sonho do imperador Nabucodonosor: “A cabeça daquela estátua era de ouro fino; o seu peito e os seus braços de prata; o seu ventre e as suas coxas de cobre.

As pernas de ferro; os seus pés em parte de ferro e em parte de barro” Dn 2. 32 a 33.

Interpretação do sonho, a cabeça de ouro da Estátua, representou simbolicamente o império=Babilônia, governante=Nabucodonos-> Ano=606 a 538 a C.

O peito e os braços de prata da estátua, representaram o império=Medo-Persa, governantes=Ciro & Dario-> Ano=538 a 331 a C.

O ventre e as coxas de metal da, representaram o império Grego, governante=Alexandre o Grande> Ano=331 a 168 a C.

As pernas e os pés em ferro e barro, representaram o império romano, governantes=imperadores diversos-> Ano=168 a C. a 538 d C.

Como o quadro Profético citado acima se trata da história mundial, a estátua simbólica representou os quatros reinos mundiais que, antecederam o quinto Reino, ou seja, o reinado do MessiasIs 11. 1 a 10…

Tanto a Estátua da visão do imperador Dn 2. 31 a 33.Quanto os quatros animais simbólicos Dn 7. 1 a 7. Representaram quatros reinos na terra, mundiais e abrangentes, demonstrações de que, o quinto Reino, ou seja, o Reino Messiânico também será mundial Dn 7. 14 a 18.Também na terra e abrangenteIs 11. 1 a 10; Mt 5. 5; Sl 25. 12, 13; Sl 37. 9, 11, 22, 29, 34; Pv 2. 21; Is 60. 21; 57. 13; At 17. 26.

Todo mundo sabe que os três impérios mundiais e abrangentes citados, que, antecederam o império romano, principalmente Babilônia, Grécia, também eram idólatras, iguaizinhos Roma, no sentido de levantar estátuas para os súditos adorar, tanto é que Nabucodonosor, imperador do primeiro império levantou uma enorme estátua de ouro, para os súditos de o império adorarem Dn 3. 1 a 7.Razão de, jamais a estátua do sonho do rei, um instrumento pagão de adoração, poderia representar o quinto Reino, ou seja, o Reino do Messias Is 11. 1 a 10…Que, também será na terra Dn 7. 14 a 18.Também será mundial e abrangente Dn 7. 13 a 18.E está prestes a se manifestar, Governante= Cristo-> Ano=Mil anos Ap 20. 6.

O Leão da tribo de Judá não apareceu entre os quatro animais da visão do profeta Dn 7. 1 a 8.E nem em nenhuma parte da estátua da visão do imperador Nabucodonosor Dn 2. 31, 32.

Apareceu na Profecia representado por uma pedra cortada sem mãos Dn 2. 45.Que feriu a estátua até os pês, “e se fez um grande monte, e encheu toda a terra” Dn 2. 35. Aplica-se ao quinto Reino Dn 7. 9 a 14.Que também será mundial Dn 7. 14 a 18.Também na terraabrangente Mt 5. 5; Sl 25. 12, 13; 37. 9, 11, 22, 29, 34; Pv 2. 21; Is 60. 21; 57. 13. At 17. 26; At 17. 26.

Memorizando! O quadro acima! A cabeça de ouro da Estátua, representou simbolicamente o império=Babilônia, governante=Nabucodonos-> Ano=606 a 538 a C.

O peito e os braços de prata, representaram o império=Medo-Persa, governantes=Ciro & Dario-> Ano=538 a 331 a C.

O Ventre e as coxas de metal, representaram o império Grego, governante=Alexandre o Grande> Ano=331 a 168 a C.

As Pernas e os pés em ferro e barro, representaram o império romano, governantes=imperadores diversos-> Ano=168 a C. a 538 d C.

Visão dos quatros animais “No primeiro ano de Belsazar, rei de babilônia, teve Daniel um sonho e visões da sua cabeça quando estava na sua cama; escreveu logo o sonho, e relatou a suma das coisas.

Falou Daniel, e disse: Eu estava olhando na minha visão da noite, e eis que os quatro ventos do céu agitavam o mar grande.

E quatro animais grandes, diferentes uns dos outros, subiam do mar” Dn 7. 1 a 3.

“O primeiro animal era como leão, e tinha asas de águia; enquanto eu olhava, foram-lhe arrancadas as asas, e foi levantado da terra, e posto em pé como um homem, e foi-lhe dado um coração de homem” Dn 7. 4.

O Primeiro animal não era um leão, era como se fosse, e também representou simbolicamente o império de=Babilônia, governante=Nabucodonos-> Ano=606 a 538 a C.

“Continuei olhando, e eis aqui o segundo animal, semelhante a um urso, o qual se levantou de um lado, tendo na boca três costelas entre os seus dentes; e foi-lhe dito assim: Levanta-te, devora muita carne” Dn 7. 5.O segundo animal e as suas características também representou o império=Medo-Persa, governantes=Ciro & Dario-> Ano=538 a 331 a C.

“Depois disto, eu continuei olhando, e eis aqui um terceiro animal, semelhante a um leopardo, e tinha quatro asas de ave nas suas costas; tinha também este animal quatro cabeças, e foi-lhe dado domínio” Dn 7. 6.O terceiro animal e as suas características também representou o império Grego, governante=Alexandre o Grande> Ano=331 a 168 a C.

“Depois disto eu continuei olhando nas visões da noite, e eis aqui o quarto animal, terrível e espantoso, e muito forte, o qual tinha dentes grandes de ferro; ele devorava e fazia em pedaços, e pisava aos pés o que sobejava; era diferente de todos os animais que apareceram antes dele, e tinha dez chifres” Dn 7. 7.quarto animal e as suas características também representou o império romano, governantes=imperadores diversos-> Ano=168 a C. a 538 d C.

“Estando eu a considerar os chifres, eis que, entre eles subiu outro chifre pequeno, diante do qual três dos primeiros chifres foram arrancados; e eis que neste chifre havia olhos, como os de homem, e uma boca que falava grandes coisas” Dn 7. 1 a 8. O chifre pequeno e as suas características representaram o ministério religioso apóstata do anticristo, derrubaram o último imperador de Roma em 538 d C. Foi assumirem os domínios do império, logo criaram a injusta inquisição, os instrumentos de torturas, para punirem principalmente os Santos do Altíssimo, tirania que durou mais ou menos 1260 anos, ou seja, de 538 d C. Até mais ou menos 1798 de C.

Perderam o poder político mais ou menos em 1798, Napoleão Bonaparte o cérebro engenhoso abriu caminho para este fim.

Agradecemos principalmente a Deus, as demais pessoas que ajudaram a tirar o poder político do ministério apóstata citado, ou seja, de mandar matar qualquer pessoa que questionasse a sua tirania nos tempos inquisitórios, a partir de 1798 para cá, exercem somente o pode religioso, jamais o poder político.

Embora tenham perdido o poder político, mais ou menos em 1798, espiritualmente continuam reinado sobre os milhares de rupturas religiosas agregadoras e transmissoras de sinais de heresias perversos nocivos da mensagem do ministério apóstata citado, principalmente sobre as rupturas supostas reformistas, que, também agregam heresias perversas nocivas da mensagem do clero romano, ou seja, do ministério apóstata citado, que, Lutero passou para a suposta reforma religiosa, na mensagem que, tentou reformar, também atitude perversa também da parte, também das rupturas batistas do Sétimo Dia, das rupturas adventistas, que, também ajudam o ministério apóstata citado a se destacarem como o principal ministério religioso vendedor de heresias nocivas, também de Contextos dos Escritos dos apóstolos alterados e acrescentados, tanto o ministério apóstata citado quanto o seu guia, cairão na vinda do Messias 2 Ts 2. 8…

Revelação do quinto Reino, ou seja, do reinado do Messias! “o Deus do céu levantará um reino que não será jamais destruído; e este reino não passará a outro povo; esmiuçará e consumirá todos esses reinos, mas ele mesmo subsistirá para sempre. Da maneira que viste que do monte foi cortada uma pedra, sem auxílio de mãos, e ela esmiuçou o ferro, o bronze, o barro, a prata e o ouro; o grande Deus fez saber ao rei o que há de ser depois disto. Certo é o sonho, e fiel a sua interpretação” Dn 2. 44, 45.

A “Pedra cortada sem auxílio de mãos” Dn 2. 44, 45.Aplica-se ao Monarca do quinto Reino, ou seja, ao Messias, “ferirá a estátua nos pés de ferro e de barro, e os esmiuçou. Então foi juntamente esmiuçado o ferro, o barro, o bronze, a prata e o ouro, os quais se fizeram como pragana das eiras do estio, e o vento os levou, e não se achou lugar algum para eles; mas a pedra, que feriu a estátua, se tornou grande monte, e encheu toda a terra” Dn 2. 34, 35.

Visto que os quatros reinos mundiais comentados que antecederam o quinto, ou seja, o reinado de Cristo, foram mundiais Dn 7. 14 a 18.Terrenos e abrangentes Is 11. 1 a 10; Mt 5. 5; Sl 25. 12, 13; Sl 37. 9, 11, 22, 29, 34; Pv 2. 21; Is 60. 21; 57. 13; At 17. 26.O do Messias também será Dn 7. 14 a 18.

Para falar da história mundial: Além de precisar comentar os cincos reinos mundiais, destacar o quinto, ou seja, o reinado do Messias também mundialDn 7. 14 a 18.Também na terra abrangente Is 11. 1 a 10; Mt 5. 5; Sl 25. 12, 13; Sl 37. 9, 11, 22, 29, 34; Pv 2. 21; Is 60. 21; 57. 13; At 17. 26. É preciso falar também da primeira páscoa, que foi celebrada no EgitoEx 12.Da primeira Ceia celebrada em memória da morte dos primogênitos do Egito Ex 12. 29 a 36. Também da saída dos filhos de Israel de lá Ex 12. 37 a 51.Também fazem parte da história mundial.

Falar também da Igreja de Deus, fundada por João Batista na Galileia At 10. 37.Também das rupturas que foram concretizadas no Corpo da Entidade,da apostasia, também da grande tribulação que os Santos sofreram principalmente no coliseu de Roma, na injusta inquisição, também fazem parte da história mundial.

Daniel, disse: Que, antesda manifestação do Messias, da implantação do seu Reino Is 11. 1 a 10.Também mundialDn 7. 14 a 18.Também naterra abrangente Is 11. 1 a 10; Mt 5. 5; Sl 25. 12, 13; Sl 37. 9, 11, 22, 29, 34; Pv 2. 21; Is 60. 21; 57. 13; At 17. 26. Se levantaria o ministério religioso apóstata do anticristo, ministrado por um guia religioso tirano, que além de perseguidor dos Santos, seria alterador de Regulamentos e contextos Bíblicos Dn 7. 25.Criadores da injusta inquisição, dos instrumentos de torturas, para perseguirem e punirem principalmente os Santos do Altíssimo, comentário nas Páginas ao decorrer.

Visto que o assunto é a história mundial, é necessário falar principalmente da Igreja de Deus? Portadora da Mensagem dos Mandamentos da Lei contida na Bíblia Sagrada completos, não vão além Dt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19… Ou seja, jamais agregam sinais de heresias perversos nocivos na mensagem que recebem e entregam.

A Entidade que o Mestre disse: “Estarei com vocês todos os dias, até a consumação dos séculos” Mt 28. 20.

A partir da morte de João Batista Mt 14. 1 a 12. O Mestre agregou os discípulos de João Batista Jo1. 43 a 51…Ou seja, assumiu o comando da Entidade, também passou Instruções, mais tarde subiu com eles da Galileia para Jerusalém, antes de ser sacrificado no Monte Santo Mt 27. 46; Mc 15. 34.Mandou-os expandirem o Reino por todo o mundo Mt 28. 19; Mc 16. 15; Lc 24. 47; At 1. 8.

A partir do momento que os discípulos foram revestidos do Espírito Santo At 2. 4. Eles começaram a Missão, no sentido de expandirem o Reino de Deus por todo o mundo Mt 28. 19; Mc 16. 15; Lc 24. 47. Acabaram de selar os 144 mil, doze mil de cada tribo de Israel Ap 7. 1 a 8. Partiram para as nações estrangeiras.

A era Éfeso Ap 2. 1 a 7. Ou seja, a primeira era da Igreja, foi uma das mais abençoadas do mundo!“Conheço as tuas obras, e o teu trabalho, e a tua paciência, e que não podes sofrer os maus; e puseste à prova os que dizem ser apóstolos, e o não são, e tu os achaste mentirosos” Ap 2.2.

Até 325 d C. Ou seja, em toda a era Éfeso Ap 2. 1 a 7.Omundo conheceu apenas a Igreja de Deus citada, fundada por João Batista na Galileia At 10. 37.

A partir de 325 d C. Ou seja, na era Esmirna Ap 2. 8 a 11. O mundo passou a conhecer também uma casta de ministrantes comprometida com o império romano, provocaram a primeira ruptura no Corpo da Entidade, com o exila mento de Ário, destacado Presbítero em Alexandria. “Conheço as suas aflições e a sua pobreza; mas você é rico! Conheço a blasfêmia dos que se dizem ser judeus mas não são, sendo antes sinagoga de Satanás” Ap 2. 9. Também o Contexto citado, se refere a uma casta altiva e facciosa de ministrantes da Igreja, que, passaram a servir os imperadores romanos como religiosos oficiais do império, concretizaram a primeira ruptura no Corpo da Entidade, deram origem ao império religioso romano, criadores da injusta inquisição, dos instrumentos de torturas, para punirem principalmente os Santos do Altíssimo, para se cumprirem as Profecias Dn 7. 25; Ap 12. 13, 17; Ap 13. 1 a 17; 2 Ts 2. 1 a 8…

A grande tribulação dos Santos, sendo comidos pelos leões… no coliseu de Roma, sendo torturados nos instrumentos de torturas, nos injustos julgamentos inquisitórios, também fizeram parte da história mundial.

Daniel, disse: Que, antes da manifestação de Cristo, e da implantação do quinto Reino mundialDn 7. 14 a 18.Também na terraabrangenteIs 11. 1 a 10; Mt 5. 5; Sl 25. 12, 13; Sl 37. 9, 11, 22, 29, 34; Pv 2. 21; Is 60. 21; 57. 13; At 17. 26.Se levantaria o ministério religioso pagãodo anticristo, ministrado por um guia religioso tirano, que além de perseguidor dos Santos, seria alterador de Regulamentos e contextos Bíblicos Dn 7. 25.Criadores da injusta inquisição, dos instrumentos de torturas, para perseguirem e punirem principalmente os Santos do Altíssimo.

A grande tribulação citada, se cumpriu com os Santos, Nero, também imperador romano, pôs fogo em Roma. Em 9 de junho de 68 d.C. E colocou a culpa nos Santos, foram parar no coliseu. O sofrimento dos Santos que foram comidos pelos leões, alguns foram queimados vivos, também fazem parte da Grande tribulação

“E eu disse-lhe: Senhor, tu sabes. E ele disse-me: Estes são os que vieram da grande tribulação, e lavaram as suas vestes e as branquearam no sangue do Cordeiro” Ap 7. 14…Se tratam de pessoasportadoras da Mensagem dos Mandamentos da Lei de Deus contida na Bíblia Sagrada completos, não foram além Dt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19… Ou seja, jamais agregaram sinais de heresias perversos nocivos na mensagem que receberam e entregaram e foram vítimas ou dos leões… no coliseu de Roma, ou dos instrumentos de torturas inquisitórios, para se cumprirem as Profecias Dn 7. 25; Ap 12. 13, 17; Ap 13. 1 a 17; 2 Ts 2. 1 a 8…

As perseguições… mais terríveis da grande tribulação, aconteceram a partir de 538 d C. Ou seja, a partir do momento que,o ministério do anticristo derrubou o último imperador de Roma, assumiram os domínios do império, logo criaram a injusta inquisição, os instrumentos de torturas, para punirem principalmente os Santos do Altíssimo.

A “grande tribulação” acabou a partir do momento que o clero perdeu o poder político, ou seja, a partir do momento que foram proibidos de perseguirem literalmente os Santos, como perseguiram nos tempos inquisitórios.

O clero ainda exerce o poder religioso, jamais sobre os Santos portadores da mensagem dos Mandamentos da Lei de Deus completos e não vão além Dt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19…Ou seja, jamais agregam sinais de heresias perversos nocivos principalmente da mensagem do clero romano agregados na mensagem que recebem ou entregam.

O poder que eles exercem sobre religiosos, é sobre as rupturas religiosas portadoras de mensagens mais abomináveis do mundo, ou seja, de mensagens dos Mandamentos da lei de Deus incompletos, vão alémDt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19… Ou seja, agregam sinais de heresias perversos nocivos da mensagem do clero, na mensagem que recebem e entregam.

A reforma religiosa, também faz parte da história mundial, além de o mundo conhecer também o clero romano, agregadores e transmissores de heresias nocivas, perseguidores principalmente dos Santos do Altíssimo, foram 4 eras, ou seja, mais ou menos 1260 anos de atrocidades do tribunal inquisitório principalmente contra os Santos do Altíssimo, para se cumprir também as Profecias Dn 7. 25; Ap 12. 13 a 17; Ap 13. 1 a 17; 2 Ts 2. 1 a 8….

Perseguições e maus tratos que começaram a partir da era Pérgamo Ap 2. 12 a 17.Ou seja, a partir de 538 d C. E se estenderam até a era Filadélfia Ap 3. 7 a 13. Ou seja, até mais ou menos 1798 d C.

Na era Filadelfia Ap 3. 7 a 13. Ou seja,apartir do início do século xvi, quase no fimda injusta inquisição, o mundo passou a conhecer também a suposta reforma religiosa de Lutero, composta por rupturas supostas reformistas, também ministradas por mensageiros portadores de uma das mensagens mais abomináveis do mundo, uma das mensagem dos Mandamentos da lei de Deus incompletos, também vai além Dt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19… Ou seja, também agregam sinais de heresias perversos nocivos da mensagem do clero romano, na mensagem que recebem e entregam para as pessoas que ministram.

Tanto é que Lutero passou os principais sinais de heresias perversos nocivos da mensagem deles, para a suposta reforma religiosa, na mensagem que tentou reformar, também atitude perversa também da parte dos ministrantes supostos reformistas, que, também ajuda o clero romano a se destacar como principal ministério vendedor de Regulamentose contextos bíblicos alterados.

Os bons entendedores sabem, Mensageiros do Messias entregam a Mensagem dos Mandamentos da lei de Deus completos, jamais vão além Dt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19… Ou seja, jamais agregam sinais de heresias perversos nocivos, principalmente da mensagem do clero na Mensagem que recebem e entregam.

Embora Lutero se tratava de um ministrante oriundo do império religioso romano, também portador da linhagem da Igreja, como também passou os principais sinais de heresias perversos nocivos da mensagem do clero romano, para a suposta reforma religiosa, ou seja, para as rupturas supostas reformistas, na mensagem que tentou reformar, não tem como as rupturas supostas reformistas mudarem a sua história religiosa, e nem a sua genética espiritual, embora também sejam portadoras da linhagem da Igreja, também são “meretrizes”, ou seja, também “prostituições e abominações da terra” Ap 17. 5.Também tentam o único Deus Eterno contaminando a terra Is 24. 4 a 6.No sentido de também transgredirem a lei 1Jo 3. 4.

Na última era da Igreja, ou seja, na era Laodiceia Ap 3. 14 a 22. O mundo passou a conhecer também as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 28. Também fazem parte da história mundial, também portadoras de uma das mensagens mais abomináveis do mundo, também dos Mandamentos da lei de Deus incompletos, também vão além Dt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19… Ou seja, também agregam sinais de heresias perversos nocivos na mensagem que entregam para as pessoas que ministram.

O primeiro rompimento concretizado na era Laodiceia citada, aconteceu nos EUA, também se contaminaram com heresias nocivas da mensagem do clero romano, também da mensagem das rupturas supostas reformistas  no país Americano, se espalharam principalmente pelas Américas, também no Brasil, transmitindo  sinais de heresias perversos nocivos e opostos a Instrução contida na Bíblia Sagrada na mensagem que entregam para as pessoas que ministram, principalmente na celebração da Ceia, nos mil anos de reinado de Cristo, a mensagem deles também é uma aberração.

Se também não “comprarem roupas brancas para se vestirem, para que não pareça a vergonha da sua nudez. “Colírio para os olhos, para que enxerguem” Ap 3. 18. Ou seja, se também não filtrarem a mensagem que entregam, a fornalha de fogo esquentará também para eles Mt 1. 42.

Mensagem contaminada, ou seja, que agrega sinais de heresias perversos nocivos e opostos a Instrução contida na Bíblia Sagrada,não contribui na expansão do Reino de Deus Mt 18. 19; Mc 16. 15: Lc 24. 47… Em nada, pelo contrário, atrapalha.

volta de Cristo também faz parte da história mundial.

Têm pessoas que reclamam que Cristo está demorando tanto para voltar, diante de tantas rupturas religiosas, de tantos mensageiros entregando a mensagem dos Mandamentos da lei de Deus incompletos, indo além Dt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19… Ou seja, agregando sinais de heresias perversos nocivos na mensagem que recebem e entregam, queriam o quê? Que Cristo já tivesse voltado?

Na era Sardes Ap 3. 1 a 6.Ou seja,quase no fim da injusta inquisição, a situação já era caótica, no sentido de que Cristo contava com poucas pessoas a disposição para expandirem o Reino Ap 3. 4.No sentido de tanto o clero romano quanto os mensageiros das rupturas supostas reformistas agregavam sinais de heresias nocivos, na mensagem que entregavam Ap 3. 4.

Com as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Também agregando heresias nocivas, o quadro piorou Ap 3. 14.No sentido o Mestre passar a contar com menos pessoas dignas a sua disposição na expansão do Reino de Deus Ap 3. 18.Razão de Ele ainda não ter voltado.

Se não tivesse acontecido rupturas também na era Laodiceia Ap 3. 18. Todas as Igrejas de Deus espalhadas fariam parte do mesmo Corpo, todos falariam uma mesma língua espiritual, ou seja, todos fariam parte da mesma fé, todos estariam à disposição do Mestre, principalmente no sentido da expansão do Reino de Deus Mt 28. 19; Mc 16. 15; Lc 24. 47; At 1. 8.Todas seriam portadoras da Mensagem dos Mandamentos da lei de Deus completo, todas não iriam além Dt 4. 2; 12. 32; Pv 30. 6; Ap 22. 19… Ou seja, nenhuma agregaria sinais de heresias perversos nocivos na mensagem que recebem e entregam, o Messias já teria voltado com certeza.

“A terra pranteia e se murcha” Is 24. 4. Também por causa das rupturas apóstatas Ap 3. 18.Era Laodiceia Ap 3. 14.Pelo fato de ambas também agregarem sinais de heresias perversos nocivos na mensagem que entregam, mensagem contaminada é inútil, em vez de ajuntar, espalha.

Os bons entendedores atribuem a demora da vinda do Mestre, também para as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3.18.Também se apostataram da fé, também fazem parte da história mundial, não somente por também se tratarem de rupturas do Corpo da Igreja, por também agregarem sinais de heresias nocivos na mensagem que recebem e entregam, também passaram a espalhar, no sentido de também contrariarem a Palavra de Deus em vários pontos fundamentais de fé, principalmente na celebração da Ceia, nos mil anos de reinado de Cristo, a mensagem deles também é uma aberração, também dificultando na expansão do Reino Mt 28. 19; Mc 16. 15; Lc 24. 47; At 1. 11.Também se colocam na porta, também não entram, e também não deixam as pessoas que ministram entrarem no Reino de Deus.

De uma vista que foi feito apelos para ambas às rupturas: “Sai dela povo meu” Ap 18. 4.

“Sai dela” Ap 18. 4.Aplica-setambém no sentido de as pessoas saírem do meio dos mensageiros agregadores e transmissores de heresias perversos nocivos.

O diluvio de águas Gn 7. 17 a 24.  Também fizeram parte da história mundial, é lamentável saber que vivemos um quadro parecido, visto que somente o Justo Noé e sua Família foram encontradas servindo o único Deus Altíssimo 2Pe 3. 20; 2Pe 2. 5.

Pelo andar da carruagem, as coisas vão se repetirem, cuidado!a fornalha de fogo está prestes a ser aquecida, para o acerto de conta com todos os agregadores e transmissores de sinais de heresias nocivos Mt25. 41? 13. 41, 42; Ap 21. 8…

DANIEL E A PREDIÇÃO DA HISTÓRIA MUNDIAL

As profecias esclarecem que Nabucodonosor teve um sonho, visto que se esqueceu, convocou os sábios de Babilônia para interpretarem o sonho, como as pessoas que ele tinha por sábios não interpretaram, decepcionado, o rei mandou que todos fossem mortos, a ordem quase complicou também com a vida de Daniel e seus companheiros.

Como Daniel era um homem sábio e de muita oração, pediu tempo a Arioque, oficial da guarda do rei, para pedirem ao único Deus Altíssimo a interpretação do sonho do rei, logo teve a revelação e pediu para ser apresentado ao rei, para surpresa do rei, ele revelou o sonho que o rei tinha sonhado dizendo: Que o Senhor havia revelado para ele o sonho e a sua interpretação detalhes por detalhes Dn. 2. 1 a 38.Confirmação! “Então Daniel foi para a sua casa, e fez saber o caso a Hananias, Misael e Azarias, seus companheiros;
Para que pedissem misericórdia ao Deus do céu, sobre este mistério, a fim de que Daniel e seus companheiros não perecessem, juntamente com o restante dos sábios da Babilônia.

Então foi revelado o mistério a Daniel numa visão de noite; então Daniel louvou o Deus do céu.

Falou Daniel, dizendo: Seja bendito o nome de Deus de eternidade a eternidade, porque dele são a sabedoria e a força;
E ele muda os tempos e as estações; ele remove os reis e estabelece os reis; ele dá sabedoria aos sábios e conhecimento aos entendidos.
Ele revela o profundo e o escondido; conhece o que está em trevas, e com ele mora a luz.
Ó Deus de meus pais, eu te dou graças e te louvo, porque me deste sabedoria e força; e agora me fizeste saber o que te pedimos, porque nos fizeste saber este assunto do rei.
Por isso Daniel foi ter com Arioque, ao qual o rei tinha constituído para matar os sábios de babilônia; entrou, e disse-lhe assim: Não mates os sábios de babilônia; introduze-me na presença do rei, e declararei ao rei a interpretação.
Então Arioque depressa introduziu a Daniel na presença do rei, e disse-lhe assim: Achei um homem dentre os cativos de Judá, o qual fará saber ao rei a interpretação.
Respondeu o rei, e disse a Daniel (cujo nome era Beltessazar): Podes tu fazer-me saber o sonho que tive e a sua interpretação?
Respondeu Daniel na presença do rei, dizendo: O segredo que o rei requer, nem sábios, nem astrólogos, nem magos, nem adivinhos o podem declarar ao rei;
Mas há um Deus no céu, o qual revela os mistérios; ele, pois, fez saber ao rei Nabucodonosor o que há de acontecer nos últimos dias; o teu sonho e as visões da tua cabeça que tiveste na tua cama são estes:
Estando tu, ó rei, na tua cama, subiram os teus pensamentos, acerca do que há de ser depois disto. Aquele, pois, que revela os mistérios te fez saber o que há de ser.
E a mim me foi revelado esse mistério, não porque haja em mim mais sabedoria que em todos os viventes, mas para que a interpretação se fizesse saber ao rei, e para que entendesses os pensamentos do teu coração.
Tu, ó rei, estavas vendo, e eis aqui uma grande estátua; esta estátua, que era imensa, cujo esplendor era excelente, e estava em pé diante de ti; e a sua aparência era terrível.
A cabeça daquela estátua era de ouro fino; o seu peito e os seus braços de prata; o seu ventre e as suas coxas de cobre;
As pernas de ferro; os seus pés em parte de ferro e em parte de barro.
Estavas vendo isto, quando uma pedra foi cortada, sem auxílio de mão, a qual feriu a estátua nos pés de ferro e de barro, e os esmiuçou.
Então foi juntamente esmiuçado o ferro, o barro, o bronze, a prata e o ouro, os quais se fizeram como pragana das eiras do estio, e o vento os levou, e não se achou lugar algum para eles; mas a pedra, que feriu a estátua, se tornou grande monte, e encheu toda a terra.
Este é o sonho; também a sua interpretação diremos na presença do rei.
Tu, ó rei, és rei de reis; a quem o Deus do céu tem dado o reino, o poder, a força, e a glória.
E onde quer que habitem os filhos de homens, na tua mão entregou os animais do campo, e as aves do céu, e fez que reinasse sobre todos eles; tu és a cabeça de ouro” Dn 2. 17 a 38.

“E depois de ti se levantará outro reino, inferior ao teu; e um terceiro reino, de bronze, o qual dominará sobre toda a terra.
E o quarto reino será forte como ferro; pois, como o ferro, esmiúça e quebra tudo; como o ferro que quebra todas as coisas, assim ele esmiuçará e fará em pedaços.
E, quanto ao que viste dos pés e dos dedos, em parte de barro de oleiro, e em parte de ferro, isso será um reino dividido; contudo haverá nele alguma coisa da firmeza do ferro, pois viste o ferro misturado com barro de lodo.
E como os dedos dos pés eram em parte de ferro e em parte de barro, assim por uma parte o reino será forte, e por outra será frágil.
Quanto ao que viste do ferro misturado com barro de lodo, misturar-se-ão com semente humana, mas não se ligarão um ao outro, assim como o ferro não se mistura com o barro” Dn 2. 39 a 43.

“Mas, nos dias desses reis, o Deus do céu levantará um reino que não será jamais destruído; e este reino não passará a outro povo; esmiuçará e consumirá todos esses reinos, mas ele mesmo subsistirá para sempre.
Da maneira que viste que do monte foi cortada uma pedra, sem auxílio de mãos, e ela esmiuçou o ferro, o bronze, o barro, a prata e o ouro; o grande Deus fez saber ao rei o que há de ser depois disto. Certo é o sonho, e fiel a sua interpretação.
Então o rei Nabucodonosor caiu sobre a sua face, e adorou a Daniel, e ordenou que lhe oferecessem uma oblação e perfumes suaves.
Respondeu o rei a Daniel, e disse: Certamente o vosso Deus é Deus dos deuses, e o Senhor dos reis e revelador de mistérios, pois pudeste revelar este mistério.
Então o rei engrandeceu a Daniel, e lhe deu muitas e grandes dádivas, e o pôs por governador de toda a província de babilônia, como também o fez chefe dos governadores sobre todos os sábios de babilônia” Dn 2. 44 a 48.

“A pedra que foi cortada, sem auxílio de mão, a qual feriu a estátua nos pés de ferro e de barro, e os esmiuçou.
Então foi juntamente esmiuçado o ferro, o barro, o bronze, a prata e o ouro, os quais se fizeram como pragana das eiras do estio, e o vento os levou, e não se achou lugar algum para eles; mas a pedra, que feriu a estátua, se tornou grande monte, e encheu toda a terra” Dn 2. 34, 35.Aplica-se ao quinto reino ou seja, o reinado de Cristo, visto que os reinos que antecederam o de Cristo foram mundiais e foram na terra abrangente, o de Cristo também será sobre a terraIs 11. 1 a 10; Mt 5. 5; Sl 25. 12, 13; Sl 37. 9, 11, 22, 29, 34; Pv 2. 21; Is 60. 21; 57. 13; At 17. 26.

Revelação da cabeça de ouro da Estátua
Governante=Nabucodonosor
Império=Babilônia -> Ano=606 a 538 d C.

Peito e braços de prata -> Governantes=Ciro & Dario -> Império=Medo-Persa -> Ano=538 a 331 a C.

Ventre e coxas de metal -> Governantes=Alexandre o grande, divisão/ 4 generais -> Império=Grégo-> Ano=331 a 168 a C.

Pernas e pés em ferro e barro -> Governantes=Imperadores diversos -> Império=Romano -> Ano=168 a C. a 476 d C.

A mesma visão que o rei Nabucodonosor teve, Daniel também teve de forma diferente, ou seja, o rei viu uma estátua dividida em quatro partes, cada parte representou um dos reinos mundiais.

O que o rei Nabucodonosor viu em sonho, mais Tarde Daniel viu em visões, objetivo do único Deus de Daniel, confirmar a ele, os acontecimentos futuros, também o quinto Reino, ou seja o de Cristo.

“Estavas vendo isto, quando uma pedra foi cortada, sem auxílio de mão, a qual feriu a estátua nos pés de ferro e de barro, e os esmiuçou.
Então foi juntamente esmiuçado o ferro, o barro, o bronze, a prata e o ouro, os quais se fizeram como pragana das eiras do estio, e o vento os levou, e não se achou lugar algum para eles; mas a pedra, que feriu a estátua, se tornou grande monte, e encheu toda a terra” Dn 2. 34, 35. Aplica-se ao quinto reino ou seja, o reinado de Cristo também será sobre toda a terra abrangente Is 11. 1 a 10; Mt 5. 5; Sl 25. 12, 13; Sl 37. 9, 11, 22, 29, 34; Pv 2. 21; Is 60. 21; 57. 13; At 17. 26.

Confirmação da visão de Daniel! “No primeiro ano de Belsazar, rei de babilônia, teve Daniel um sonho e visões da sua cabeça quando estava na sua cama; escreveu logo o sonho, e relatou a suma das coisas.
Falou Daniel, e disse: Eu estava olhando na minha visão da noite, e eis que os quatro ventos do céu agitavam o mar grande.
E quatro animais grandes, diferentes uns dos outros, subiam do mar” Dn 7. 1 a 3.

“O primeiro era como leão, e tinha asas de águia; enquanto eu olhava, foram-lhe arrancadas as asas, e foi levantado da terra, e posto em pé como um homem, e foi-lhe dado um coração de homem”

Também aplica-se ao reinadode>Nabucodonosor
Império=Babilônia -> Ano=606 a 538 d C.

“Continuei olhando, e eis aqui o segundo animal, semelhante a um urso, o qual se levantou de um lado, tendo na boca três costelas entre os seus dentes; e foi-lhe dito assim: Levanta-te, devora muita carne” Dn 7. 5.

Também aplica-se ao reinado de Ciro & Dario -> Império=Medo-Persa -> Ano=538 a 331 a C.

“Depois disto, eu continuei olhando, e eis aqui outro, semelhante a um leopardo, e tinha quatro asas de ave nas suas costas; tinha também este animal quatro cabeças, e foi-lhe dado domínio” Dn 7. 6.

Também aplica-se ao reinado de Alexandre o Grande, divisão/ 4 generais ->Império=Grégo -> Ano=331 a 168 a C.

“Depois disto eu continuei olhando nas visões da noite, e eis aqui o quarto animal, terrível e espantoso, e muito forte, o qual tinha dentes grandes de ferro; ele devorava e fazia em pedaços, e pisava aos pés o que sobejava; era diferente de todos os animais que apareceram antes dele, e tinha dez chifres” Dn 7. 7.

Também aplica-se aos imperadores diversos
-> Império=Romano -> Ano=168 a C. a 476 d C.

“Estando eu a considerar os chifres, eis que, entre eles subiu outro chifre pequeno, diante do qual três dos primeiros chifres foram arrancados; e eis que neste chifre havia olhos, como os de homem, e uma boca que falava grandes coisas”Dn 7. 8.

Visto que no sonho derei Nabucodonosor Deus não transmitiu nada sobre o ministério apóstata do anticristo, visto que derrubaram o último imperador de Roma em 538 d C. Criaram a injusta inquisição, os instrumentos de torturas, para punirem principalmente os Santos do Altíssimo para se cumprir também a Profecia de Daniel Dn 7. 25.

Na visão de Daniel, na cabeça do   quarto animal chifrudo, com dez chifres Dn 7. 7.Entre os dez, Daniel percebeu que brotava um chifre pequeno Dn 7. 8.Aplica-se ao ministério apóstata citado.

Além do único Deus Altíssimo ter revelado o sonho do rei a Daniel, voltou a confirmar ao profeta nas suas visões da noitecom mais detalhes a respeito do quinto Reino, ou seja, o de Cristo.

“Eu estava olhando nas minhas visões da noite, e eis que vinha nas nuvens do céu um como o filho do homem; e dirigiu-se ao ancião de dias, e o fizeram chegar até ele.
E foi-lhe dado o domínio, e a honra, e o reino, para que todos os povos, nações e línguas o servissem; o seu domínio é um domínio eterno, que não passará, e o seu reino tal, que não será destruído” Dn 7, 13, 14.

“O Filho do homem”, aplica-se ao Rei e Sumo Cristo, não se preocupem que Ele voltará At 1. 11; Lc 19. 31.Para fazer as Profecias do quinto reino se cumprirem, no trono de Davi seu pai, reinará o Rei Sl .132. 11; Lc1. 31 a 33; At 2. 29, 30.

No Templo que também mandará construir também em Jerusalém Zc6. 12, 13.Exercerá também a função de Sumo Sacerdote ao Mesmo tempo no Templo Zc 6. 12, 13. Como fez Melquisedeque também em Salém Hb 7. 1.
Tanto os israelitas das demais onze tribos de Israel que serviram o único Ser Eterno e também morreram quanto os que servem, que habitarem as demais cidades do país de Israel, os estrangeiros que também serviram o único Deus citado e também morreram; também os que servem, que habitarem os países em volta de Israel Ez 36. 36.Ambos serão convocados pelo sacerdócio restritos aos filhos de Judá que também serviram o único Deus de Abraão e também morreram; restritos aos que servem, a pegarem a Estrada Is 35. 8.Ou seja, o Caminho Santo, rumo a Jerusalém, participarem dos trabalhos gerais de adoração milenar, nas devidas convocações gerais milenar em Jerusalém Is2. 1 a 3; Mq4. 1, 2. Para fazer as Profecias citadas acima se cumprirem.

“O Ancião de dias”, aplica-se ao único Deus imortal 1 Tm 6. 16.O revelador dos sonhos a Daniel, será das suas mãos, que o Monarca da casa de Judá tomará os domínios do reinos Dn 7. 14; Ap 11. 15.Tanto é que Daniel disse: “E foi-lhe dado o domínio, e a honra, e o reino, para que todos os povos, nações e línguas o servissem; o seu domínio é um domínio eterno, que não passará, e o seu reino, o único que não será destruído”Dn 7. 14.

Veja que o único Deus Altíssimo confirmou a Daniel nas suas visões da noite, aquilo que Ele tinha revelado nas suas orações quando pedia a interpretação do sonho do rei Nabucodonosor.

“Estavas vendo isto, quando uma pedra foi cortada, sem auxílio de mão, a qual feriu a estátua nos pés de ferro e de barro, e os esmiuçou.
Então foi juntamente esmiuçado o ferro, o barro, o bronze, a prata e o ouro, os quais se fizeram como pragana das eiras do estio, e o vento os levou, e não se achou lugar algum para eles; mas a pedra, que feriu a estátua, se tornou grande monte, e encheu toda a terra” Dn 2. 34, 35. Lembrando que aplica-se ao quinto Reino, ou seja, o reinado de Cristo também sobre toda a terra abrangente.

Visto que o primeiro reino mundial, ou seja, o de Nabucodonosor, foi na terra, Ano=606 a 538 d C.

O segundo também foi mundial e também foi na terra, > Ano=538 a 331 a C.

O terceiro também foi mundial e também foi na terra-> Ano=331 a 168 a C.

O quarto também é mundial e também é na terra-> Ano=168 a C. a 476 d C.Visto que o reinado do anticristo é uma continuação do quarto reino, ou seja, do império romano também é mundial, e também está sendo na terra-> Ano= 538 d C. Perderam o poder político a partir da era Napoleão, mas continuam reinado espiritualmente, portadores de uma mensagem contendo Mandamentos da lei de Deus, para venderem uma imagem de que também são ministrantes de Cristo, tentam o único Deus de Daniel pervertendo as pessoas que ministram agregando sinais de heresias perversos na mensagem que entregam para elas.

Na vinda de Cristo “será revelado o iníquo” 2 Ts 2. 8. Ou seja, o homem do pecado o filho da perdição” 2 Ts 2. 3 .Guia do ministério apóstata citado.

Visto que os quatro reinos citados foram na terra, o quinto, ou seja, o de Cristo será nos céus por quê? Jamais, que as rupturas supostas reformistas também coloquem as barbas ralas deles de molho, porque a Geena de fogo está prestes a ser aquecida para o acerto de conta com todos os agregadores e transmissores de heresias Mt13. 41, 42.

O quinto Reino, ou seja, o de Cristo também será na terra e também será abrangente, não a o que contestar Is 11. 1 a 10; Mt 5. 5; Sl 25. 12, 13; Sl 37. 9, 11, 22, 29, 34; Pv 2. 21; Is 60. 21; 57. 13; At 17. 26.

Tanto as rupturas batistas do sétimo Dia quanto as rupturas adventistas que também agregam também o sinal de heresia perverso da consubstancialidade, batismo no dogma da trindade, reinado de Cristo de mil anos nos céus, as rupturas adventistas vão além, pervertem as pessoas que ministram também com o anátema profano de que a terra ficará vazia durante os mil anos citados, e as pessoas que eles ministram não se dão conta que se os quatro reinos mundiais que antecederam ao reinado de Cristo foram na terra, o quinto, ou seja, o de Cristo também será, não a o que contestar Is 11. 1 a 10; Mt 5. 5; Sl 25. 12, 13; Sl 37. 9, 11, 22, 29, 34; Pv 2. 21; Is 60. 21; 57. 13; At 17. 26. Tanto é que foi dito para Daniel: “Estavas vendo, até que uma pedra foi cortada, sem mãos, a qual feriu a estátua nos pés de ferro e de barro, e os esmiuçou.

Então foram juntamente esmiuçados o ferro, o barro, o bronze, a prata e o ouro, e se fizeram como pragana das eiras do verão, e o vento os levou, e não se achou lugar algum para eles; mas a pedra, que feriu a estátua, se fez um grande monte, e encheu toda a terra” Dn 2. 34, 35. Visto que “a Pedra que feriu a estátua, se fez um grande monte, e encheu toda a terra”, também evidencias de que o quinto Reino, ou seja, o de Cristo também será na terra, para se cumprir as Profecias citadas, morada nos céus também se trata de sinal de heresia perverso filosofado por Sócrates e Platão, filósofos do também antigo império político e também religioso pagão grego, Ano=331 a 168 a C. O clero romano passou também a heresia perversa citada para o império religioso romano, Lutero passou também a mesma para as rupturas supostas reformistas, na mensagem que tentou reformar, também atitude perversa da parte dos mensageiros supostos reformistas que também ajudam o clero romano a se destacar como principal ministério vendedor de regulamentos e contextos Bíblicos alterados.

A LINHAGEM DA IGREJA, PARTE 2

O maior erro que as pessoas das Igrejas de Deus espalhadas ligadas as rupturas apóstatas era LaodiceiaAp 3. 18. Cometem, é acreditarem na mensagem falsa, também no sentido de acreditarem que o império religioso romano, também as rupturas supostas reformistas não possuem a linhagem da Igreja.

Um boleiro faz um grande bolo, corta em milhares de pedaços e distribui para as pessoas comerem, será que os pedaços de bolo, deixam de ser bolo pelo fato de terem sido picados em milhares de pedaços? Jamais, foi isso que fizeram com a Igreja de Deus, dividiram a Entidade em milhares de rupturas, será que as rupturas deixaram de ser Igrejas de Deus porque foram rompidas em milhares de Entidades?

Trata-se daquela Entidade que o Mestre disse: “Estarei com vocês todos os dias, até a consumação dos séculos” Mt 28. 20.

A partir da morte de João Batista Mt 14. 1 a 12. O Mestre agregou os discípulos de João Batista Jo1. 43 a 51Assumiu o comando da Entidade, também passou Instrução, mais tarde subiu com eles da Galileia para Jerusalém, antes de ser sacrificado no Monte Santo Mt 27. 46; Mc 15. 34.Mandou-os expandirem o Reino por todo o mundo Mt 28. 19; Mc 16. 15; Lc 24. 47; At 1. 8.

A partir do momento que os discípulos foram revestidos do Espírito Santo At 2. 4. Eles começaram a Missão, no sentido de expandirem o Reino de Deus por todo o mundo Mt 28. 19; Mc 16. 15; Lc 24. 47. Acabaram de selar os 144 mil, doze mil de cada tribo de Israel Ap 7. 1 a 8. Partiram para as nações estrangeiras

A era Éfeso Ap 2. 1 a 7. Ou seja, a primeira era da Igreja, foi uma das mais abençoadas. “Conheço as tuas obras, e o teu trabalho, e a tua paciência, e que não podes sofrer os maus; e puseste à prova os que dizem ser apóstolos, e o não são, e tu os achaste mentirosos” Ap 2.2.

Até 325 d C. Ou seja, em toda a era Éfeso Ap 2. 1 a 7.Omundo conheceu apenas a Igreja de Deus, fundada por João Batista na Galileia At 10. 37.

A partir de 325 d C. Ou seja, já na era Esmirna Ap 2. 8 a 11. O mundo passou a conhecer também uma casta de ministrantes comprometida com o império romano, provocaram a primeira ruptura no Corpo da Entidade, com o exila mento de Ário, destacado Presbítero em Alixandria. “Conheço as suas aflições e a sua pobreza; mas você é rico! Conheço a blasfêmia dos que se dizem ser judeus mas não são, sendo antes sinagoga de Satanás” Ap 2. 9. O Contexto se refere a uma casta altiva e facciosa de ministrante da Igreja, que passaram a servir os imperadores romanos como religiosos oficiais do império, concretizaram a primeira ruptura no Corpo da Entidade, deram origem ao império religioso romano, criadores da injusta inquisição, dos instrumentos de torturas, para punirem principalmente os Santos do Altíssimo, para se cumprirem as Profecias Dn 7. 25; Ap 12. 13, 17; Ap 13. 5.

Visto que o império religioso romano também se trata de uma ruptura concretizada no Corpo da Igreja de Deus, o primeiro rompimento concretizado, se concretizou na era Esmirna Ap 2. 8 a 11. Também possuem a linhagem da Igreja.

O fato de se tratarem de uma ruptura, de terem se apostatado da fé que uma vez foi entregue aos Santos Jd 3. Ef 2. 20.Não tira deles a linhagem, se tirasse, as rupturas apostatas era Laodiceia Ap 3. 18.Também não seriam portadoras da Linhagem, também se tratam de rupturas.

O mal do clero romano, das rupturas supostas reformistas… também das rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18. Não é a falta de linhagem, é tentarem o Deus Eterno, no sentido deterem concretizado rompimentos no corpo da Entidade, também no sentido de ambas as rupturas citadas agregarem sinais de heresias perversos na mensagem que entregam.

Que as rupturas apóstatas era laodiceia Ap 3. 18. Que costumam tentar o Deus de Abraão, também no sentido de dizerem: Que o importante é fazerem parte da Igreja, também coloquem as barbas ralas deles de molho, porque fazer parte da Igreja não é o suficiente para salvar pessoas, se fosse, seria suficiente também para o império religioso romano, primeira ruptura concretizada no Corpo da Entidade, também para os milhares de rupturas supostas reformistas.

Quem provocou a primeira ruptura no Corpo da Igreja a partir de 321 d C. Trata-se de umacasta altiva de ministrantes que deram apoio ao imperador Domingo Constantino, na aprovação do domingo como dia de descanso, para os súditos de o império descansarem no dia citado, deram apoio também na aprovação do ensinamento perverso da consubstancialidade,também no batismo no dogma da trindade, Ário, destacado Presbítero de Alexandria, contestou contra a aprovação principalmente do ensinamento perverso da consubstancialidade, argumentando que o Mestre jamais é um Deus, jamais é da mesma consubstancialidade do Pai, ou seja, da mesma essência do Altíssimo.

Contestou também contra o batismo no dogma da trindade,além de terem tentado o Deus Eterno exilando o destacado presbítero de Alexandria, tentaram também no sentido de concretizarem o primeiro rompimento no Corpo da Entidade, na perturbada era Esmirna Ap 2. 8 a 11.Tentam também no sentido  de agregarem sinais de heresias perversos na mensagem que entregam para as pessoas que ministram.

Se a argumentação perversa das rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Que também agregam sinais de heresias perversos na mensagem que entregam, de que o importante é ser portador da linhagem fizesse sentido, valeria também para o império religioso romano, primeiro rompimento concretizado no Corpo da Entidade, na era Esmirna Ap 2. 8 a 11.Valeria também para as rupturas supostas reformistas.

Possuir a linhagem da Igreja é uma coisa, ser escolhido por Cristo para participar do seu reinado é outra coisa bem diferente.

Tanto o império religioso romano quanto as rupturas supostas reformistas, também as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Possuem a linhagem da Igreja, outra coisa bem diferente é ser escolhido por Cristo para participarem do seu reinado, visto que as pessoas membros de ambas as rupturas agregam sinais de heresias perversos na mensagem que recebem, jamais farão parte do Reino de Deus e de Cristo para fins nenhum, por causa dos sinais de heresias perversas que agregam na mensagem que recebem.

Além de o mundo conhecer também o clero romano, agregadores e transmissores de heresias e perseguidores principalmente dos Santos do Altíssimo, foram 4 eras, ou seja, mais ou menos 1260 anos de atrocidades do tribunal inquisitório principalmente contra os Santos do Altíssimo para se cumprir também as Profecias Dn 7. 25; Ap 12. 13, 17; Ap 13. 5. Perseguições e maus tratos que começaram na era Pérgamo Ap 2. 12 a 17.Ou seja, em 538 d C. Se estenderam até a era Filadélfia Ap 3. 7 a 13. Ou seja, até mais ou menos 1798 d C.

Na era Filadelfia Ap 3. 7 a 13. Ou seja,apartir do início do século xvi, quase no fimda injusta inquisição, o mundo passou a conhecer também a suposta reforma religiosa de Lutero, composta por rupturas supostas reformistas, também ministradas por mensageiros agregadores e transmissores de heresias, tanto é que Lutero passou os principais sinais de heresias perversos da mensagem do clero romano para eles, na mensagem que tentou reformar, também atitude perversa da parte deles, que também ajuda o clero romano a se destacar como principal ministério vendedor de regulamentos e contextos Bíblicos alterados.

Também tentam o único Deus de Abraão, também no sentido de também tentarem pregar salvação com mensagem contendo Mandamentos da lei de Deus, para também venderem uma imagem, de que também são mensageiros de Cristo, também agregam sinais de heresias perversos na mensagem que entregam para as pessoas que ministram, em vez de juntarem, também espalham.

Os bons entendedores sabem, Mensageiros de Cristo entregam a Mensagem dos mandamentos e jamais agregam sinais de heresias perversos na mensagem que entregam para as pessoas que ministram.

De uma vista que os filhos de Israel são israelitas para sempre, não tem como mudar a sua história e nem sua genética.

Embora Lutero se tratava de um ministrante oriundo do império religioso romano, também portador da linhagem da Igreja, como também passou os principais sinais de heresias perversos da mensagem do clero para a suposta reforma religiosa, ou seja, para as rupturas supostas reformistas, na mensagem que tentou reformar, não tem como as rupturas supostas reformistas mudarem a sua história religiosa e nem a sua genética espiritual, embora também sejam portadoras da linhagem da Igreja, também são “meretrizes”, ou seja, também “prostituições e abominações da terra” Ap 17. 5. Também tentam o único Deus Eterno contaminando a terra Is 24. 4 a 6.No sentido de também transgredirem a lei 1Jo 3. 4.

Na última era da Igreja, ou seja, na era Laodiceia Ap 3. 14 a 22. O mundo passou a conhecer também as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 28. O primeiro rompimento concretizado na era citada aconteceu nos EUA, também se contaminaram com heresias da mensagem do clero romano, também da mensagem das rupturas supostas reformistas  no país Americano, se espalharam principalmente pelas Américas, também no Brasil, passando sinais de heresias perversos opostos a Instrução contida na Bíblia Sagrada na mensagem que entregam para as pessoas que ministram, principalmente na celebração da Ceia, nos mil anos de reinado de Cristo, a mensagem deles também é uma aberração.

Se também não “comprarem roupas brancas para se vestirem, para que não pareça a vergonha da sua nudez. “Colírio para os olhos, para que enxerguem” Ap 3. 18. Ou seja, se também não filtrarem a mensagem que entregam, a fornalha de fogo esquentará também para eles Mt 1. 42.

Mensagem contaminada, ou seja, que agrega sinais de heresias perversos opostos a Instrução contida na Bíblia Sagrada, não contribui na expansão do Reino de Deus Mt 18. 19; Mc 16. 15: Lc 24. 47…Em nada, pelo contrário, atrapalha.

De uma vista que as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18. Também sabem que um Governo Eclesiástico para ser centralizado e ser legítimo precisa contar com um Sumo Sacerdote em exercício literalmente presente entre as pessoas que o Governo ministra, também sabem que tanto o Governo de Melquisedeque Hb7. 1. Quando o de Arão contavam Lv8. 1 a 9.O Governo de Cristo também contará Is2. 1 a 3; 60. 10, 11; Mq4. 1, 2.Também centralizam o governo, também com poderes para passar a mensagem contaminada com heresias da mensagem do clero romano, também da mensagem das rupturas supostas reformistas para as Entidades espalhadas que ministram.

De uma vista que o apóstolo Tiago também disse: “Qualquer que guardar toda a Instrução, se tropeçar em um só mandamento, viola toda a lei” Tg2. 10.

Que Cristo disse: “É mais fácil passar o céu e a terra do que cair um til da lei”Lc 16. 17.Diante do quadro citado, jamais Ele iria antecipar a última Ceia que celebrou, jamais iria alterar principalmente o Regulamento da Mesma, se tivesse praticado um ato de aberração da natureza citado, jamais teria ressuscitado…

Nenhuma família merece ser ministrada por mensageiros que agregam sinais de heresias perversos na mensagem que entregam, com governos centralizados ilegítimos, com poderes para passar a mensagem contaminada para as Entidades espalhadas que ministram.

Têm pessoas que reclamam que Cristo está demorando para voltar, diante de tantas rupturas, de tantos mensageiros entregando a mensagem completamente contaminada com sinais de heresias perversos, não poderia ser diferente.

Na era Sardes Ap 3. 1 a 6.Ou seja,quase no fim da injusta inquisição, a situação já era caótica, no sentido de que Cristo contava com poucas pessoas a disposição para expandir o Reino Ap 3. 4. No sentido de tanto o império religioso romano quanto as rupturas supostas reformistas agregavam heresias Ap 3. 4.

Com as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Também agregando heresias, o quadro piorou Ap 3. 14.No sentido o Mestre passar a contar com menos pessoas dignas a sua disposição na expansão do Reino de Deus Ap 3. 18.Razão de Ele ainda não ter voltado.

Se não tivesse acontecido rupturas também na era Laodiceia Ap 3. 18. Todas as Igrejas de Deus espalhadas fariam parte do mesmo Corpo, todos falariam uma mesma língua espiritual, ou seja, todos fariam parte da mesma fé, todos estariam a disposição do Mestre, principalmente no sentido da expansão do Reino de Deus Mt 28. 19; Mc 16. 15; Lc 24. 47; At 1. 8.

“A terra pranteia e se murcha” Is 24. 4. Também por causa das rupturas apóstatas Ap 3. 18.Era Laodiceia Ap 3. 14.Pelo fato de ambas também agregarem sinais de heresias perversos na mensagem que entregam, mensagem contaminada é inútil, em vez de juntar, espalha.

Os bons entendedores atribuem a demora da vinda do Mestre, também para as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3.18. Também se apostataram da fé, também agregam sinais de heresias perversos, também passaram a espalhar, no sentido de também contrariarem a Palavra de Deus em vários pontos fundamentais de fé, principalmente na celebração da Ceia, nos mil anos de reinado de Cristo, a mensagem deles também é uma aberração, dificultando a expansão do Reino Mt 28. 19; Mc 16. 15; Lc 24. 47; At 1. 11.Também se colocam na porta, também não entram, também não deixam as pessoas que ministram entrarem no Reino de Deus.

De uma vista que foi feito apelos para ambas às rupturas: “Sai dela povo meu” Ap 18. 4.

“Sai dela” Ap 18. 4.Aplica-setambém no sentido de as pessoas saírem do meio dos mensageiros agregadores de heresias.

Finalizamos dizendo: É lamentável saber que vivemos um quadro parecido com os dias do diluvio de Aguas, somente o justo Noé e sua Família foram encontradas servindo o único Deus Altíssimo 2Pe 3. 20; 2Pe 2. 5.

Pelo andar da carruagem, as coisas vão se repetirem, dentre as pessoas que dormem no pó da terra Jo5. 28, 29; 6. 40.O Mestre contará com muitas pessoas para o Reino, contará com Pessoas justas que morreram de Adão para cá.

Referindo-se as pessoas vivas, por causa das heresias perversas que também os membros das rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18. Também agregam na mensagem que recebem, Ele contará com poucas pessoas, pelo que vemos, será igual os dias de Noé 1Pe 3. 20; 2Pe 2. 5.Cuidado com a malha fina que está as portas Mt 13. 42.

Foi dito: Restante de nações Zc14. 16; Is2. 1 a 3; Is 60. 10, 11; Mq1. 1, 2…Na vinda de Cristo, também não se aplica no diminutivo, ou seja, para uma suposta classe de pessoas do mundo ímpio, sem o revestimento de mortalidade, como bodes expiatórios, com aplicação das mortes dos mil anos Is 66. 24; Ap 20. 7 a 9. Para elas, o ensinamento profano se trata de sinal de heresia perverso da mensagem dos mensageiros supostos reformistas, que aplicam o reinado do anticristo, para depois da vinda de Cristo, sobre a suposta classe de ímpios citada, com aplicação das mortesdos mil anos Is 66. 24; Ap 20. 7 a 9. Para elas.

Para vergonha do Evangelho do Reino, as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Também comem das mãos deles, como também sabem que a malvada morte continuará em ação 1 Co 15. 26. Para matar os participantes do reinado de Cristo, que se rebelarem contra o seu sistema de governo Is 66. 24; Ap 20. 7 a 9. Também maus intencionados, também tentam de todas as maneiras colocar uma suposta classe de restante de nações ímpias no reinado de Cristo nas condições citadas, também com aplicação das mortes dos mil anos para elas, também heresia perversa tentadora de rupturas supostas reformistas.

Restantes de nações em catástrofes como os dias de Noé e vinda de Cristo se aplica no aumentativo.

Da mesma forma que nos dias de Noé restou 8 pessoas Santas 1 Pe 3. 20; 2 Pe 2. 5. Na vinda de Cristo também restará os Santos, se juntarão aos Santos da primeira ressurreição 1 Ts 4. 16, 17.Para o encontro com Cristo.

Se as rupturas apóstatas era Laodiceia também não filtrarem a mensagem que entregam Ap 36. 18.A fornalha de fogo esquentará também para eles Mt 13. 42.Cuidado! Os anjos ceifeiros estão prestes a dar uma batida na porta de todos os agregadores de heresias Mt 13. 42.

A LINHAGEM DA IGREJA

Envelheci vendo os principais ministrantes da ruptura OGIDI, os principais ministrantes da ruptura CINA, os principais da ruptura INID, os principais do governo dos congregacionais… tentando manter as pessoas que ministram sobre os seus domínios argumentando: Que o mais importante é possuir a linhagem da Igreja, é óbvio que sim, condicionalmente, se a Entidade que a Pessoa deposita a sua confiança de salvação não agrega heresias, o império religioso romano por, exemplo, também possui a legitimidade, além de se tratar da primeira ruptura concretizada no Corpo da Igreja, agrega heresias, será que a legitimidade salvará algum membro ministrado pelo clero romano agregador e transmissor de heresias? Esperem sentados, por que esperar me pé cansa.

O império religioso romano se trata da primeira ruptura concretizada no Corpo da Entidade que Cristo mandou evangelizar o mundo Mt 28. 19; Mc 16. 15; Lc 24. 47; At 1. 8.Concretizada por uma casta de ministrante altiva e facciosa da Igreja dos Santos, que deram apoio ao Imperador Domingo Constantino, também imperador de Roma, na aprovação do domingo como dia de descanso em 321 d C. Também no dogma da consubstancialidade, batismo no dogma da trindade aprovado em 325 d C. Ário, destacado Presbítero em Alexandria foi um dos Ministrantes de peso da Igreja que contestou contra a atitude perversa do imperador Constantino e da casta altiva, exilaram o destacado presbítero, provocando a primeira ruptura no Corpo da Entidade, passaram a servir os imperadores de Roma, como religiosos oficiais do império por uns tempos, conseguiram derrubar o último imperador em 538 d C. Assumiram os domínios do império, governam o império religioso romano até os dias de hoje, linhagem eles também têm, mas agregam heresias, mensagem que agrega heresias não salva ninguém, pelo contrário, condena.

Das rupturas supostas reformistas não precisa comentar, são oriundas do império religioso romano, se o clero possui a legitimidade, eles também possuem, mas agregam os principais sinais de heresias perversos da mensagem do clero romano, que Lutero passou pera eles, na mensagem que tentou reformar, também fazem de conta que também não sabem que o lago de fogo está prestes a ser aquecido para o acerto de conta com todos os agregadores de heresias Mt 13. 41, 42.

As rupturas apóstatas era LaodiceiaAp 3. 18.Também possuem a linhagem, mas também agregam heresias, só na mensagem dos mil anos de reinado de Cristo, agregam mais de treze sinais de heresias perversos tentadores opostos a Instrução, também sinais da fera, ,principal motivo de vergonha para o Evangelho do Reino, “sai do meio” das heresias “povo meu para que não sejas participantes das suas pragas” Ap 18. 4. “Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e roupas brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas” Ap 3. 18.

Primeira heresia perversatentadoraque as Entidades espalhadas ligadas as rupturas apostatas era Laodiceia Ap 3. 18.Também agregam na mensagem que recebem, sinal de heresia perverso de que o Mestre também possui a Imortalidade, também se trata de sinal de heresia perverso de rupturas supostas reformistas, também sinal da fera, os bons entendedores sabem, o Mestre recebeu apenas um revestimento de Imortalidade.

Da mesma forma que uma aliança revestida de ouro, não é uma aliança de ouro, não vai além de um revestimento, não temos dúvidas de que Cristo é o segundo Adão, também foi apenas revestido de imortalidade, não vai além de um revestimento, o suficiente para “viver como os dias da árvore” Is 65. 22.A mais velha do mundo vive quase 10 mil anos.
Sabemos que o revestimento de imortalidade deu “vida longa como os dias das árvores” Is 65. 22.Para o Mestre, tempo o suficiente para Ele reinar os mil anos na terraabrangente Mt 5. 5; Sl 25. 12, 13; 37. 9, 11, 22, 29, 34; Pv 2. 21; Is 60. 21; 57. 13. At 17. 26; At 17. 26.Destruir com todos os inimigos de Deus, o último que será aniquilado será a malvada morte 1 Co 15. 26.Restaurará todas as coisas At 21. A partir do momento que Ele entregar o Reino restaurado e perfeito a Deus e seu Pai 1 Co 15. 24. Também terá aceso a “água da vida Ap 22. 1. Frutos e folhas da árvore da vida Ap 22. 2. Essência da vida eterna, onde não haverá mais morte” Ap 21. 24 a 27; 22. 1 a 6.

As Escrituras esclarecem, o único que possui a imortalidade é o Pai celestial, confirmação! “Aquele que tem, ele só, a imortalidade, e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver, ao qual seja honra e poder sempiterno. Amém” 1 Tm 6. 16; Rm 16.27; I Co 8. 6; I Tm 1.17; Jd 25.

Os anjos dos céus também não possuem a Imortalidade, não sabemos do que eles dependem para viverem eternamente, Cristo ó o segundo Adão, também morreu Mt 27. 46.Ressuscitou Mt 28. 1 a 10.Recebeu o revestimento de Imortalidade 1 Co 15. 51 a 53. Não vai além de um revestimento.

Os Santos também não serão transformados em supostos seres iguais a anjos celestiais, se trata da segunda heresia perversa da mensagem do Reino milenar Messiânico, de rupturas supostas reformistas, que as rupturas apostatas era Laodecia Ap 3. 18. Também agregam na mensagem que entregam, também com argumentos perversos de que entraremos para a eternidade a partir da vinda de Cristo, terceiro sinal de heresia perverso da Mensagem dos mil anos de reinado de Cristo que as rupturas apóstatas era Laodiceia também agregam na mensagem que entregam, também para mais de mil anos antes de quem quer que seja tenha acesso a “água da vida Ap 22. 1. Frutos e folhas da árvore da vida” Ap 22. 2. Essência da vida eterna “onde não haverá mais morte”Ap 21. 24 a 27; 22. 1 a 6.

Como também sabem que a malvada morte continuará em ação 1 Co 15. 26.Para matar os participantes do reinado de Cristo em geral que se rebelarem contra o sistema de Governo do Rei Is 66. 24; Ap 20. 7 a 9. Também maus intencionados, também tentam de todas as maneiras colocar uma suposta classe de “restante” de pessoas de nações ímpias no reinado do Rei, quarto sinal de heresia perverso tentador da Mensagem dos mil anos de reinado de Cristo, que as rupturas apóstatas era Laodiceia também agregam na mensagem que entregam, sem o revestimento de Imortalidade como bodes expiatórios, também com aplicação das mortes dos mil anos Is 66. 24; A´20. 7 a 9. Para elas, também heresia perversa oposta e tentadora de rupturas supostas reformistas, também sinal da fera.

Os ministrantes bons entendedores sabem, visto que nos dias de Noé não restou restante de ímpio nenhum na terra para contar a história, o restante citado não foi além de oito pessoas 1 Pe 3. 20; 2 Pe 2. 5. Ou seja, restou Noé e sua Família abençoada, referente as pessoas vivas na vinda de Cristo, também aplicamos o “restante”no AUMENTATIVO, ou seja, para os Santos, tanto é que mil ímpios cairão ao lado de um Santo, dez mil a sua direita, mas os Santos não serão atingidos Sl 91. 78. Somente com os “seus olhos olharão, e verão a recompensa dos ímpios” Sl 91. 8; Sl 91. 9; 234; 2; Pv 2. 21…

O Mestre disse: Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra” Mt 5. 5.Ele prometeu converter “restante” de ímpios após a sua vinda para quaisquer fins? Prometeu converter Israelitas endurecidos que rejeitam o Cristo como o Messias Dt 18. 18, 19.Também os fundamentos dos apóstolos Ef 2. 20.Também após a sua vinda, também para quaisquer fins?  Os agregadores de heresias são mansos, jamais, chegam a ranger os dentes quando contestamos as heresias perversas que agregam, restante de ímpios, também de israelitas nas condições citadas, jamais permanecerão na terra após a vinda de Cristo para fins nenhum, também se tratam de sinais de heresias perversos opostos tentadores, também sinais da fera.

O quê? “Restante” de ímpios na terra nos mil anos de reinado de Cristo não se trata de sinal de heresia perverso tentador de rupturas supostas reformistas? É óbvio que sim, tanto é que aplicam o reinado do anticristo para depois da vinda de Cristo, sobre a suposta classe de “restante” de pessoas de nações ímpias citadas, com aplicação das mortes dos mil anos Is 66. 24; Ap20. 7 a 9.Para elas, também sinal de heresia perverso tentador, também sinal da fera.

Mais um contexto confirmando que “restante” de nações na vinda de Cristo, se aplica no AUMENTATIVO, ou seja, para os Santos que têm seus Nomes Escritos no Livro da vida do Cordeiro Ap 17. 8. Tanto é que Paulo também disse: “Nós os que estivermos vivos até a vinda do Senhor, certamente não precederemos os que dormem”1 Ts 4. 15. O pronome “nós”, no sentido citado, aplica-se para a vinda de Cristo, “pois, dada a ordem, com a voz do arcanjo e o ressoar da trombeta de Deus, o próprio Senhor descerá do céu, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro.


Depois disso, “nós”, os que estivermos vivos seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, para o encontro com o Senhor nos ares. E assim estaremos com o Senhor para sempre”1 Ts 4. 15 a 17.

É lamentável vertambém as rupturas apostatas era laodiceiaAp 3. 18. Também tentar vender uma imagem de que também entregam a Mensagem que foi entregue aos SantosJd 3; Ef 2. 20. Se gloriarem de também serem possuidor da linhagem, também agregarem tantas heresias.

Referente as pessoas vivas existentes em toda a terra, mandará o Filho do homem os seus anjos, e eles colherão do seu reino tudo o que causa escândalo, e os que cometem iniquidade.


E lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali haverá pranto e ranger de dentes” Mt 13. 41, 42.
Os Santos jamais serão atingidos Pv 2. 9.

“A terra pranteia e se murcha; o mundo enfraquece e se murcha; enfraquecem os mais altos do povo da terra.


Na verdade a terra está contaminada por causa dos seus moradores; porquanto têm transgredido as leis, mudado os estatutos, e quebrado a aliança eterna.


Por isso a maldição tem consumido a terra; e os que habitam nela são desolados; por isso serão queimados os moradores da terra, e poucos homens restarão” Is 24. 4 a 6.
Restarão os Santos, “restante”, referente a volta de Cristo, referente as pessoas vivas, aplicamos no AUMENTATIVO, ou seja, para os Santos que o Mestre encontrar em conformidade com a Palavra Escrita, jamais agregando sinais de heresias perversos tipo nenhum na mensagem que recebem.

O “restante” de nações que as rupturas apostatas era Laodeceia supõem que se converterão após a vinda de Cristo para os fins citados, Israelitas endurecidos também nas condições citadas, “têm seus nomes Escritos no Livro da vida do Cordeiro”? Ap 21. 47.Jamais.

Além de Israelitas endurecidos cortados da Oliveira verde Rm 11. 17.Que rejeitam o Cristo como o Messias Dt 18.18, 19. Também os fundamentos dos apóstolos Ef 2. 20.Com supostas conversões também após a vinda de Cristo, também sem o Revestimento de Imortalidade, para participarem do Reinado do Rei como um reino sacerdotal sobre os Santos, também não terem os seus nomes Escritos no Livro da vida do Cordeiro Ap 21. 47.Jamais, quinto sinal de heresia perverso da Mensagem dos mil anos de reinado de Cristo que as rupturas apóstatas era Laodiceia também agregam na mensagem que entregam, também sinal de heresia perverso oposto tentador, também sinal da fera, cuidado, a fornalha de fogo está prestes a ser aquecida para o acerto de contas com todos os agregadores de heresias Mt 13. 41, 42.

Sexto sinal de heresia perverso da Mensagem dos mil anos de reinado de Cristo, que as rupturas apóstatas era Laodiceia também agregam na mensagem que entregam, descida de uma suposta cidade dos céus no final dos mil anos para servir de morada para os Santos, também heresia perversa oposta tentadora, profetizada por Helém G. Whit, profetisa de rupturas adventistas.

Sétimo sinal de heresia oposto e perversotentador,da Mensagem dos mil anos de reinado de Cristo que as rupturas apóstatas era Laodiceia também agregam na mensagem que entregam, anátema profano de que serão as forças de guerras Israelitas compostas também por israelitas endurecidos nas condições citadas, a “Jerusalém Pedra de Peso”Zc 12. 1, 3.

Contextos básicos: “Eis que eu farei de Jerusalém um copo de tremor para todos os povos em redor, e também para Judá, durante o cerco contra Jerusalém.
E acontecerá naquele dia que farei de Jerusalém uma pedra pesada para todos os povos; todos os que a carregarem certamente serão despedaçados; e ajuntar-se-á contra ela todo o povo da terra”Zc 12. 2, 3.Jamais será as forças de guerras israelitas o “Israel Pedra Pesada”, se fossem eles, jamais seriam derrotados pelas forças de guerras estrangeiras no Megido.

O que? Não serão derrotadas no Megido? É óbvio que sim, tanto é que a “Cidade de Jerusalém será tomada” pelas forças aliadas, as casas dos israelitas “serão saqueadas, as suas mulheres serão forçadas; e metade da cidade sairá levada para o cativeiro” Zc 14. 2.Principal evidências de que não serão eles a “Jerusalém Pedra Pesada” Zc 12. 1, 3.Se fosse, jamais permitiriam os inimigos tomarem a Cidade, saquearem, e forçarem suas mulheres…

Visto que Cristo na sua vinda descerá no Monte das Oliveiras com todos os Santos com Ele Zc 14. 5.“Um exército poderoso, que obedece a sua ordem”Jl 2. 11.Os bons entendedores aplicam a “Jerusalém Pedra Pesada” Zc 12. 3.Para o “Exercito Poderoso” citado, composto por Cristo o Cabeça 1 Co 11. Mais os Santos.

Da mesma forma que Cristo é o Cabeça dos homens que obedecem as Instruções Escritas, jamais agregam heresias, o semeador de joio é o cabeça de todos os agregadores de heresias.
Da mesma forma que a Jerusalém que mata os profetas Mt 23. 37; Lc 13. 34…Aplica-se tanto para os israelitas endurecidos de antes de Cristo que mataram os profetas, também para os endurecidos que mataram o Enviado Dt 18. 18, 19.Para os entenebrecidos que continuam matando, no sentido de negá-lo como o Messias Dt 18. 18, 19.Também os fundamentos dos apóstolos Ef 2. 20.Os bons entendedores aplicam “o Israel Pedra Pesada” Zc 12. 3. Do Armagedom, para o “Exercito poderoso”Jl 2. 11.Citado, composto por Cristo o Cabeça,mais os Santos Zc 13. 5.Se farão presentes com Ele no Monte naquele dia Zc 14. 5.Homens guerreiros como Abraão, Josué, os homens valentes que ajudaram ele a colocar o povo de Israel de volta na sua terra, Davi, os guerreiros que serviram o Deus Altíssimo e defenderam o reino de Israel durante os quarenta anos do seu reinado, os demais grandes reis que também serviram o único Deus Imortal e reinaram em Israel, os valentes nas condições citadas que defenderam o reino, “Um Exército Poderoso que obedece a sua voz”Jl 2. 11.Tanto é que os aliados tentarão fugir Zc 14. 5.Não conseguirão, cairão nos vales entre os Montes de Israel Ex 39. 4.Serão sepultados em terras israelitas Ez 38. 11.

Oitavo sinal de heresia perverso da Mensagem dos mil anos de reinado de Cristo que as rupturas apóstatas era Laodiceia também agregam na mensagem que entregam, anátema profano de que serão os israelitas endurecidos nas condições citadas, com supostas conversões após a vinda de Cristo, que “chorarão amargamente arrependidos diante d‘Ele naquele dia” Zc 12. 10,11. Também heresia perversa oposta tentadora, também sinal da fera, chorarão amargamente por Ele naquele Dia, homens como Abraão Isaque e Jacó, Moisés, Josué, os guerreiros que serviram o único Deus de Moisés na liderança de Josué, Davi, os guerreiros que serviram o Deus Altíssimo e defenderam o reino de Israel durante os quarenta anos do seu reinado, os demais grandes reis que também serviram o único Deus Imortal e reinaram em Israel, os valentes nas condições citadas que defenderam o reino, João Batista, Sacarias, homens como os profetas que morreram antes dos israelitas sacrificarem o Messias e não sabem da crueldade deles contra o Enviado Dt 18. 18, 19. Serão homens como eles que chorarão amargamente por Ele naquele Dia, ao saberem da crueldade dos israelitas endurecidos, ao saberem que a maioria dos israelitas ficaram de fora do Reino, por rejeitarem o Cristo como o Messias Dt 18. 18, 49.Também os fundamentos dos apóstolos Ef 2. 20.

Nono sinal de heresia perverso da Mensagem dos mil anos de reinado de Cristo, que as rupturas apóstatas era Laodiceia também agregam na mensagem que entregam, aplicação do “choro” Zc 8. 23.Naquele Dia, para israelitas endurecidos cortados da oliveira verdeRm 11. 17. Por rejeitarem o Cristo como o Messias Dt 18. 18, 49.Também os fundamentos dos apóstolos Ef 2. 20. Para israelitas cortados, com suposta conversões no Grande Dia, também sinal de heresia perverso tentador opostos a Instrução, também sinal da fera.

“Assim diz o Senhor dos Exércitos: Naquele dia sucederá que pegarão dez homens, de todas as línguas das nações, pegarão, sim, na orla das vestes de um judeu, dizendo: Iremos convosco, porque temos ouvido que Deus está convosco” Zc 8. 23. Com argumentos profanos de que serão os Santos estrangeiros que pegarão na ponta do vestido deles dizendo? “Vamos convosco, por que sabemos que Deus está convosco”, também heresia perversaoposta tentadora, também sinal da fera.

Os bons entendedores sabem, a Profecia citada já foi cumprida, os primeiros Santos estrangeiros que pegaram na ponta do vestido de um judeu no sentido espiritual da Palavra para cumprir o Contexto citado, foram Cornélio e sua casa, se batizaram pelo judeu Pedro At 10. 16 a 48. E passaram a fazer parte da mesma fé.

A Profecia citada vem se cumprindo também com Pessoas estrangeiras como nós, que pegamos na ponta do vestido de homens judeus como os profetas e os apóstolos, no sentido de aceitar a instrução que eles passaram Ef 2. 20.E também fazemos parte da mesma fé.

Décimo sinal de heresia perverso de rupturas supostas reformistas, da Mensagem dos mil anos de reinado de Cristo, que as rupturas apóstatas era LaodiceiaAp 3. 18.Também agregam na mensagem que entregam para as pessoas que ministram, anátema profano de que Cristo já exerce também a Função de Sumo Sacerdote nos céus, também heresia perversa oposta tentadora, também sinal da fera, no momento contamos com Ele nos céus exercendo a função de Mediador 1Tm 2. 5. Na qualidade de Advogado 1Jo 2. 1. Nasceu da ordem de Melquisedeque Hb5. 10; 6. 20; 7. 17. Da ordem, significa dizer: Que quando Ele voltar At 1. 11; Lc 19. 12.Tomará os domínios dos reinos Dn7. 15; Ap 11. 15. Mandará filhos de estrangeiros que serviram o único Deus de Abraão e morreram, filhos de estrangeiros que servem, edificarem os muros de Jerusalém Is 60. 10. Construírem também o Templo Zc6. 12, 13.Em condições de fazer o que os Sumos Sacerdotes do Ministério de Melquisedeque Hb7. 1; Hb5. 10; 6. 20; 7. 17.Também os do ministério de Arão Nm 4. 1 a 4, 27. Fizeram em Jerusalém, no Templo Zc 6. 12, 13.Que também mandará construir, também em Jerusalém, exercerá também a Função de Sumo Sacerdote ao mesmo tempo, como fez Melquisedeque também em Salém Hb 7. 1.
Décimo primeiro sinal de heresia perverso da Mensagem dos mil anos de reinado de Cristo, que as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Também agregam na mensagem que entregam,também o ensinamento perverso de que os Santos regerão a suposta classe de restante de nações ímpias citadas, também se trata de mais um sinal de heresia perversooposto tentador, também sinal da fera, os bons entendedores sabem,será o Rei que regerá todos os participantes do Reino em geral Ap 2. 26, 27.Com o bastão de comando, ou seja, com o cetro da Palavra, “a vara de ferro”, aplica-se a Palavra de Deus, regerá os Santos por meio da Palavra de Deus Escrita, que jamais se afastará da sua boca Is 2. 1 a 6; Mq 4. 1, 2…

Mais dois contextos confirmando! E ao que vencer, e guardar até ao fim as minhas obras, eu lhe darei poder sobre as nações,
E com vara de ferro as regerá; e serão quebradas como vasos de oleiro; como também recebi de meu Pai” Ap 2. 26, 27.

O poder que os Santos receberão sobre as nações ímpias, aplica-se ao fato de que os Santos serão revestidos de imortalidade 1 Co 15. 51 a 53. Os ímpios jamais, os Santos participarão do Reino, os ímpios jamais.
O termo “regerá”, aplica-se ao fato de que o Rei regerá os Santos com a vara da correção da Palavra, que não se afastará da sua boca, ou seja, com a Palavra de Deus, confirmação! “E deu à luz um filho homem que há de reger todas as nações com vara de ferro; e o seu filho foi arrebatado para Deus e para o seu trono”Ap 12. 5…

Decimo segundo sinal de heresia profano que as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Também agregam na Mensagem do Reino milenar Messiânico, a aplicação perversa de todas as nações da terra que serão convocadas a pegarem a Estrada, ou seja, o Caminho Santo Is 35. 8. Rumo a Jerusalém Is 2. 1, 3; Is 60.11; Mq 4. 1, 2. Zc 14. 16, 17…Participarem das convocações gerais milenar Is 60. 11…Para um restante de nações ímpias, que a mensagem deles também tenta de todas as maneiras colocar no reinado de Cristo, sem o revestimento de imortalidade como bodes expiatórios, com supostas conversões após a vinda de Cristo, com aplicação das mortes dos mil anos Is 66. 24; Ap 20. 7 a 9. Para elas, também sinal de heresia perverso oposto tentador, também sinal da fera, foi dito: Restante de nações em catástrofes como os dias de Noé, que restou apenas oito pessoas justas 1 Pe 3. 20; 2 Pe 2. 5.Vinda de Cristo, que Ele mandará aquecer a fornalha de fogo, para acertar contas com todos os agregadores de heresias Mt 13. 41, 42. Jamais se aplica no diminutivo, ou seja, para uma suposta classe de “restante” de nações ímpias citadas, os bons entendedores aplicam no AUMENTATIVO, no sentido de que os participantes do Reino em geral continuarão sendo seres humanos, iguais os habitantes do Jardim do Éden Gn 2. 15.Também revestidos de imortalidade 1 Co 15. 51 a 53.Os habitantes do Éden eram Sl 8. 5.Continuaremos sendo seres humanos, jamais iguais a anjos celestiais.
Os bons entendedores sabem, Cristo vem para julgar, ou seja, condenar as pessoas agregadoras de heresias Rm 5. 6 a 8; Is 59. 18; Ap 20. 11, 12…Jamais para dar uma segunda oportunidade de conversões para quem quer que seja, confirmação! “O qual recompensará cada um segundo as suas obras; a saber:


A vida eterna aos que, com perseverança em fazer bem, procuram glória, honra e in corrupção; mas a indignação e a ira aos que são contenciosos, desobedientes à verdade e obedientes à iniquidade”Rm 2. 6 a 8.
“Conforme o que fizeram
lhes retribuirá: aos seus inimigos, ira; aos seus adversários, o que merecem; às ilhas, a devida retribuição”Is 59. 18.

“Mas a indignação e a ira aos que são contenciosos, desobedientes à verdade e obedientes à iniquidade”Rm 2. 8.Ou seja, obedientes as heresias que recebem.

Será que adianta mensageiros agregadores de heresias ficarem fazendo promessas, prometendo segunda oportunidade de conversões, se a decisão não está nas mãosdeles?  Cristo determinará as coisas segundo o que está Escrito?

Mais Contextos confirmando que Cristo vem para julgar o mundo agregador de heresias, jamais para dar uma segunda oportunidade para ímpios se converterem após a sua vinda para fins nenhum, “e vi um grande trono branco, e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu; e não se achou lugar para eles.

E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras Ap 20. 11, 12.

Visto que está Escrito que os mortos serão julgados “pelas coisas que estão Escritas nos livros, segundo as suas obras”, tanto é quedeu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras Ap 20. 11 a 13. Com os vivos será diferente? Jamais, confirmação! E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo”Ap 20. 15. Da mesma forma que Ele julgará os mortos, julgará também os vivos, na mesma medida, jamais agirá com duas pessoas e duas medidas.

O Evangelho do Reino é pregado para as pessoas se converterem antes de Cristo descer no Monte das Oliveiras Zc 14. 4. Para se cumprir a ProfeciaE o Senhor levanta a sua voz diante do seu exército, porque muito grande é o seu arraial; e poderoso é quem executa a sua ordem; pois o dia do Senhor é grande e muito terrível, e quem o poderá suportar”?   Jl 2. 11.Descerá no Monte das Oliveiras com todos os “Santos” com Ele Zc 14. 4.

Estrangeiros que agregam sinais de heresias perversos na mensagem que recebem, israelitas que rejeitam o Cristo como o Messias Dt 18. 18, 19. Também os fundamentos dos apóstolos Ef 2. 20. Demaistipos os comentados em nossas Páginas Doutrinárias, jamais têm seus nomes Escritos no “Livro da Vida” Ap 17. 8. Jamais farão parte do “Tabernáculo de Davi” At 15. 16.Ou seja, do Israel de Deus Gl 6. 16.Que está sendo restaurado com a Missão dos Santos Mt 28. 19; Mc 16. 15; Lc 24. 47; At 1. 8. Jamais participarão do reinado do Rei para fins nenhum.
“O livro” mencionado no Contesto citado por João Ap 17. 8. Tem uma longa história antes da sua referência Ex. 32. 32; Dan 12. 1.

Razão de o ensinamento perverso de uma suposta conversão de um “restante” de pessoas de nações ímpias para participarem do Reino, sem o revestimento de Imortalidade como bodes expiatórios, com aplicação das mortes dos mil anos Is 66. 24; Ap 20. 7 a 9.Para elas, também de israelitas endurecidos nas condições citadas, para se cumprir a RESTAURAÇÃO de Israel após o “Grande Dia” citado, se tratar de mais dois sinais de heresias perversos que os mensageiros das rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18. Também agregam na mensagem que entregam para as pessoas que ministram, cuidado, a fornalha de fogo está prestes a ser aquecida para o acerto de conta com todos os agregadores e transmissores de heresias Mt 13. 41, 42.

Visto que “Ele será Rei de reis” Ap 17. 14; 19. 16.  Também em Jerusalém Ele estabelecerá um rei para governo dos israelitas, ou seja, o rei Davi para se cumprir as Profecias! O meu servo Davi será rei sobre eles, e todos eles terão um só pastor. Seguirão as minhas leis e terão o cuidado de obedecer aos meus decretos” Ez 37. 24…

Viverão na terra que dei ao meu servo Jacó, a terra onde os seus antepassados viveram. Eles e os seus filhos e os filhos de seus filhos viverão ali para sempre, e o meu servo Davi será o seu líder para sempre” Ez 37. 23, 24.Israelitas entenebrecidos nas condições citadas, não farão parte da Profecia, “não entrará nela coisa alguma que contamine, e cometa abominação e mentira; mas só os que estão inscritos no livro da vida do Cordeiro” Ap 21. 27.

Decimo terceiro sinal de heresia profano que as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Também agregam na Mensagem do Reino milenar Messiânico, também o anátema vergonhoso de que todos os Santos serão estabelecidos como reis e Sacerdotes, todas as Santas estabelecidas como rainhas e sacerdotisas, também heresia perversa oposta e tentadora, também sinal da fera, em Jerusalém regerá o sacerdócio judaico citado Gn 49. 10. O reide Salém já está definido, Ele estabelecera o rei Davi, para se cumprir a Profecia! “Também meu servo Davi reinará sobre eles, e todos eles terão um pastor só; andarão nos meus juízos, e guardarão os meus estatutos, e os observarão” Ez 37. 24.  Para Ele poder ser Rei de reis Ap 1. 5; 19. 16…Em cada país estrangeiro em volta de Israel, Ele escolherá aqueles dentre os Santos estrangeiros, que Ele julgar que sejam capazes de ministrar a função de rei, para ministrar os países estrangeiros distantes de Jerusalém.
Para exercer as funções de sacerdotes e ministrarem nas luas novas e nos Sábados Is 66. 24.A nível local nos países estrangeiros distantes, Ele escolherá aqueles dentre os Santos estrangeiros que Ele julgar que tenham capacidade para exercerem as funções de Sumo Sacerdote.

Serão os sacerdotes estrangeiros que conduzirão os reis estrangeiros, os demais participantes do Reino estrangeiros a subirem em Jerusalém nas devidas convocações gerais milenar servirem o Rei com as suas riquezas, ou seja, com os seus dízimos Is 60. 11; Is 2. 1 a 3; Mq 4. 1, 2.  Onde serão regidos com o cetro de ferro, ou seja, com a Palavra de Deus que não se afastará da boca do Grande Rei e Sumo Cristo Gn 59. 10; Is 11. 4; Ap 2. 16, 27; Ap 12. 5.

As pessoas que subirão a Jerusalém em busca da Instrução da Palavra Is 2. 1 a 3; Mq 4. 1, 2; Is 60. 11. Jamais se aplica para um“restante” de mações ímpias com supostas conversões após a vinda de Cristo para fins nenhum, o sacerdócio judaico que ministrará em Jerusalém nas devidas convocações gerais milenar, jamais se aplica para israelitas endurecidos e cortados da Oliveira verde Rm 1. 17.Também com supostas conversões após a vinda de Cristo para fins nenhum.

As Pessoas que subirão em Jerusalém nos mil anos de reinado de Cristo para os fins citados, se tratam dos israelitas das demais onze tribos de Israel que serviram o único Deus Eterno e também morreram quanto os que servem, que habitarem as demais cidades do país de Israel, os estrangeiros que também serviram o único Deus de Abraão e também morreram; também os que servem, que habitarem os países em volta de Israel Ez 36. 36.Ambos serão convocados pelo sacerdócio restritos aos filhos de Judá citados que também servirão a o único Deus de Isaque e também morreram; restritos aos que servem,a pegarem a Estrada Is 35. 8.Ou seja, o Caminho Santo, rumo a Jerusalém, participarem dos trabalhos gerais de adoração milenar, nas devidas convocações gerais milenar em Jerusalém Is2. 1 a 3; Mq4. 1, 2.Para fazer as Profecias citadas acima se cumprirem.

Quem sabe deve passar para frente, quem não sabe deve aprender bem antes de transmitir, para não passar heresias para as pessoas, como acontece também com os ministrantes das rupturas apóstatas era LaodeceiaAp 3. 18.Que somente na doutrina dos mil anos de reinado de Cristo passam mais de treze sinais de heresias perversos a maioria de rupturas supostas reformistas para as pessoas que ministram.

A RESTAURAÇÃO DE ISRAEL

“Onde está o recém-nascido rei dos judeus? Mt 2. 2. O problema do povo de Israel não é a falta de um Cabeça, um Líder, isso eles têm, se trata do Grande Rei e Sumo Cristo.

O maior problema deles é a divisão 1 Rs 11. 29 a 43; 12. 1ª 33; 14. 21. 31. Também o adultério da maioria deles na Palavra de Deus, a rejeição da maioria deles ao seu Grande Líder e Mestre Cristo.

Além de Ele ter pegado Israel dividido, com Missão de restaurá-los, para cumprir as Promessas do Pai: “Depois disto voltarei,e reedificarei o tabernáculo de Davi, que está caído, levantá-lo-ei das suas ruínas, e tornarei a edificá-lo”At 15. 16.

Pegou-os completamente arruinados, recebendo a mensagem completamente contaminada com regras de homens, ou seja, com sinais de heresias perversos que Ele chamou de fermentos dos fariseus Mt 16. 6,11, 12.

Para piorar a situação, a maioria deles rejeitam o enviado Dt 18. 18, 19. Como seu Grande Rei e Sumo, rejeitam também os fundamentos dos apóstolos Jd 3; Ef 2. 20.

Tentam o único Deus de Abração seu pai, no sentido de tentar servi-lo, obedecendo somente os fundamentos dos profetas, forçaram o Altíssimo a cortá-los da Oliveira verde Rm 11. 17.Também na dependência de terem que aceitar o seu Líder e Sumo, também os fundamentos dos apóstolos Ef 2. 20.Tambémserem enxertados Rm 11. 23.Ou seja, batizados em seu Nome, para remissão de pecados At 2. 38; 4. 12; 8. 16; 10. 48…   Se quiserem serem salvos. Ai está o grande problema deles, aceitar a sua Pessoa como seu Rei e Sumo.

Além da RESTAURAÇÃO depender da aceitação deles ao seu Grande Rei e Sumo Cristo, Ela precisa acontecer antes da sua volta, ou seja, antes de Ele se manifestar nas nuvens do céu 1 Ts 4. 15 a 17…

Antes de Ele descer no Monte das Oliveiras Zc 14. 4. Para se cumprir a Profecia “E o Senhor levanta a sua voz diante do seu exército, porque muito grande é o seu arraial; e poderoso é quem executa a sua ordem; pois o dia do Senhor é grande e muito terrível, e quem o poderá suportar”?   Jl 2. 11.
Descerá no Monte das Oliveiras com todos os “Santos” com Ele Zc 14. 4.

Israelitas entenebrecidos que rejeitam as condições citadas, também estrangeiros que agregam sinais de heresias perversos na mensagem que recebem, jamais têm seus nomes Escritos no “Livro da Vida” Ap 17. 8. Jamais farão parte do “Tabernáculo de Davi” At 15. 16.Ou seja, do Israel de Deus Gl 6. 16.Que está sendo restaurado com a Missão dos Santos Mt 28. 19; Mc 16. 15; Lc 24. 47; At 1. 8. Jamais participarão do seu reinado para fins nenhum.

“O livro” mencionado no Contesto citado por João Ap 17. 8. Tem uma longa história antes da sua referência Ex. 32. 32; Dan 12. 1.

Razão de o ensinamento perverso de uma suposta conversão de um “restante” de nações ímpias para participarem do Reinado Cristo, sem o revestimento de Imortalidade como bodes expiatórios, com aplicação das mortes dos mil anos Is 66. 24; Ap 20. 7 a 9.Para elas, da RESTAURAÇÃO de Israel após o “Grande Dia” citado, se tratar de mais dois sinais de heresias perversos que os mensageiros das rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18. Também agregam na mensagem que entregam para as pessoas que ministram, cuidado, a fornalha de fogo está prestes a ser aquecida para abrasar todos os agregadores de heresias Mt 13. 41, 42. Ou seja, de regras de homens opostas as Instruções Escritas.

Embora os samaritanos são considerados por Deus como uma mulher prostituta, leia o Texto e confira Os 1. 1 a 11.Também no sentido de adultério na Palavra, o Altíssimo prometeu voltar a fazer de Judá… dos samaritanos, uma só nação”, “nos Montes de Israel” Ez 37.22, 24; Os 1. 11. Por meio do seu Grande Rei e Sumo Cristo Jesus.

A fundação do novo Estado de Israel, foi oficialmente anunciada em 14 de maio de 1948, embora religiosos falsos tenham anunciado como a RESTAURAÇÃO de Israel em partes, também heresia perversa tentadora e incabível, se trata de uma providência Divina para eles voltarem para as suas terras para facilitar a sua evangelização, batismo e sua RESTAURAÇÃO…

O Batismo dos 144. 000, Doze mil de cada tribo Ap 7. 1 a 8.Nos doze anos que os Santos da Galiléia At 10. 37. Evangelizaram Jerusalém, Judeia, os samaritanos de Sanaria, foi uma arrancada na RESTAURAÇÃO de Israel.

“A grande multidão” vista por João em frente do trono Ap 7. 9.Aplica-se as pessoas estrangeiras que também farão parte do Israel de Deus Gl 6. 16.Ou seja, do “Tabernáculo de Davi”, que está sendo Restaurado At 15. 16.Com a Missão dos Santos Mt 28. 19; Mc 16. 15; Lc 24. 47; At 1. 8.

Cornélio e sua casa, foram as primeiras pessoas estrangeiras que foram batizadas para fazerem parte do “TabernáculoAt 10. 1 a 48.Ou seja, do Israel de Deus Gl 6. 16.Que está sendo restaurado.

Quando Cristo voltar, o Israel de Deus Gl 6. 16.Estará completamente restaurado, também com pessoas estrangeiras.

A grande multidão em frente do trono Ap 7. 9.Foi uma demonstração da presença de pessoas estrangeiras nas condições citadas, fazendo parte do Israel restaurado nas convocações gerais milenar em Jerusalém Is 21.6 1 a 3; Is 60. 11; Mq 4. 1, 2…

Serão chamados ‘filhos do Deus vivo” Os 1. 11.Ou seja, farão parte do Israel restaurado, os israelitas que serviram o Deus Altíssimo e morreram, também os que servem, os estrangeiros que também serviram e morreram, também os que servem, quando ambos serem convocados pelo sacerdócio restrito a casa de Judá Gn 49. 10.A pegarem a Estrada, ou seja, o Caminho Santo Is 35. 8.Rumo a Jerusalém,participarem das devidas convocações gerais milenar no Monte Santo Is 2. 1 a 6; Mq 4. 1, 2. Para se cumprirem as Profecias “Farei uma única nação na terra, nos montes de Israel. Haverá um único Rei sobre todos eles, e nunca mais serão duas nações nem estarão divididos em dois reinos” Ez 37. 22. Israelitas endurecidos e cortados da Oliveira verde Rm 11. 17.Pelos motivos citados… jamais farão parte do Israel que está sendo restaurado, jamais participarão do reinado de Cristo para fins nenhum.

Os bons entendedores sabem, para falar da restauração de Israel, é preciso falar também dos filhos dos estrangeiros: Que serviram o Altíssimo e morreram, também dos que servem, também farão parte do “Israel de Deus”Gl 6. 16; At 15. 16. Ou seja, do “Tabernáculo de Davi”Ap 15. 16. Que está sendo Restaurado com a Missão dos Santos Mt 28. 19; Mc 16. 15; Lc 24. 47; At 1. 8.

Também serão convocados, a também pegarem a Estrada, ou seja, o Caminho Santo Is 35. 8.Rumo a Jerusalém participarem das convocações gerais milenar Is 2. 1 a 6; Mq 4. 1, 2.Confirmação! “E os filhos dos estrangeiros, que se unirem ao Senhor, para o servirem, e para amarem o nome do Senhor, e para serem seus servos, todos os que guardarem o Sábado, não o profanando, e os que abraçarem a minha Aliança, também os levarei ao meu Santo Monte, e os alegrarei na minha Casa de oração; os seus holocaustos e os seus sacrifícios serão aceitos no meu Altar; porque a minha Casa será chamada Casa de oração para todos os povos” Is 56. 6, 7.

“A Casa que será chamada Casa de oração para todos os povos” Is 56. 6, 7.Aplica-se ao Templo, que o Sumo Cristo mandará Construir Zc 6. 12. 13.Também em Jerusalém, para exercer também a função de Sumo Sacerdote ao Mesmo tempo, como fez Melquisedeque também em Salém Hb 7. 1.Ou seja, em Jerusalém.

Se tratam de pessoas de nações estrangeiras como nós, também amam o Senhor, também guardam o Sábado… Jamais agregam sinais de heresias perversos tipo nenhum na Mensagem que recebem, também serão convocados a subirem o Monte Santo Is 35. 8.Participarem das convocações gerais milenar com as suas riquezas Is 60. 11. Ou seja, com os seus dízimos, para se cumprir também as Profecias Is 2. 1 a 3; 60. 11; Is 56. 6, 7; Mq 4. 1, 2.

Também a Profecia de Ap 7. 9. “Não entrará nela” ou seja, na Cidade Santa, “coisa alguma que contamine, e cometa abominação e mentira; mas só os que estão inscritos no livro da vida do Cordeiro”Ap 21. 27.

Aplica-se ao fato de que israelitas endurecidos e cortados da Oliveira verde Rm 11. 17.Que rejeitam o Cristo como o seu Grande Rei e Sumo, também os fundamentos dos apóstolos Jd 3; Ef 2. 20.Jamais têm “seus nomes Escritos no Livro da Vida do Cordeiro”?
Estrangeiros agregadores e transmissores de heresias também não têm.

Pessoas como as citadas que não têm seus nomes Escritos, jamais subirão a Estrada, ou seja, o Caminho Santo rumo a Jerusalém

 

 

A VERDADE SOBRE OS DOIS SISTEMAS DE DÍZIMOS EM GERAL

Mensageiros dos milhares de rupturas religiosas querem falar de dízimos, misturam tudo, por não entenderem que o sistema de dízimos e ofertas que o único Deus de Abraão já não suportava mais Is 1. 13; Os 2. 11.Que Cristo pregou no madeiro na sua morte Ef 2.15; Cl 2.14, 16; Gl 4. 10. Se tratava de um sistema cerimonial com fins festivos que os israelitas colhiam antes da liberação da colheita e entregavam no Santuário nacional deles em Jerusalém para manter principalmente as três grandes e principais festas israelitas que eram realizadas no Santuário Nacional deles no Monte Santo, ou seja, a festa da páscoa Lv 23. 4 a 8; Dt 16. 1 a 8.Pentecoste Lv 23. 15 a 24; Dt 16. 9 a 12.Também a festa dos Tabernáculos Lv 23. 33 a 44; Dt 16. 13 a 17.A quantia mínima que os israelitas podiam entregar, era de no mínimo 1/ 6%, de toda a produção, referente aos animais, não ia além dos primogênitos Ex 13. 2…Que eram destinados para os sacrifícios, que eram sacrificados a tarde do dia 14 se (nisã), na celebração da páscoa Ex 12. 5; Lv 23. 5.Eram dos primogênitos citados, que saiam as carnes que os levitas assavam e também serviam na mesa na noite do “Grande Dia” 15 de (nisã) Ex 13. 3, 10; Ex 12. 8, 42; Jo 19. 31. Para os israelitas comerem a Ceia.

Todo o sistema cerimonial com fins festivos abolido citado, era destinado a Jerusalém, para manter principalmente as três grandes e principais festas israelitas citadas, foi o sistema citado, que foi cravado no madeiro por Cristo Jesus na sua morte, por se tratar daquele sistema que o Deus Altíssimo já não suportava mais Is 1. 13; Os 2. 11.Confirmação Ef 2.15; Cl 2.14, 16; Gl 4. 10.Cristo jamais alterou Regulamento da lei de Deus, além da lei cerimonial.

Na festa da páscoa por exemplo, as espigas do trigo eram colhidas e entregues ainda verdes, os sacerdotes precisavam torrar as espigas para preparar os pães sem fermentos para a Ceia, jamais se tratava de um sistema para manter sacerdócio, mas sim para manter principalmente as três grandes e principais festas israelitas temporárias também citadas, que eram realizadas no Santuário nacional israelita em Jerusalém.

Era do sistema cerimonial e festivo abolido citado que os israelitas dizimistas, os pobres, os órfãos, as viúvas os eunucos, também podiam comer no “lugar que escolheu o Senhor”Dt 14. 23.Ou seja, no Santuário Nacional deles em Jerusalém, nas principais festas israelitas citadas, na festa da páscoa por exemplo, comiam carne de animais primogênitos assadas a vontade, pães sem fermentos, tomavam vinho a vontade, bebiam também ervas amargas, tudo que eles também comiam e bebiam na Ceia, fazia parte do sistema cerimonial e festivo abolido citado dizimado e ofertado pelos israelitas.

Os ministrantes bons entendedores sabem, todo o sistema cerimonial com fins festivos citado cessou, com a morte do último Cordeiro pascoal 1 Co 5. 7.Que foi sacrificado Mt 17. 46.Se tratava de um sistema, que não tem nada a ver, com o sistema de 10%, de toda a produção que os israelitas colhiam após a liberação da colheita, que os israelitas começavam a colher após a festa do Pentecoste Lv 23. 15 a 24; Dt 16. 9 a 12. A festa citada era realizada para liberar a colheita, os dízimos citados jamais era destinado ao Santuário nacional israelitas para manter festas, todo o sistema era destinado a fazenda dos levitas filhos de Gersom e MerariNum 35. 1 a 3. Para sustento deles… referente aos animais, jamais continha primogênitos.

Dos 10% citado que não continha nada cerimoniais e mem festivos, que eram entregues para manter o sacerdócio da casa de Arão, continua sendo entregues para manter os Ministrantes de Cristo, referente aos   animais, os israelitas dizimavam somente os que passavam debaixo da vara Lv 27. 32.

 

É do sistema de 10% citado, que saia os dízimos dos dízimos Num 18. 26; Nem 10. 38.Que eram destinados para manter a Casa de Arão Ml 3. 10. Um sistema que não contem nada cerimonial e nem festivo, que passou a manter os ministrantes de Cristo Ef 4. 11 a 13; 1 Co 12. 28. Na evangelização do mundo Mt 28. 19; Mc 16. 15, Lc 24. 47. Um sistema que é dizimado pelos seguidores de Cristo de todas as nações da terra.

O termo, “trazei todos os dízimos a casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa” Ml 3. 10. Tanto podia ser aplicado para o sistema de dízimos e ofertas cerimoniais com fins festivos citados, referente as sementes e os grãos da terra, era colhido antes da liberação da colheita, referente aos animais, somente os primogênitos Ex 13. 2.Todo o sistema era destinado a Jerusalém, para manter principalmente as três grandes e principais festas israelitas citadas, se tratava daquele sistema que o Deus Eterno já não suportava mais Is 1. 13; Os 2. 11.Todo o sistemacessou, com a morte do último Cordeiro pascoal 1 Co 5. 7.Que foi sacrificado Mt 17. 46. Confirmação Ef 2.15; Cl 2.14, 16; Gl 4. 10.

O termo, “trazei todos os dízimos a casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa” Ml 3. 10. Pode ser aplicado também para o sistema que não continha nada cerimonial e nem festivo, jamais era entregue em Jerusalém para manter festas tipos nenhuma, era entregue na fazenda dos levitas filhos de Gersom e MerariNum 35. 1 a 3. Para sustento deles, entregavam os dízimos dos dízimos Num 18. 26; Nem 10. 38.Para manter também a casa de Arão, referente os das sementes e dos grãos da terra, eram colhidos após a liberação da colheita que começava após a festa do Pentecoste Lv 23. 15 a 24; Dt 16. 9 a 12. Que era realizada cinquenta dias depois da páscoa, para liberar a colheita, referente aos animais, somente os que passavam debaixo da vara Lv 27. 32.De cada 10 animais que passavam debaixo, um era separado como dízimo, também evidencia de que a quantia a ser entregue é de 10%, de toda a renda do dizimam-te Pv 30. 10.Tanto é que onze tribos de Israel sustentavam uma, ou seja, sustentava a tribo de Levi, mais as festas, que eram mantidas com os cerimoniais com fins festivos também citados.

O sistema de 10%, trata-se daquele sistema que manteve o sacerdócio de MelquisedequeGn 14. 20; 28. 22.Manteve também o sacerdócio de Arão em geral Ml 3. 10.Era do sistema citado, que saia os dízimos dos dízimos Num 18. 26; Nem 10. 38. Que eram destinados para manter a Casa de Arão, jamais é temporário, por não conter nada cerimonial e nem festivo, razão de continuar em atividades até os dias de hoje, para manter os Ministrantes de Cristo, na evangelização do mudo Mt 28. 19; Mc 16. 15; Lc 24. 47.

 

O termo “trazei todos os dízimos a casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa” Ml 3. 10. Já foi comentado, aplica-se ao fato de que os israelitas não deveriam deixar faltar mantimento no Santuário nacional deles em Jerusalém, para manter as festas, que dependiam de sacrifícios de cordeiros Lv 23. 4 a 44. Ex 12. 6; Lv 23. 5. Aquele sistema que o único Deus de Moisés já não suportava mais Is 2. 13; Os 2. 11. Aquele sistema que Cristo cravou no madeiro na sua morte Is 1. 13; Os 2. 11; Ef 2.15; Cl 2.14, 16; Gl 4. 10.Por se tratar de um sistema temporário cerimonial com fins festivos.

O termo “trazei todos os dízimos a casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa”Ml 3. 10. Aplica-se também no sentido de que os israelitas não deveriam deixar faltar nada também na fazenda dos levitas filhos de Gersom e MerariNum 35. 1 a 3.Para sustento deles, também da casa de Arão, com os dízimos dos dízimos que lhes eram enviados pelos filhos de Gersom e Merari Num 18. 26; Nem 10. 38.Ambos os sistema foram comentados.

A partir da morte de Cristo, da cessação dos sacrifícios de cordeiros, das festas cerimoniais e festivas Is 1. 13; Os 2. 11;Ef 2.15; Cl 2.14, 16; Gl 4. 10. Os dizimistas passaram a entregar somente a quantia de 10% também citada, de toda a sua renda Pv 3. 9.Para manter os ministrantes de Cristo na expansão do Reino Mt 28. 19; Mc 16. 15; Mc 24. 47.

Quando Moisés ainda liderava os israelitas rumos à terra prometida, os advertiu dizendo: Quando a bênção de Deus chegar à voz na terra prometida Dt 28. 1 a 8. Reconheçam o vosso estado de devedor para com Deus, não somente pelo fato de Ele vos ter libertado da escravidão do Egito, mas também pela fertilidade da terra.

De uma vista que era uma obrigação Nacional e ao mesmo tempo individual, os israelitas reconhecer o seu estado de devedores para com Deus, principalmente pela fertilidade da terra Ex 34. 22; Lv 23. 10, 20, 39; Nm 15. 19, 20; Dt 26. 2 a 11. Também é uma obrigação nossa.

Quando os israelitas entregavam o  sistema de dízimos cerimoniais para fins festivos citados no Santuário nacional deles em Jerusalém, para manter principalmente as três grandes e principais festas israelitas citadas, aquele sistema que o único Deus Altíssimo já não suportava mais Is 1. 13; Os 2. 11.Aquele sistema que Cristo cravou no madeiro na sua morte Ef 2.15; Cl 2.14, 16; Gl 4. 10. Quando entrevavam também o sistema de dízimos de 10%, que jamais continha nada cerimoniais e nem festivos, que eram entregues na fazenda dos filhos de Gersom e MerariNum 35. 1 a 3. Para sustento deles, também da casa de Arão, os sacerdotes cantavam o Salmo 30.

 

Exaltar-te-ei, ó SENHOR, porque tu me exaltaste; e não fizeste com que meus inimigos se alegrassem sobre mim.

Senhor meu Deus, clamei a ti, e tu me saraste.
Senhor, fizeste subir a minha alma da sepultura; conservaste-me a vida para que não descesse ao abismo.

Cantai ao Senhor, vós que sois seus santos, e celebrai a memória da sua santidade.

Porque a sua ira dura só um momento; no seu favor está a vida. O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.

Eu dizia na minha prosperidade: Não vacilarei jamais.

Tu, Senhor, pelo teu favor fizeste forte a minha montanha; tu encobriste o teu rosto, e fiquei perturbado.

A ti, Senhor, clamei, e ao Senhor supliquei.
Que proveito há no meu sangue, quando desço à cova? Porventura te louvará o pó? Anunciará ele a tua verdade?

Ouve Senhor, e tem piedade de mim, Senhor; sê o meu auxílio.

Tornaste o meu pranto em folguedo; desataste o meu pano de saco, e me cingiste de alegria, para que a minha glória a ti cante louvores, e não se cale. Senhor, meu Deus, eu te louvarei para sempre.

A falta de conhecimentos gerais nas Escrituras da parte do governo dos congregacionais também é tamanha, que além de terem abandonado também os sistemas de dízimos em geral, também colorem suas páginas doutrinarias… também com argumentos perversos de que os dízimos que os dizimistas, os pobres, os órfãos, as viúvas os eunucos, também podiam comer Dt 14. 22 a 26. Também com aplicação para os sistemas de dízimos em geral, os bons entendedores sabem, os dízimos que os dizimistas, os pobres, os órfãos, as viúvas os eunucos, também podiam comer no “lugar que escolheu o Senhor” Dt 14. 22 a 26. Ou seja, no Santuário Nacional deles em Jerusalém, aplica-se para aquele sistema cerimonial que eram entregues para fins festivos citados, que o único Deus também do sacerdócio de Melquisedeque já não suportava mais Is 2. 13; Os 2. 11. Aquele sistema que Cristo cravou no madeiro na sua morte Is 1. 13; Os 2. 11; Ef 2.15; Cl 2.14, 16; Gl 4. 10.

Tanto é que da morte de Cristo para cá, quem mata um animal em sacrifícios… é como se mata-se um homem. “Quem mata um boi é como o que tira a vida a um homem; quem sacrifica um cordeiro, como o que quebra o pescoço a um cão; quem oferece uma oblação, como o que oferece sangue de porco; quem queima incenso, como o que bendiz a um ídolo. Porquanto eles escolheram os seus próprios caminhos, e tomam prazer nas suas abominações” Is 66. 3. Foi o sistema cerimonial com fins festivos citado, que Cristo cravou no madeiro Is 1. 23; Os 2. 11; Ef 2.15; Cl 2.14, 16; Gl 4. 10.

 

Quando o único Deus de Jacó tirou Israel do Egito Ex 12. 42. Ele determinou que todos os primogênitos de Israel, tanto dos homens quanto dos animais fossem separados para Ele Ex 13. 1.

 

Os primogênitos dos animais para representar o Cordeiro de Deus 1Co 5. 7. Quando eram sacrificados no Santuário nacional israelitas em Jerusalém.

Os primogênitos de Israel Ex 13. 1. Para ajudarem o sacerdócio da casa de Arão, no serviço do Santuário.

Os filhos de Levi foram três, Gersom, Coate e Merari 1 Cr 6. 16.

Coate era o segundo filho de Levi 1 Cr 6. 16. Era avô de Moisés e de Arão.

Todos os Sumos Sacerdotes eram escolhidos da casa de Coate.

Arão era filho de Coate 1 Cr 6. 2.Devendo o Cargo de Sumo Sacerdote ser hereditário a sua preeminência, ou seja, a sua Família Nm4. 1 a 4, 27.

Não tinha ficado combinado que a geração dos outros dois filhos de Levi, ou seja, os filhos de Gersom e Merari seriam separados para ajudarem Arão no Serviço do Santuário em Jerusalém.

Quem ajudaria seriam os primogênitos de Israel Ex 13. 1.

Moisés ainda estava vivo, quando os israelitas começaram a murmurar por causa disso, ou seja, a reclamar que o sistema tiraria os seus filhos primogênitos de casa, ficariam sem eles para o serviço do dia a dia, quando entrassem na terra.

Enquanto caminhavam pelo deserto, os israelitas faziam pressão para Moisés encontrar outro jeito de ajudar Arão no Serviço do Santuário, sem tirar os seus filhos primogênitos de casa.

Precisariam dos filhos primogênitos, principalmente para ajudar a cuidar dos rebanhos e da agricultura quando entrassem na terra prometida.

Lembra, que Davi fazia isso, cuidava dos rebanhos do seu pai, Samuel mandou buscá-lo no campo para consagrá-lo 1Sm 16. 11.

 

Para dar um pouco de paz a Moisés, Deus optou pelos levitas filhos de Gersom e Merari como recurso, para ajudar Arão no serviço do Santuário.

Orientou o profeta a separar os dois filhos de Levi citados para este fim.

O fato de as Escrituras confirmarem os levitas filhos de Gersom Nm4. 21, 22.Também os filhos de Merari Nm4. 29, 30. Sendo separados para ajudar Arão no serviço do Santuário, em lugar dos primogênitos de Israel, confirmam que Deus orientou Moisés também para este fim, condicionalmente, os israelitas passariam a dizimar também os 10%, do sistema antigo, ou seja, do sistema de dízimos que sustentou o Sacerdócio de Melquisedeque, para manter a tribo de Levi, ou seja, onze tribos manteria a tribo sacerdotal, concordaram, passaram a contar também com seus filhos primogênitos em casa para ajudá-los nos serviços cotidiano, em compensação passaram a dizimar também os 10% para manter o sacerdócio de Arão, com o corte Rm 11. 17. Com o estabelecimento do novo sacerdócio Ef 4. 11 a 13; 1 Co 12. 28. Os 10% passaram a sustentar os Ministrantes de Cristo na evangelização do mundo.

É vergonhoso ver o governo dos congregacionais tentarem o Deus Altíssimo todos os dias, também no sentido de diminuir também a pessoa do patriarca Abraão, também com argumentos perversos de que ele entregou o dízimo uma única vez, falam da boca para fora, jamais conseguem provar, isso é falso testemunho, também pecado mortal Ex 12. 16.

 

Fazem a mesma coisa com o patriarca Jacó, no sentido de também perverterem as pessoas que ministram também com argumentos perversos de que Jacó não entregava dízimos, se Jacó não tivesse tido que fugir de casa, jamais alguém saberia que ele algum dia dizimou.

Homes que serviram o único Deus verdadeiro como Noé, Sem, Arafaxade, Salá, Hebe, Pelegue, Reú, Serugue, Naor, pai de Abraão, Isaque, Judá, Peres, Erom, pessoas que viveram do diluvio de águas até Arão, não existe relato de que homens do porte deles tenham entregado dízimos, alguém tem condições de provar que não entregaram? É óbvio que ninguém tem condições de provar, embora esteja Escrito que Abraão entregou uma única vez, Bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus inimigos em tuas mãos!” E Abrão deu-lhe o dízimo de tudo” Gn 14. 20.

 

Se Abraão não tivesse ido a guerra, as Escrituras jamais diria que Abraão dizimou Melquisedeque dos despojos de guerra Gn 14. 20.Jamais estaria Escrito que Abraão algum dia dizimou.

Se Abraão entregou os dízimos dos despojos de guerra, é porque o Regulamentos dos dízimos existia para manter o Ministério sacerdotal de Melquisedeque, se não existisse o Regulamento dos dízimos, o sacerdócio de  Melquisedeque teria vivido do quê? Não tem lógica o sacerdócio de Arão ter tido direto de viver dos dízimos, e o de Melquisedeque não, também heresia perversa tentadora. .

Embora não esteja Escrito que Abraão também entregou os dízimos de toda a sua renda para manter o Sacerdócio citado, se não tivesse entregado, jamais a Bíblia diria que Abraão obedeceu o seu Deus em tudo Gn 26. 5.

 

A Mesma coisa eu falo de Jacó: Embora não esteja Escrito que ele tenha entregado os dízimos de toda a sua renda durante toda a sua vida Gn 28. 22.Para ajudar a manter o sacerdócio de Melquisedeque, ninguém tem condições de provar que ele não tenha entregado.

Se Jacó não tivesse que fugir de Casa, as Escrituras jamais diriam nem uma vez que ele prometeu entregar os dízimos de tudo, dizendo: “se Deus me abençoar, entregarei os dízimos de tuto que eu ganhar”Gn 28. 22. O fato de ele ter prometido entregar o dízimo de tudo, principal evidência de que o Regulamento dos dízimos existia para manter o sacerdócio de Melquisedeque, não consigo aceitar a ideia perversa de o sacerdócio de Arão ter tido o direto de viver dos dízimos, e o de Melquisedeque não, coisa de ministrantes que fazem a vontade do semeador de joio, também no sentido de tentam tirar a justiça de Deus, ou seja, tirar o que Deus determinou Rm 10. 3.Para impor a sua própria justiça, ou seja, as suas próprias regras abomináveis tipos as citadas.

Visto que os mensageiros das rupturas religiosas que desprezam também o Regulamento dos dízimos em geral pervertem as pessoas que ministram dizendo que homens como eles não entregavam, também sem provas nenhuma, isso também se trata de falsos testemunhos, o Regulamento contido nos dez Mandamentos básicos da lei de Deus Ex 20. 1 6.Orienta que falso testemunho Ex 20. 16.Também é pecado mortal, os falsos testemunhos deles também neste sentido, também os condenará a ficar de fora do reinado de Cristo…

“Há quem dê generosamente, e vê aumentar suas riquezas; outros retêm o que deveriam dar, e caem na pobreza” Pv 11.24.

 

“Pode um homem roubar de Deus? Contudo vocês estão me roubando. E ainda perguntam: ‘Como é que te roubamos?’ Nos dízimos e nas ofertas. Vocês estão debaixo de grande maldição porque estão me roubando; a nação toda está me roubando. Tragam o dízimo todo ao depósito do templo, para que haja alimento em minha casa. Ponham-me à prova”, diz o Senhor dos Exércitos, “e vejam se não vou abrir as comportas dos céus e derra­mar sobre vocês tantas bênçãos que nem terão onde guardá-las” Ml 3. 8 a 10.

 

“Jesus sentou-se em frente do lugar onde eram colocadas as contribuições e observava a multidão colocando o dinheiro nas caixas de ofertas. Muitos ricos lançavam ali grandes quantias. Então, uma viúva pobre chegou-se e colocou duas pequeninas moedas de cobre, de muito pouco valor. Chamando a si os seus discípulos, Jesus declarou: Afirmo que esta viúva pobre colocou na caixa de ofertas mais do que todos os outros. Todos deram do que lhes sobrava; mas ela, da sua pobreza, deu tudo o que possuía para viver”. Mc 12. 41 a 44.

 

“todos os dízimos da terra, seja dos cereais, seja das frutas pertencem ao Senhor; são consagradas ao Senhor, de alguém desejar resgatar parte do seu dízimo, terá que acrescentar um quinto ao seu valor” Lv 27. 30, 31.

 

“Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas serão acrescentadas a vocês” Mt 6. 33. 

 

É decepcionante ver também o governo dos congregacionais, também abandonarem, também os sistemas dos dízimos em geral, também com argumentos profanos de que nos sistemas de dízimos israelita, não envolvia dinheiro, também mentira perversa, moeda em dinheiro é coisa tão antiga quanto o Regulamento dos dízimos.

O fato de envolver dinheiro nos dízimos festivos das pessoas que moravam longe de Jerusalém, ou seja, se o caminho fosse muito longe, tinha israelitas que moravam em países estrangeiros At 2. 9, 10.O Regulamento autorizava venderem os sues dízimos temporários cerimoniais e festivos citados, viajarem a Jerusalém, em ocasiões das principais festas israelitas, ou seja, da festa da páscoa, pentecostes e tabernáculo Lv 23. 4 a 44. Comprarem produtos que eram consumidos em ambas às festas citadas, entregavam aos sacerdotes da casa de Arão em Jerusalém, era dos dízimos cerimoniais e festivos citados, que os dizimistas, os pobres, os órfãos, as viúvas os eunucos, os estrangeiros que viviam dentro das portas de pessoas israelitas, também podiam comer Dt 14. 22 a 26.

 

Todo mundo sabe, dinheiro em moedas é coisa tão antiga quanto o Regulamento dos dízimos Mt 22. 19; 26. 15; 27. 3, 5, 7; Mc 27. 9; Lc 212. 2.

 

Visto que vivemos a era industrial, os membros da Igreja de Deus espalhadas que trabalham e recebem o seu salário em dinheiro, é óbvio que entregam os seus dízimos em dinheiro, tem outra maneira de entregar? É óbvio que não.

É vergonhoso ver também o governo dos congregacionais perverter pessoas também com argumentos profanos de que é pecado entregar dízimos em dinheiro, e manterem as poucas portas que ministram abertas com ofertas arrecadadas em dinheiro.

Visto que “o menor é abençoado pelo maior”Hb 7. 7.Se os Regulamentos dos dízimos em geral tivessem caído, as ofertas do mesmo sistema estariam de pé por quê? Finalizo dizendo: Respondam para vocês mesmos.

SERÁ MESMO QUE DESCERÁ UMA SUPOSTA CIDADE DOS CÉUS NO FINAL DOS MIL ANOS? AP 21. 2.

Não leu o Tema ainda? Foi elaborado para você ler, uma boa meditação!

“E vi a Santa Cidade, a nova Jerusalém, que descia do céu da parte de Deus, adereçada como uma Noiva ataviada para o seu Noivo” Ap 21. 2. Como explicar?

O Contesto Jamais se refere a uma suposta cidade descendo dos céus no final dos mil anos com os adventistas dentro, para servir de morada também para eles, jamais para fins nenhum.

Para vergonha do Evangelho do Reino, as rupturas apostas era LaodiceiaAp 3. 18.Também comem das mãos de Ellen G. White, profetiza das rupturas adventistas,comprando deles também o ensinamento perverso citado, na tentativa de mostrarem que são diferentes das rupturas adventistas também neste sentido: Pervertem as pessoas que ministram também com argumentos perversos de que a suposta cidade descerá vazia para servir de morada também para eles, mudam de sentido, mais comem também das mãos de mensageiros das rupturas adventistas, agregando também a heresia perversa citada, também heresia tentadora.

Abra a sua Bíblia, leia a Profecia descrita em Ap 21. 12 a 27.E confira, se trata de a um Projeto por Escrito elaborado pelo Deus Altíssimo, orientando como Ele quer que também os muros da Cidade Santa de Jerusalém dos mil anos seja edificado na administração de Cristo, no início do seu reinado Is 60. 10.Achamos por bem dar uma demonstração de que o termo Cidade Santa Ap 21. 2.Tem três aplicações, ou seja, a Cidade, tanto pode ser aplicada para a Cidade de Jerusalém dos mil anos, cujos muros serão restaurados na administração de Cristo, por filhos de estrangeiros que serviram o único Deus de Jacó e morreram, ressuscitarão na vinda do Rei para também participaram do seu reinado, também para os fins citados Is 60. 10.Também por filhos de estrangeiros que servem o Eterno.

O termo Cidade Santa Ap 21. 2.Pode ser aplicado tambémpara o “Templo de Deus”1 Co 3. 16, 2 Co 6. 16. “Que louva o Senhor”Sl 147. 12. Ou seja, para a “Esposa, mulher do Cordeiro” Ap 21. 9.Confirmação Ap 21. 10.Jamaiscomposta por filhos de Abraão que mata os profetas Mt 23. 37.Jamais por pessoas de nações estrangeiras ímpias que agregam heresias, mas sim pelas pessoas que serviram o seu Criador e morreram, ressuscitarão para este fim, também pelas que servem o Eterno, confirmação de que a “Noiva, ataviada para o seu Noivo” Ap 21. 2.Ou seja, “a Mulher do Cordeiro”Ap 21. 9.Se aplica também para Jerusalém Ap 21. 10. Se refere ao Templo que louva o Senhor 1 Co 3. 16, 2 Co 6. 16.Tanto é que a Cidade Santa de altos muros, manterá as suas portas abertas durante os mil anos, principalmente nas convocações gerais milenar para receber os SantosJd 3.

Na Cidade de Jerusalém murada habitará o Sacerdócio composto pelos Filhos de Judá que serviram o único Deus de Moisés e morreram, também os que servem, tanto é que o bastão de comando não se afastará da Casa de Judá Gn 49. 10.Convocarão os israelitas das demais onze tribos de Israel que serviram o único Deus de Isaque e morreram, também os que servem, os estrangeiros que também serviram o único Deus de José e morreram, também os que servem, a pegarem a Estrada, ou seja, o Caminho Santo Is 38. 5.Rumo a Jerusalém, a entrarem na Cidade murada pelas portas,principalmente nos trabalhos gerais de adoração milenar 2. 1 a 3; Mq 4. 1, 2.Israelitas endurecidos que rejeitam o Cristo como o Messias Dt 18. 18, 19. Também os fundamentos dos apóstolos, Jd 3; Ef 2. 20.Restante de nações ímpias que agregam sinais de heresias perversos na mensagem que recebem, ambos com supostas conversões após a vinda de Cristo, jamais entrarão na Cidade para fins nenhum.

De uma vista que a subida de seres humanos para também habitarem nos céus se trata de mais um sinal de heresia perverso filosofado por Sócrates e Platão, filósofos do também antigo império político e também religioso pagão grego, visto que a Noiva de Cristo jamais subirá para também habitarem nos céus, também não descerá.

Não pense que os Santos Jd 3.Que jamais subirão para os céus na vinda de Cristo, Descerão sete anos depois, ou na vinda de Cristo para fins alguns, jamais.

O que descerá, será o espiritual, ou seja, o revestimento de imortalidade 1Co 15. 51 a 53.Guardado no céu para nós Mt 6. 19.Objetivo, revestir os participantes do reinado de Cristo em geral de Imortalidade 1 Co 15. 51 a 53.Visto que uma joia revestida de ouro, não se trata de uma joia de ouro, não vai além de um revestimento, os participantes do reinado de Cristo em geral também serão apenas revestidos de imortalidade, também não vai além de um revestimento, a morte não terá poder sobre eles Ap 20. 6.Condicionalmente, no Éden também não tinha, também condicionalmente, a partir do momento que não vigiaram, feriam princípios Gn 2. 16, 17.Confirmação Gn 3. 1 a 6. Perderam o poder do revestimento é obvio, ficaram vulneráveis, e morreram Gn5. 5.

Visto que Cristo Jesus é o segundo Adão 1 Co 15. 45…Também foi revestido de Imortalidade condicionalmente, também não vai além de um revestimento 1 Co 15. 51 a 53.Para que também “tenha vida longa como os dias da árvore” Is 65. 22. Até também ter acesso “água da vida Ap 22. 1.Frutos e folhas da árvore da vida” Ap 22. 2.Para também viver eternamente no Reino Eterno Ap 21 a 27; 22. 1 a 6.

Eis ai mais uma evidência de que não descerá uma suposta cidade dos céus no final dos mil anos para fins nenhum, descerá o espiritual, ou seja, o revestimento de Imortalidade, que está guardado nos céus para nós! “A nossa cidadania está guardada nos céus”Fl 3. 20, 21.Aplicamos o que está guardado para o espiritual, ou seja, para o tesouro que temos guardado nas alturas Mt 6. 20; 19. 21.Aplica-separa o revestimento de Imortalidade que continua guardado nós altos para os Santos, descerá na vinda do Rei 1 Co 15. 51 a 53.Transformará os participantes do Reino em geral em cidadãos perfeitos que haveremos de ser, “como Ele é, nós também seremos”1 Jo 3. 21.Em condições de todos aqueles que manterem a fidelidade para com o Rei, no sentido de jamais se rebelarem contra o seu sistema de governo Is 66. 24; Ap 20. 7 a 9.Atravessarão os mil anos, ou seja, viverão “como os dias da árvore”Is 65. 22.Quando Cristo acabar de restaurar todas as coisas At 3. 21.De destruir com todos os inimigos de Deus 1 Co 15. 25.Também com a malvada morte 1 Co 15. 26.Acabar de entregar o Reino restaurado e perfeito a Deus e seu Pai 1 Co 15. 24.Os participantes do Reino que foram fiéis ao seu sistema de Governo até o fim dos mil anos do seu reinado, também o Rei, entraremos para a eternidade,ou seja, para “o Reino eterno onde não haverá mais morte” Ap 21. 24 a 27; 22. 1 a 6.Também o Cristo dependera da“água da vida Ap 22. 1. Frutos e folhas da árvore da vida Ap 22. 2. Para também viver eternamente no Reino eterno.

Vistoque os anjos dos céus também não possuem a Imortalidade, não sabemos do que dependem para viverem eternamente, o único que possui a Imortalidade, é único Deus Imortal 1 Ts 6. 16.O único que não depende de coisa nenhuma, nem de quem quer que sejapara viver eternamente.

Mais uma evidência de que não descerá uma suposta cidade dos céus no final dos mil anos para fins nenhum,“porque sabemos que se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna nos céus” 2. Co 5. 1.Temos conhecimentos Bíblicos o suficiente para orientar também as pessoas membros das rupturas religiosas que aplicam o versículo citado2. Co 5. 1. Para dar sustentáculo principalmente ao ensinamento perverso da subida de seres humanos para também habitarem nos céus, e crendo também na heresia perversa citada, que as rupturas adventistas esperam descer do céu no final dos mil anos dentro da suposta cidade para os fins citados.

O “Edifício” 2. Co 5. 1.Jamais cometemos o equívoco de aplicar para qualquer tipo de cobertura nos céus para quem quer que seja habitar, também equivale ao homem coroado de glória e de honra que haveremos de ser, após passarmos pelo processo do revestimento de imortalidade 1 Co 15. 51 a 53.Não dá para comparar com o homem que somos, na transfiguração Mt 17. 2. O Mestre deu uma demonstração do homem que haveremos de ser, iguais a Ele, nossos rostos também brilharão como uma lâmpada… Ap 21. 23.

Também as rupturas adventistas aplicam principalmente os Contextos citados para perverterem as pessoas que ministram também com a heresia perversa da subida também deles para também habitarem nos céus, razão de acreditarem também na descida dentro da suposta cidade para os fins citados, também heresia tentadora.

Como os contextos citados não se aplicam para uma suposta subida de humano nenhum para também habitarem nos céus, são evidência de as rupturas adventistas jamais descerão dentro de uma suposta cidade no final dos mil anos para fins nenhum.

A obcecação também deles pelos céus como habitat por mil anos é tamanha, que também aplicam, também o contexto de Hb 12. 22. Para os fins citados.

Temos conhecimentos nas Escrituras Sagradas o suficiente para orientar pessoas de todos os credos religiosos, o contexto de Hb 12. 22. Jamais se aplica para a existência de Cidade nenhuma nos céus para fins nenhum.

 

A “Jerusalém celestial”Hb 12. 22.Aplica-se para a Jerusalém restaurada dos mil anos, quando o Deus Altíssimo também se fazer presente no Lugar Santíssimo do Templo, nas devidas convocações gerais milenar Is 2. 1 a 3; Mq 4. 1, 2.

 

De uma vista que Ela manterá as suas portas abertas dia e noite durante os mil anos de reinado de Cristo Is 60. 11.Para receber os   israelitas das demais onze tribos de Israel que serviram o único Deus de Isaque e morreram, também os que servem, os estrangeiros nas condições citadas espalhados por toda a terra em volta deles Ez 36. 36.Ambos revestidos de Imortalidade, ambos serão convocados pelo Sacerdócio restrito a Casa de Judá também nas condições citadas, a pegarem a“Estrada”, ou seja, “o Caminho Santo”Is 35. 8.Rumo a Jerusalém dos mil anos,participarem das convocações gerais milenar de adoração Is 2. 1 a 3; Mq 4. 1, 2.

 

De uma vista que Cristo é “da ordem de Melquisedeque”Hb 5. 10; 6. 20; 7. 17. “Da ordem”,significa dizer: Que Ele também exercerá tanto a função de Rei, no trono de Davi seu pai, ou seja, em Jerusalém Sl 132. 11; Lc 1. 31, 32; At 2. 29, 30. Capital mundial do seu reinado quanto a função de Sumo Sacerdote ao mesmo tempo no TemploZc 6. 12, 13. Que também mandará construir também no Monte Santo, também para este fim.

O Templo que Ele mandará construir Zc 6. 12, 13. Modelo do Santuário que Deus mandou Moisés construir quando liderava o povo de Israel de volta à terra prometida, também do Templo construído no governo de Salomão 1 Rs 5. 6; 2 Cr 2. 4. Também com três compartimentos.

Também no lugar Santíssimo do Templo, Construído no governo de Salomão, o “único Deus, o Rei dos séculos, imortal, invisível 1 Tm 1. 17. O único que possui a imortalidade da alma 1 Tm 6. 16. Aquele que habita na luz inacessível, a quem nenhum dos homens viu nem pode ver, ao qual seja o poder sempiterno. Amem”1 Tm 6. 16.Descia dos céus, se fazia presente também no lugar Santíssimo do Templo citado,aos dez do mês sétimo, ou seja, no dia da expiação Lv 23. 26 a 32.

 

Como acontecia nos tempos antes de Cristo, que os israelitas marcavam presença no terceiro compartimento dos Templos citados, nos dias citados, com o Eterno também se fazendo presente no lugar Santíssimo do Templo, com o Sumo Sacerdote ministrando no lugar Santo do Templo, fazia as orações dos israelitas chegarem ao lugar Santíssimo, na presença do Altíssimo, nas devidas convocações gerais milenar Jerusalém Is 2. 1 a 3; Mq 4. 1, 2.Também será assim, o Sumo Cristo também ministrará no lugar Santo do Templo, fará com que as orações dos participantes do Reino, ambos revestidos de imortalidade, ambos reunidos no terceiro compartimento do Templo, também ultrapassem além do véu, também cheguem ao lugar Santíssimo do Templo, na presença do Pai Celestial, dias em que o Monte Sião será pura Santidade, razão de as Profecias chamarem o Monte Sião do Reino milenar Messiânico, de Jerusalém celestial” Hb 12. 22.

 

Os bons entendedores imaginam as convocações gerais milenar realizadas no Monte Sião no Reino milenar MessiânicoIs 2. 1 a 3; Mq 4. 1, 2.

Imaginam o Rei e Sumo Cristo ministrando no lugar Santo do TemploZc 6. 12, 13. Que Ele mandará construir em Jerusalém para este fim.

Imaginam o Altíssimo presente no lugar Santíssimo do Templo.

Imaginam o terceiro compartimento do TemploZc 6. 12, 13. Restrito as pessoas revestidas de imortalidade.

Imaginam o Sumo Cristo Ministrando no Lugar Santo do Templo e fazendo as orações dos Santos chegarem ao Lugar Santíssimo na presença do Pai celestial.

Imaginam quanta Santidade haverá no Monte, e entendem os por quês que o Monte Sião do Reino milenar Messiânico é chamado pelas Escrituras de“Jerusalém celestial”Hb 12. 22.

 

Mais uma evidência de que não descerá uma suposta cidade dos céus no final dos mil anos para fins nenhum,“Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar.E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também” Jo 14. 2, 3.Também as rupturas adventistasaplicam também o Contexto citado, para os fins também citados, as Palavras do Mestre também não se aplica para tipo de cobertura nenhuma nos céus para descer para fins nenhum, aplica-se para o Templo de Deus 1 Co 3. 16; 2 Co 6. 16.Ou seja, para a “Esposa, mulher do Cordeiro”Ap 21. 9.Composta pelos Santos, confirmação Ap 21. 10.“Moisés foi leal como servo em toda a casa de Deus, dando testemunho do que haveria de ser revelado no futuro; Cristo, no entanto, é fiel como Filho sobre a casa de Deus; e essa casaprecisamente, somos nós, isto é, se retivermos, com fé perseverante, a coragem e a esperança da qual nos gloriamos. O grave perigo da incredulidade”Hb 3.  5, 6.

A Casa de Deus citada no Contexto Hb 3.  5, 6.Que Moisés e Cristo foram fiel a ElaHb 3.  5, 6.Se trata da casa do Pai Jo 14. 2, 3.Que Cristo disse: Que tem muitas moradas, aplica-se para o “Templo de Deus”1 Co 3. 16; 2 Co 6. 16.Ou seja, para a “Esposa, mulher do Cordeiro”Ap 21. 9.A Jerusalém que louva o Senhor Ap 21. 10.Composta pelos Santos, Cornélio e sua casa At 10. 1 a 48.Foram as primeiras Pessoas estrangeiras a fazerem parte da Casa, continua tendo morada também para a sua Pessoa.

Quando o Rei voltar At 1. 11; Lc 19. 12.Referente as pessoas vivas de todas as nações da terra, as pessoas que restará na terra, já estarão seladas, com seus nomes Escritos no livro da vida do Cordeiro Ap 21. 27.Antes da sua volta com certeza, jamais haverá conversões de quem quer que seja após a vinda de Cristo para fins nenhum.

Memorizando! Restante de nações ímpias no reinado de Cristo sem o revestimento de imortalidade como bodes expiatórios, com aplicações das mortes dos mil anos para elas, também se trata de maldito anátema profano tentador de rupturas supostas reformistas, que aplicam o reinado do anticristo para depois da vinda de Cristo, sobre a suposta classe de pessoas de nações ímpias citadas, com aplicação das mortes dos mil anos Is 66. 24; Ap 20. 7 a 9.Para elas.

Visto que as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Também não sabem que o revestimento de imortalidade não vai além de um revestimento, mais um exemplo, um ornamento revestido de prata, não é umornamento de prata, não vai além de um revestimento, razão de nossas Páginas Doutrinárias afirmarem que as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18.Comem também das mãos de rupturas supostas reformistas,comprando deles também o sinal de heresia perverso de que as pessoas que serão revestidas de Imortalidade serão iguais a anjos celestiais e entrarão para a eternidade a partir da vinda de Cristo, como também sabem que a malvada morte continuará em ação 1 Co 15. 26. Para matar os participantes do reinado de Cristo que se rebelarem contra o seu sistema de Governo Is 66. 24; Ap 20. 7 a 9.Também maus intencionados, também tentam colocar uma suposta classe de restante de nações ímpias no reinado de Cristo, também sem o revestimento de imortalidade como bodes expiatórios, também com aplicações das mortes dos mil anos Is 66. 24; Ap 20. 7 a 9.Para elas, cuidado, a fornalha de fogo está prestes a esquentar para abrasar todos os agregadores e transmissores de heresias Mt 13. 41, 42.

 

Tanto é que restantes de nações em catástrofe como os dias de Noé e vinda de Cristo, se aplica no aumentativo, restou apenas oito pessoas, trata-se da família de Noé 1 Pe 3. 20; 2 Pe 2. 5.Pessoas que serviam o único Deus de Abraão, e jamais agregaram heresias, na vinda de Cristo jamais será diferente, tanto é que disse que a sua vinda será igual Lc 17. 26, 27.Também se aplica no aumentativo, referente aos vivos, restará as poucas pessoas que o Rei encontrar obedecendo a Instrução, jamais agregando sinais de heresias perversos na mensagem que recebem, mandará o Filho do Homem os seus anjos, colherão do seu Reino todos os agregadores e transmissores de heresias, para que sejam exterminados Mt 13. 41, 42. “Não entrará Nela”, ou seja, na Cidade Santa “coisa alguma que contamineIs 35. 8… E cometa abominação e mentira; mas só os que estão inscritos no livro da vida do Cordeiro”Ap 21. 27.

O restante de nações ímpias que as rupturas apóstatas era Laodiceia Ap 3. 18. Também tentam de todas as maneiras colocar no reinado de Cristo,também sem o revestimento de imortalidade como bodes expiatórios, também com aplicações das mortes dos mil anos para elas, com argumentos perversos de que serão elas que subirão de ano em ano em Jerusalém nas devidas convocações gerais milenar, também participarem dos trabalhos gerais de adoração Is 20. 11; 2. 1 a 3; Mq 4. 1, 2.Também se trata de sinal de heresia perverso tentador.

Os bons entendedores sabem, quando Cristo voltar, referente as pessoas vivas de todas as nações da terra, também as pessoas estrangeiras que restará na terra, também já estarão seladas com seus nomes Escritos no livro da vida do CordeiroAp 21. 27.Jamais haverá conversões de quem quer que seja após a vinda de Cristo para fins nenhum.

Visto que termo Cidade Santa Ap 21. 2.Tem três aplicações,duas foram comentadas, eis ai a terceira, pode ser aplicado também para o Templo que o Sumo Cristo mandará construir em Jerusalém Zc 6. 12, 13.Onde Ele exercerá também a função de Sumo Sacerdote ao mesmo tempo no Templo citado, como fez Melquisedeque também no Monte Santo Hb 7. 1.

 

Cristo voltará Ap At 1. 11; Lc 19. 12. Tomará os domínios dos reinos At 1. 11; Ap 11. 18.Mandará edificar os muros de Jerusalém Is 60. 10.Construírem também o TemploZc6. 12, 13.No trono de Davi seu pai, reinará o ReiSl .132. 11;Lc1. 31 a 33; At 2. 29, 30.No Templo que também mandará construir também em JerusalémZc6. 12, 13.Exercerá também a função de Sumo Sacerdote ao Mesmo tempo no TemploZc6. 12, 13.Como fez Melquisedeque também em Salém Hb7. 1.

 

De uma vista que uma árvore de grande porte chega a viver mais de 10 mil anos, a mais velha do mundo está quase completando, visto que o reinado de Cristo será de mil anosAp 20. 1 a 6. Restaurará todas as coisas At 3. 21.Entregará o Reino restaurado e perfeito a Deus e seu Pai 1 Co 15. 24.Depois da entrega do Reino, entrarão para o Reino Eterno, como Cristo também não possui a Imortalidade, também dependerá da “água da vida Ap 22. 1.  Frutos e folhas da árvore da vida”Ap 22. 2. Essência da VIDA ETERNA, Para também viver eternamente.

Visto que os anjos celestiais também não possuem a Imortalidade, não sabemos do que eles dependem para viverem eternamente, sabemos que o único que não depende de coisa nenhuma, nem de ninguém… para viver eternamente, é o único Deus Eterno, o único que possui a Imortalidade 1 Tm 6. 16.

 

Visto que a malvada morte continuará em ação 1 Co 15. 26.Para matar os participantes do reinado de Cristo que se rebelarem contra o seu Sistema de Governo Is 66. 24.Todo aquele que se rebelar, perderá o poder do Revestimento 1 Co 15. 51 a 53. Também ficará vulnerável é óbvio, também morrerá Ap 20. 7 a 9.Com os participantes do Éden não foi diferente, também eram revestidos Sl 8. 5.também transgrediram a Instrução Gn 3. 1 a 6. Também perderam o poder do revestimento, também ficaram vulneráveis é óbvio, também morreram Gn 5. 5.

 

Os participantes do reinado de Cristo que passarem pela primeira ressurreição Ap 20. 6. A morte não terá poder sobre eles também condicionalmente, se alguém cometer o vacilo citado, também morrerá.

Quem sabe deve passar para frente,quem não sabe deve aprender bem, antes de transmitir, para não passar heresias perversas para as pessoas.